Mar Salgado

sexta-feira, fevereiro 2:

GRANDES MOMENTOS DA 7ª ARTE

Etiquetas: , , ,

 

posted by NMP on 2:18 da tarde # (3) comments

O DIÁRIO DO LEOPARDO ( XVII): O dr. Renato Erdmann, da Universidade Federal do Paraná, introduz um transdutor rectal lubrificado com três electródos longitudinais para ajudar à electroejaculação do Leopardus tigrinus, o meu primo gato-do-mato brasileiro. Sempre a maldita próstata.
Parece que o bom dr. quer salvar os meus primos do risco de extinção. Sei que, no outro dia, em Espanha, uma humana deu à luz aos 67 anos. Estas coisas o leopardo agradece, porque, quanto mais humanos, mais jantares. Não deixo no entanto de pensar no que poderá acontecer a essa extraordinária conquista evolutiva das mulheres: uma pós-menopausa livre das fraldas e dos biberons, atulhada de botox e sexualmente paradisíaca. Elas lá sabem, os humanos sabem tudo.
 

posted by FNV on 11:59 da manhã # (0) comments

COISAS QUE NÃO INTERESSAM A NINGUÉM: Leio no Diário de Coimbra que o Jardim Botânico vai passar a encerrar aos fins de semana porque o Departamento de Botânica, onde está integrado, não tem dinheiro para pagar ao (único) segurança que fazia a vigilância nesse período. Para 2007, o corte no orçamento de funcionamento do Jardim é de 50% (passa de 180.000 euros para 90.000 euros). Diz a Prof.ª Helena Freitas, com razão, que o Jardim não pode ser financiado pelos estudantes de Biologia, nem asfixiar a actividade científica. Sabe-se ainda que 80% do orçamento se destina a despesas com gás, água e electricidade.
Para quem não saiba, o Jardim é o único espaço verde digno desse nome dentro da cidade.
Como é usual nestas coisas, há uns maduros noruegueses que talvez se disponham a largar umas coroas. Que talvez cheguem para pagar ao segurança. É essa a nossa desgraça: o Estado "emagrece" (com uma visão muito particular da localização das suas banhas) contando com as aparas que sabe poderem cair de mesas mais fartas. Até ao dia em que.

 

posted by PC on 12:19 da manhã # (5) comments

FICÇÃO E REALIDADE: Como toda a gente já se apercebeu a história de Rute Monteiro que aqui publicámos é falsa. Tratava-se de uma antecipação ficcional do novo romance do nosso colega de lides bloguísticas, Luís Carmelo que nos pediu para colaborar com ele, neste jogo em que realidade e ficção se intersectavam. Se alguém se ofendeu (não vejo porquê, mas respeito) pedimos as nossas desculpas.
Acontece que o mundo está cheio de ironias. No momento em que deixamos cair esta história, aconteceu em Boston algo de muito parecido - enfim muito mais um golpe de marketing do que uma antecipação ficcional, mas com alguns pontos de contactos.
Uma empresa de comunicação, a Turner Broadcasting System Inc. (proprietária entre outras coisas da CNN) resolveu efectuar o que designou como guerrilla marketing campaign. O objectivo era promover o programa do Cartoon Network Aqua Teen Hunger Force. A campanha consistia em colocar, clandestinamente, debaixo de pontes e em edifícios públicos alguns aparelhos com a figura da série de cartoons. Os aparelhos eram fluorescentes e brilhavam durante a noite, tendo, nas suas dimensões e formato, muitas parecenças com pequenos engenhos explosivos. Após esta colocação, videos circulariam pela web a dar conta de gente com ar estranho e por vezes encapuçados, pela calada da noite, a colocar os engenhos por forma a dar verosmilhança à história. A forma como os vídeos são filmados - amadoramente e como se fossem meros registos de um elemento do alegado grupo de terroristas - dava ao exercício um tom mais dramático. Esta campanha devia desenrolar-se em 9 cidades americanas ao mesmo tempo. Aqui está um bom resumo da história.
Acontece que alguém calculou mal a coisa. Nomeadamente em Boston. A meio da tarde, a polícia da cidade entrou em pânico com os supostos engenhos suspeitos. Fechou duas pontes. Evacuou parte da cidade. Fez explodir um dos bonecos !! Os canais de televisão nacionais interromperam as emissões para dar directos desta ameaça à segurança.
Agora seguir-se-á uma luta legal. A cidade pretende indemnizações da Turner Broadcasting Systems. Os colocadores do engenho gozam o prato: em tribunal afirmaram apenas responder a perguntas sobre cabelo (que por sinal têm em abundância). E os serviços de segurança estão verdadeiramente furiosos. Bem como dezenas de milhares de cidadãos de Boston que tiveram de ser evacuados à pressa dos seus locais de trabalho e habitações.
O efeito publicitário excedeu em muito o antecipado. É mais um caso em que realidade e ficção se atrapalham. Neste caso de uma forma nada feliz. E por último uma conclusão inevitável: meu caro Luís Carmelo, ao lado destes profissionais, o meu amigo é um menino.
 

posted by NMP on 12:12 da manhã # (0) comments

quinta-feira, fevereiro 1:

ABORTO COMO DIREITO DA CRIANÇA: Neste debate tem-se lido e ouvido disparates dos mais inconcebíveis. Há dias era Rui Rio que defendia que abortar era defender os interesses dos filhos abortados; desta feita, nas duas páginas que o neutral Público lhe concedeu hoje, vem Maria Antónia Palla afirmar que a despenalização do aborto é o reconhecimento de um direito da criança, do direito a ser desejada.

Ou seja, para Maria Antónia Palla, a despenalização do aborto e, consequentemente, o aborto livre até às dez semanas, acaba por vir a ser, neste seu curioso e tortuoso entendimento, um direito da criança.

Eu estou sinceramente convicto de que todas as crianças do mundo abdicam desse direito que magnanimamente Maria Antónia Paula lhes concede e preferem outro a proteger e a defender os seus interesses que não Rui Rio.
 

posted by VLX on 6:49 da tarde # (1) comments

O DIÁRIO DO LEOPARDO ( XVII): A minha colega Micha ( passageira residente nesta nau) envia-me, via The Guardian, a lucipotente história de Susan Smith ( nome falso), que sofre de BIID: Body Identity Integrity Disorder. A Susan sempre entendeu que só se sentiria completa se lhe amputassem as duas pernas. Depois de muitas peripécias - envolvendo 40 kg de cubos de gelo - lá conseguiu ficar sem uma e ficou radiante. Teria menos trabalho se vivesse na Jersey da família Soprano, e ainda menos se habitasse o vale do Lwanga ou as margens do Save infestado de crocodilos. O José Pardal conta a história de um madala ( velho) que um dia se abeirou da fogueira onde estava o caçador e os seus pisteiros. O madala chegou, sentou-se, e só depois de duas horas de lengalenga é que se descobriu o estado em que estava o braço do homem. Tinha sido mordido por uma cobra ( não uma mamba, porque essas injectam um neuroveneno que mata rápido) dois dias antes e o braço estava pútrido. O José Pardal tratou do homem, incansavelmente, durante três dias e três noites. O madala curou-se e desapareceu sem dizer uma palavra, mas uma semana depois regressou e entregou ao caçador uma galinha e um aperto de mão mudo. No mato, entre pretos e brancos, isto era o zénite da emotividade.
A trabalheira - e o sofrimento - que a Susan teve para perder uma perna é igual à que noutras latitudes se tem para conservar outras partes do corpo. Tudo depende da utilidade que lhes damos.
 

posted by FNV on 11:21 da manhã # (0) comments

quarta-feira, janeiro 31:

AVISO NA PORTA:Uma conhecida rádio portuguesa mudou de mãos e de frequência e deixou na antiga um aviso na porta a indicar a nova morada. O aviso na porta é embelezado com música excelente, não tem mais anúncios e não transmite notícias. O aviso na porta tornou-se na melhor rádio do país e espera-se que fique lá por muitos.
 

posted by VLX on 4:31 da tarde # (0) comments

MEU CARO PEDRO: Não vale a pena lembrarmo-nos da nossa idade. Deve ser por causa dela que eu estarei meio caduco e não percebi bem o chorrilho de perguntas com que me inundaste. Fui até rever o que tinha escrito pois pareceu-me que um de nós não estava a ver bem a coisa. De onde foste tu tirar essa bizarra ideia de que "os movimentos pró-vida" deveriam ter feito alguma coisa "pela punição do aborto"? Que história é essa?!?...

Os movimentos pró-vida são grupos de associados, voluntários, completamente desinteressados, que se foram criando depois do último referendo e que se dedicam a apoiar as mães, a aconselhá-las a terem as crianças, a não porem fim às vidas intra-uterinas que têm dentro de si. Fornecem ainda a essas futuras mães berços, alcovas, carrinhos, cadeirinhas, fraldas, leite, tudo apenas com donativos pois, como sabes, muito recentemente o governo socialista decidiu retirar o apoio a estas organizações. E fazem-no sozinhos, porque, como também sabes, os diversos governos que se sucederam ao último referendo quase nada (ou nada, mesmo) fizeram para ajudar as mães que querem ter os filhos ou aquelas que estejam em dúvida.

Estes movimentos pró-vida são, na maioria das vezes, a única coisa que se interpõe entre a vida daquela criança (embrião, se te chocar eu utilizar o termo criança) e o aborto. Travam a decisão de abortar de uma mãe em desespero e, por isso, salvam muitas vidas: as das crianças e as das mães.

A função primeira e última destes movimentos pró-vida é, assim, salvar vidas, não pugnar pela punição do que quer que seja.

Desfeito este equívoco, o problema de votar SIM não tem a ver com a eventual despenalização (até às dez semanas, se feito em estabelecimento de saúde, pois de resto mantém-se a sanção penal, como frisou Vital Moreira há dias, declarando que o embrião deve ter protecção penal, mas só depois das dez semanas). O problema de votar SIM tem a ver com o facto do voto SIM permitir a mais completa liberalização do aborto, permitir o aborto a pedido pois, como tu tão claramente escreveste, a mulher passará a abortar "porque quer. É exactamente isso que sucederá".

Claro que nenhum de nós é ingénuo. A despenalização podia estar feita, a moldura penal podia já ter sido reduzida, o tratamento jurídico da questão podia ter sido outro como podia ter sido outra a pergunta a referendo, uma que da sua resposta positiva não resultasse o aborto livre. Acontece que não era essa a intenção do Bloco de Esquerda e os Socialistas foram, uma vez mais, atrás do BE.

Mas com o voto no SIM deixa a vida intra-uterina de ter qualquer protecção (até às dez semanas) e passa a mulher a ter um direito potestativo de decidir sobre essa vida intra-uterina, podendo livremente eliminaná-la. É isto que o voto no SIM possibilita e isto vai muito para além da simples despenalização.

Na verdade, o que resulta do voto no SIM é que o aborto passa a ser livre e a vida intra-uterina não tem qualquer protecção até às dez semanas. Este é o resultado do voto no SIM. Este resultado é mais do que tu queres. Este resultado é mais do que a maioria das pessoas quer. Este resultado não tem explicação alguma, não tem sustento nem fundamento.

Ora, se do voto no SIM o aborto livre passa a ser a solução, toda esta questão está muito mal colocada e pessimamente resolvida. Por isso digo NÃO.
 

posted by VLX on 4:20 da tarde # (1) comments

O DIÁRIO DO LEOPARDO ( XVI): A Vénus está em peles, muito já se escreveu sobre isso. Krafft-Ebing até inventou uma nova categoria. Sacher-Masoch, o lincezito ucraniano, fez escola com essa glorificada novela de ciúme e dominação. O texugo Deleuze desenterrou-a com as suas longas unhas e fez um escarcéu dos diabos. Mas não diz asneiras: cada formação delirante apropria-se dos meios e dos momentos muito variados que reúne à sua maneira. E assim, Fanny Pistor, aka Baronesa Bogdanoff , tornou-se a famosa Wanda com a qual o nosso Leopoldo celebrou um contrato leonino.
O que é curioso é que o masoquismo popular - o das fantasias dos parolos suburbanos - nada tem de arriscado. É contratualizado e esterilizado, tão excitante como a Floribela. Ao contrário, o soldado que vai para guerra, os amantes que se despedem, o moribundo, todos eles conhecem a verdadeira regra: que tudo acabe depressa e que tudo dure infinitamente .
 

posted by FNV on 11:37 da manhã # (0) comments

terça-feira, janeiro 30:

O DIÁRIO DO LEOPARDO ( XV): O torneio televisivo de ontem demonstrou que as filiações religiosas e políticas não integram de forma ordenada as hostes em contenda. Parece-me natural. Só a consciência de cada um - sinapses, matéria branca, livros, amores vigilantes, memória, decência - pode decidir o que seríamos capazes de fazer se estivéssemos no obscuro lugar ( o julgamento sobre o início da "coisa humana") do outro. Ou, kantianamente falando, quais as normas orientadoras das nossas acções que gostaríamos que se transformassem em leis universais. Já as voltas que cada um dá à sua consciência - como ontem se viu - de forma a harmonizá-la com o presente da escolha, é assunto de cada qual.
 

posted by FNV on 11:58 da manhã # (5) comments

OUTRA VEZ DE VASCO PARA VASCO:
Caro Vasco Rato, vi-o na Prós e Contras, sentadinho entre os sorrisos de Fernanda Câncio e os do Daniel Oliveira. Foi tão bom para si como foi para mim? Então tente sais de frutos, mas não lhe prometo nada.
 

posted by VLX on 1:18 da manhã # (0) comments

MEU CARO VASCO: quando é golo do FCP, nem tu, nem eu, olhamos para o lado a ver se estamos na bancada certa. "Somos assim desde a década de 60", certo? ;)
Mas permite-me que te faça também algumas perguntas: onde estiveram, nos últimos 9 anos, os que agora rasgam as vestes pela protecção penal do feto? Quem exigiu publicamente do Estado a efectiva repressão de um crime tão nefando durante esse tempo, quando se sabia que o então PGR até era contra a despenalização? Seria o aborto um problema criminal menos preocupante do que o tráfico de droga, os assaltos aos telemóveis dos miúdos, o abuso sexual de crianças, a corrupção? Houve contra-manifestações em frente aos tribunais onde se julgavam crimes de aborto? Onde, os artigos de opinião, dos arautos de sempre, dando força às instituições para a repressão criminal do aborto clandestino? Que fizeram os movimentos pró-vida, em tempos de paz, pela punição do aborto?
Nada, ninguém.
Decidir fazer um aborto, ou participar nessa decisão, pode ser um problema de consciência. Responder "sim" àquela pergunta, nas condições actuais, não o é para mim.

 

posted by PC on 1:13 da manhã # (0) comments

ERROS DE CASTING: O Prof. Jorge Miranda a treinar o Essélebê.

 

posted by PC on 1:10 da manhã # (0) comments

segunda-feira, janeiro 29:

O DIÁRIO DO LEOPARDO (XIV): Sob o pretexto da dar voz à indignação e à cidadania, continua-se a remexer em tripas capazes de enjoar um abutre. Depois do caso de Torres Novas, o do incêndio de Cascais: populares especialistas em protecção civil, muita "revolta", microfones e câmaras em perseguição de carne queimada. O isco que atrai os incautos é sempre o falhanço das instituições, dos poderosos, dos famosos "eles". E o povão assiste ao que pensa ser a crítica ao estado das coisas, quando, no final, assiste apenas ao espectáculo do seu ruído.
Um argumento sibilino reza que assim se mede a consciência cívica, que assim se coloca em causa o dictact de poderes outrora intocáveis, que assim a justiça desce às pessoas. Nada mais errado. Se esta fraude mediática vier a dar frutos, quando a justiça descer às pessoas ganharemos apenas a tenebrosa justiça popular. Foge leopardo...
 

posted by FNV on 11:15 da manhã # (3) comments

A PERGUNTA:A questão é posta a pessoas que considero e de que me vou lembrando à medida que escrevo estas linhas, desde Pacheco Pereira a Agustina, a Vasco Rato, Paula Teixeira da Cruz, Teresa Caeiro, Miguel Sousa Tavares, meu querido Pedro Caeiro, Pedro Lomba, Stephens (sim, também você...), e seguramente muitos outros: o que vos faz estar, uma vez na vida, ao lado do Bloco de Esquerda?

Vocês são inteligentes e sabem que o que está em causa não é a despenalização do aborto - é a sua liberalização total até às dez semanas. E não duvidam que o aborto seja, nada mais nada menos, do que a supressão de uma vida em desenvolvimento, seja lá o estádio em que estiver. Se ninguém fizer mal àquela "coisa", sairá dali um bebé chorão e de olhos azuis.

Aquilo a que uma eventual resposta positiva neste referendo dará lugar não é à despenalização do aborto, é à sua liberalização total até às dez semanas de gestação. Uma pessoa, do sexo feminino, por qualquer ou por nenhum motivo, pode determinar, pode decidir o fim da vida de outra que não é tida nem achada no assunto, embora seja a maior e única vítima mortal.

E eu não acredito que creiam na validade desta posição. Eu admito que não queiram penalizar a pessoa que aborte o seu próprio filho. Contudo, se não querem penalizar a mulher, deveriam pugnar seriamente por outra pergunta a referendo - não uma que liberalize e legitime o aborto. Façam-se dois referendos: vote-se NÃO neste e coloque-se outro à população em que se pergunte, verdadeiramente e sem rasteiras, aquilo que efectivamente se pretende decidir relativamente a uma eventual penalização. Cair na malandrice do Bloco de Esquerda de utilizar até à exaustão o tema do aborto clandestino com intenção de liberalizar e de normalizar o aborto, estrategicamente seguida pelos socialistas por não terem mais nada que oferecer ao país, é que não faz sentido!

Para não penalizar o aborto (feito ao próprio filho), existiriam inúmeras soluções e perguntas a sujeitar a referendo e era vossa obrigação obrigar os políticos a colocá-las em referendo. Isso é que era discussão séria. Esta pergunta que está em jogo, tão dúbia e permissiva, é uma pergunta à qual apenas se pode dar resposta negativa sob pena de nunca mais dormirem (dormirmos) sossegados com as vossas (nossas) consciências.

Miguel Sousa Tavares dizia há tempos que estava farto desta questão do aborto e que queria ver isto resolvido de uma vez por todas, de uma ou de outra forma. Também eu. E imagino que muita gente vote sim por causa desse fartote. Mas o assunto é muito sério, não consigo dormir sossegado sem lutar contra uma vaga que pretende liberalizar o aborto e torná-lo uma coisa normal e perfeitamente legítima!

Muitos apelantes do sim dizem que querem acabar com o aborto clandestino. Isso não acontecerá (e eles sabem-no) pelas mais diversas razões que não cabe agora desenvolver, por estarem estafadas; dizem que querem acabar com a prisão das mulheres que abortam os seus próprios filhos (coisa impossível, por nunca ter existido); que é uma decisão da mulher e é seu direito tê-la (que não é, pois diz respeito a uma vida estranha).

Eu recordo que não estamos na década de sessenta ou de setenta, em que até se podia explicar uma coisa destas. Nós estamos, cinquenta anos depois, carregadinhos de anticoncepcionais à venda em todo o lado, desde tabacarias até hipermercados. Cheios de informação. Repletos de exemplos. Atulhados de novelas. Oferecemos o Rendimento Mínimo Garantido, doamos as SCUT, criamos pontes homéricas, aeroportos faraónicos e TGV?s para passear ao fim-de-semana. A resposta a qualquer problema que se coloque em matéria da sexualidade terá de ser a liberalização do aborto?!?...

Isso seria um retrocesso civilizacional brutal, seria ir no caminho de tipos que pararam no tempo e que ainda estão nas lutas de 60 e coisas do género (bolas, que diabo!, o mundo mudou!). E andamos nós, desgraçados, a liberalizar o aborto?!?... E porque não antes a dar dinheiro às futuras mamãs, e carrinhos, e berços, e fraldas, e leite? Andamos aqui num país que enche a boca para dizer que é moderno mas que prefere o aborto pago pelo erário público ao apoio à mãe grávida?!?...

A Odete Santos, do Partido Comunista, dizia há pouco na televisão que não havia certeza de que existiria vida às dez semanas; vocês querem correr esse risco? Conseguem viver assim, dormir assim, correndo esse risco? Eu NÃO.
 

posted by VLX on 1:08 da manhã # (5) comments

domingo, janeiro 28:

GRANDES MOMENTOS DA 7ª ARTE
 

posted by NMP on 9:51 da tarde # (0) comments

O DIÁRIO DO LEOPARDO ( XIII):Há uns anos, em Berlim, num fim de tarde frio como o futebol do SLB, o leopardo - e sob o olhar compreensivo de uma sua mana - devorou um einsbein que lhe devolveu as capacidades psicomotoras. Ontem, numa Murça sem cartazes do referendo, aconteceu o mesmo. Ignorado pelos guias oficiais, a Residencial Vitorino atraiu o faro do felino fraldiqueiro ( cuja capacidade para descobrir mesas é inversamente proporcional ao seu sentido geral de orientação). Azeitonas verdadeiras, bacalhau albardado como em breve deixará de haver, alheiras abençoadamente fora-da-lei feitas pela dona da casa e um toucinho do céu que faria Maomé ganhar asas. Quando se retomou viagem já o frio tinha sido despedido com justa causa: tal como aquele Portugal de velhos, cabras e olivais, que tão bem resistiu enquanto os outros eram apenas um pouco menos pobres do que ele.
 

posted by FNV on 6:55 da tarde # (0) comments

JOGOS QUE MERECEM INVESTIGAÇÃO: São apenas aqueles que o mister define como tais. A vergonhasca está em querer investigar aqueles jogos em que o árbitro está comprado mas que acabam por correr bem, dispensando a pré-adquirida "ajuda". Ao ler certos comentadores, fico com a impressão que o pagamento adiantado é causa de exclusão da ilicitude em sede de corrupção.
 

posted by Neptuno on 1:11 da manhã # (2) comments


This site is powered by Blogger because Blogger rocks!



Mar de opinioes, ideias e comentarios. Para marinheiros e estivadores, sereias e outras musas, tubaroes e demais peixe graudo, carapaus de corrida e todos os errantes navegantes.

Velhos lobos do mar

Tripulação
Filipe Nunes Vicente (FNV)
Nuno Mota Pinto (NMP)
Vasco Lobo Xavier (VLX)
Ze Pedro Dordio (Neptuno)

Mensagens SOS
lobosdomar2 at gmail.com

Subscribe in a reader

Vagas de Fundo
35 mm
A a Z (Nuno Judice)
A Bordo
A Destreza das Dúvidas
A Espuma dos Dias
A Invencao de Morel
A Mesa de Cafe
A Montanha Magica
A Natureza do Mal
A Origem das Especies
A Terceira Noite
A Voz do Deficiente
Aba de Heisenberg
Actual
Adufe
Aforismos e Afins
Albergue Espanhol
Alexandre Soares Silva
Almanaque Republicano
Almocreve das Petas
Amor e Ocio
Angulo Morto
Aurea Mediocritas
Azul Cobalto
Babugem
Bandeira ao Vento
Beco das Imagens
Bem pelo Contrario
Bibliotecario de Babel
...bl-g- -x-st-
Bloguitica
Blogues - Parlamento
Bombyx-mori
Camara Corporativa
Camara de Comuns
Campo de Afectos
Carreira da India
Casa em Construcao
Casmurro
Choque de Geracoes
Citador
Cocanha
Companhia de Mocambique
Complexidade e Contradicao
Conta Natura
Contrafactos
Contra Indicado
Corta Fitas
Critico Musical
Daily Make-Up
Da Literatura
Delito de Opiniao
Defender o Quadrado
Der Terrorist
Dias Felizes
DOTeCOMe
Educacao Sentimental
Escrito a Lapis
Esplanar
Esquina do Rio
Essencial ou Acessorio
Estado Civil
Estado do Sitio
Estudos sobre o Comunismo
Estrangeirados
Eternuridade
Foram-se os Aneis/Os Dedos
Futuro Presente
G. Civil Espanhola
Gavea
Gloria Facil
hARDbLOG
Hipatia
Hole Horror
Hotel Sossego
Ilhas
Humanae Litterae
Imprensa Internacional
Industrias Culturais
Intima Fraccao
Janela para o Rio
Jansenista
Joel Neto
Klepsydra
Lampada Magica
Lei Seca
Leitura Partilhada
letraminuscula
LER (Revista)
Margens de Erro
Mas certamente que sim!
Ma-Schamba
Mau Tempo no Canil
Medico Explica
Mel com Cicuta
Melancomico
Memoria Inventada
Memoria Virtual
Metablog
Minha Rica Casinha
Miniscente
Miss Pearls
Modus Vivendi
Mostarda
Nariz de Ferro
Na Trilha de Moebius
No Arame
Nonio
O Ceu sobre Lisboa
O Jardim Asssombrado
O Mocho
O Pulo do Gato
O Sinico
O Regresso a Veneza
O Valor das Ideias
Oficina das Ideias
Passado/Presente
Pastoral Portuguesa
Pastilhas
Periferica
Pobre e Mal Agradecido
Portugal Contemporaneo
Portugal dos Pequeninos
Prazer Inculto
Professorices
Prosa Solta
Quadratura do Circulo
Quase em Portugues
Quase Famosos
Quatro Caminhos
Quezia
A Reforma da Justica
Renas e Veados
Respirar o mesmo Ar
Respublica
Retorica e Persuasao
Retorta
Rocketboom
Roma Antiga
Rua da Castela
Rua da Judiaria
Senhor Palomar
Sentidos da Vida
Seta Despedida
Sete Sombras
Sitio dos Haikais
Sobre o tempo que passa
Sociedade Harmonia
Solvstag
Sopa de Pedra
Sound+Vision
SOS Racismo
Spectrum
Suction with Valchek
Sulmoura
Sushi Leblon
Tempo Dual
Terra da Alegria
Textos de Contracapa 2
Tomara que caia
Torreao Sul
True Lies
Turing Machine
Um blog sobre Kleist
Uniao de Facto
Universos Desfeitos
Vida Breve
Vitriolica webb's ite
Xupacabras
White Rabbit

O bom bordo
A Arte da Fuga
A Causa foi Modificada
ABC do PPM
Abrupto
Acho eu
Almariado
Azimutes
Blasfemias
Blogue dos Marretas
Blue Lounge
Bomba Inteligente
Caminhos Errantes
Causa Liberal
Contra a Corrente
Desesperada Esperanca
Esmaltes e Joias
Fumacas
Gattopardo
Gato do Cheshire
Homem a Dias
Impertinencias
Loja do Queijo Limiano
Nem Tanto ao Mar...
Nortadas
Notas Soltas
O Cachimbo de Magritte
O Insubmisso
O Insurgente
O Sitio (JP Coutinho)
Observador
4R - Quarta Republica
Republicas Mortas
Sexta Coluna
Traducao Simultanea
Tomar Partido
31 da Armada
Vasco Campilho
Virtualidades
Vox Pop (Paulo Gorjao)
Voz do Deserto

O outro bordo
2+2=5
A Barbearia do Sr. Luis
Abrangente
Anti-Direita Portuguesa
Arquivo (Pedro Adao e Silva)
Arrastao
Aspirina B
Avatares de Desejo
Avesso do Avesso
Bicho Carpinteiro
Blogo Social Portugues
Causa Nossa
Cinco Dias
Cobra Cuspideira
Descredito
Ex-Ivan Nunes
French kissin'
Forum Cidade
Grao de Areia
Hoje ha Conquilhas...
Independencias
Irmao Lucia
Irreflexoes
Jugular
Ladroes de Bicicletas
Laranja Amarga
Linha de Conta
O Amigo do Povo
O Canhoto
O Tempo das Cerejas
Os Tempos que Correm
Pais Relativo
Palavra Aberta
Peao
Puxa Palavra
Tempo dos Assassinos
Zero de Conduta

Boa Onda
100nada
7000 Nomes
3 Tesas
A Espada Relativa
A Origem do Amor
A Tasca
A Toca do Gato
Abobada Palatina
Abutres
Albergue dos Danados
Alcagoita
Alfacinha
Amicus Ficaria
Anarca Constipado
Ardazorelhas
Armada Invisivel
Azul Limao
Balta-zar
Bazonga da Kilumba
Beatas
Big-head Motel
Blog Sem Nome
Blogame Mucho
Blogotinha
Blogue dos Putos
Cao de Guarda
Carta de Amor
Cerco do Porto
Chaparro
Chapeleiro Louco
Cheiro a Torradas
Cibertulia
Cimbalino
Conversa na Travessa
Conversas de Cafe
Controversa Maresia
Cronicas Matinais
Daedalus
Desblogueador de Conversa
Desejo Casar
Dias que Voam
El Coronel
Elogio da Ginja
Epicurtas
Ernesto Cadaval
Exacto
Flores do Campo
Forcas de Blogueio
Gabardina
Gato Fedorento
Grupo do Pato
Hora Absurda
Impensavel
Internet para Domesticas
Intimista
Irmao Lucia
Lapis de Cor
Lapis de Minas
Linha de Cabotagem
Lobi do Cha
Loira Gasta
Mais coisa menos coisa
Maizumpomonte
Manos Metralha
Maus Figados
Meia Livraria
Minimalismo
Ministerio do Bom Senso
Misterio
Morte aos Feios
Mostrengos
Mulheres e Deusas
My Moleskine
Niilista Optimista
No Parapeito
Nucleo Duro
O Anacleto
O Bisturi
O Carimbo
O Jumento
O Piolho da Solum
O Proletario Vermelho
O Velho da Montanha
O Vilacondense
Ocidental Praia
Office Lounging
Opinion Desmaker
Os Outros de Nos
Outro lado da Lua
Papoila
Pirilampo Magico
Planeta-Reboque
Ponto e Virgula
Rata Maluka
Revisao da Materia
Sabor a Sal
Santa Ignorancia
Sebenta
Sem Penis nem Inveja
Sem querer penso
Ser Portugues (ter que)
Sexo dos Anjos
Silhuetas
Sociedade Anonima
Substrato
The Amazing Trout Blog
The Dying Animal
The Galarzas
The Ultimate Bitaite
Torneiras de Freud
Tragico-Come(r)dia
Trenguices
Tudo menos Politica
Um pouco mais de Sul
Umbigo
Undisclosed-Recipient
Vamos Lixar Tudo
Vela Latina
Womenage a Trois
Xobineski Patruska
XX-XY

Especialistas
A forma do Jazz
Agenda Diplomatica
Arqueoblogo
Arquitectices
Arquivos do Cinefilo
Antonio Reis
Blog de Publicidade
Bola Verde
Caderneta da Bola
Causidicus
Clube de Fas do Jose Cid
Cum grano salis
Dicionario Diplomatico
Direito e Economia
Direitos
Empreender
Epiderme (Arquitectura)
Futeblog Total
Futebol Mesmo
Incursoes
Intervencoes Sonoras
Lifecooler (Turismo)
Maes (e pais tambem)
Maritimo
Megafone (Futebol)
Metablogue
Naufragium
Nietzsche e Schopenhauer
Noite Escura (Musica)
Notas Formais
Notas Verbais
O Cozinheiro
O Gang (Arquitectura)
Pardalitos do Choupal
O Portista
O Projecto (Arquitectura)
Ondas (Surf)
Respirar o mesmo ar
Sangue Leonino
Sempre Briosa
Sex in Lisbon
Simplesmente Briosa
Socio(B)logue 2.0
Teatro no Ar
Terceiro Anel
The Serendipitous Cacophonies
Toiradas
Upgrade
Ultimatos
Venda-se (Economia)
Via Rapida (Musica)
Vidro Azul (RUC)

Bussolas
Bloco de Notas
Blog Clipping
Blogo
Blogolicos Anonimos
Blogueio
Jornalismo e Comunicacao
Ponto Media
PTBloggers
Technorati Beta
Weblog em Portugal

Pessoal da Estiva
A Cagada
A Minha Pilinha
Adoro Mulheres
Merdas do Costume
O Meu Pipi
O Periodo
O Pipi vai nu
Penis Desorientado

Armada Invencivel
Uniao Blogues Livres

Homens ao Mar
A Mao Invisivel
A Praia
A Saga do Povo Portugues
ABsurdo
Aquele Outro
Aqui nao ha Poeta
Aviz
Barnabe
Blogo vos vejo
Blog de Esquerda (I)
Blog de Esquerda (II)
Bloguitica Internacional
Bloguitica Nacional
BZR
Caminhante
Catalaxia
Cidadao Livre
Coluna Infame
Comprometido Espectador
Conta Corrente
Criticar os Blogues
Cristovao de Moura
Cruzes Canhoto
De Direita
De Esquerda
Descobrimentos
Dicionario do Diabo
E a Cultura, Estupido
Einstein
Espigas ao Vento
Espigas ao Vento (II)
Estudos sobre o Comunismo (I)
Extravaganza-2003
Flor de Obsessao
Farpas
Fora do Mundo
French kissin'
Freira Dadaista
Heterodoxias
Intelligo
Janela Indiscreta
Jaquinzinhos
Latinista Ilustre
Lerias
Liberdade de Expressao
Linhas Tortas
Lista de Blogs
Macjete
Mata Mouros
Mephistofeles
Meridiano
Xanelcinco
Mukankala
Murmurios do Silencio
Nacional Porreirismo
Nao esperem nada de mim
No Quinto dos Imperios
O Complot
O Espectro
O Estado das Coisas
O Franco Atirador
O Maranhao
O Sinedrio
Outro, eu
Pais Relativo
Palavrar
Pano para mangas
Pela Santa Liberdade
Portugal e Arredores
Posto de Escuta
Pula Pulga
Quarta Vaga
Ref. Azul Electrico
Replicar
Revista Atlantico
Ruim
Socio(B)logue
Terras do Nunca
Thomaz vs. Cunhal
Tugir
Valete Fratres
Vendedora Peganhenta
Via da Verdade
Vitamina C
What do you represent
Whisky2000

Translate
Traducao

Arquivo
05/04/2003 - 05/11/2003 05/11/2003 - 05/18/2003 05/18/2003 - 05/25/2003 05/25/2003 - 06/01/2003 06/01/2003 - 06/08/2003 06/08/2003 - 06/15/2003 06/15/2003 - 06/22/2003 06/22/2003 - 06/29/2003 06/29/2003 - 07/06/2003 07/06/2003 - 07/13/2003 07/13/2003 - 07/20/2003 07/20/2003 - 07/27/2003 07/27/2003 - 08/03/2003 08/03/2003 - 08/10/2003 08/10/2003 - 08/17/2003 08/17/2003 - 08/24/2003 08/24/2003 - 08/31/2003 08/31/2003 - 09/07/2003 09/07/2003 - 09/14/2003 09/14/2003 - 09/21/2003 09/21/2003 - 09/28/2003 09/28/2003 - 10/05/2003 10/05/2003 - 10/12/2003 10/12/2003 - 10/19/2003 10/19/2003 - 10/26/2003 10/26/2003 - 11/02/2003 11/02/2003 - 11/09/2003 11/09/2003 - 11/16/2003 11/16/2003 - 11/23/2003 11/23/2003 - 11/30/2003 11/30/2003 - 12/07/2003 12/07/2003 - 12/14/2003 12/14/2003 - 12/21/2003 12/21/2003 - 12/28/2003 12/28/2003 - 01/04/2004 01/04/2004 - 01/11/2004 01/11/2004 - 01/18/2004 01/18/2004 - 01/25/2004 01/25/2004 - 02/01/2004 02/01/2004 - 02/08/2004 02/08/2004 - 02/15/2004 02/15/2004 - 02/22/2004 02/22/2004 - 02/29/2004 02/29/2004 - 03/07/2004 03/07/2004 - 03/14/2004 03/14/2004 - 03/21/2004 03/21/2004 - 03/28/2004 03/28/2004 - 04/04/2004 04/04/2004 - 04/11/2004 04/11/2004 - 04/18/2004 04/18/2004 - 04/25/2004 04/25/2004 - 05/02/2004 05/02/2004 - 05/09/2004 05/09/2004 - 05/16/2004 05/16/2004 - 05/23/2004 05/23/2004 - 05/30/2004 05/30/2004 - 06/06/2004 06/06/2004 - 06/13/2004 06/13/2004 - 06/20/2004 06/20/2004 - 06/27/2004 06/27/2004 - 07/04/2004 07/04/2004 - 07/11/2004 07/11/2004 - 07/18/2004 07/18/2004 - 07/25/2004 07/25/2004 - 08/01/2004 08/01/2004 - 08/08/2004 08/08/2004 - 08/15/2004 08/15/2004 - 08/22/2004 08/22/2004 - 08/29/2004 08/29/2004 - 09/05/2004 09/05/2004 - 09/12/2004 09/12/2004 - 09/19/2004 09/19/2004 - 09/26/2004 09/26/2004 - 10/03/2004 10/03/2004 - 10/10/2004 10/10/2004 - 10/17/2004 10/17/2004 - 10/24/2004 10/24/2004 - 10/31/2004 10/31/2004 - 11/07/2004 11/07/2004 - 11/14/2004 11/14/2004 - 11/21/2004 11/21/2004 - 11/28/2004 11/28/2004 - 12/05/2004 12/05/2004 - 12/12/2004 12/12/2004 - 12/19/2004 12/19/2004 - 12/26/2004 12/26/2004 - 01/02/2005 01/02/2005 - 01/09/2005 01/09/2005 - 01/16/2005 01/16/2005 - 01/23/2005 01/23/2005 - 01/30/2005 01/30/2005 - 02/06/2005 02/06/2005 - 02/13/2005 02/13/2005 - 02/20/2005 02/20/2005 - 02/27/2005 02/27/2005 - 03/06/2005 03/06/2005 - 03/13/2005 03/13/2005 - 03/20/2005 03/20/2005 - 03/27/2005 03/27/2005 - 04/03/2005 04/03/2005 - 04/10/2005 04/10/2005 - 04/17/2005 04/17/2005 - 04/24/2005 04/24/2005 - 05/01/2005 05/01/2005 - 05/08/2005 05/08/2005 - 05/15/2005 05/15/2005 - 05/22/2005 05/22/2005 - 05/29/2005 05/29/2005 - 06/05/2005 06/05/2005 - 06/12/2005 06/12/2005 - 06/19/2005 06/19/2005 - 06/26/2005 06/26/2005 - 07/03/2005 07/03/2005 - 07/10/2005 07/10/2005 - 07/17/2005 07/17/2005 - 07/24/2005 07/24/2005 - 07/31/2005 07/31/2005 - 08/07/2005 08/07/2005 - 08/14/2005 08/14/2005 - 08/21/2005 08/21/2005 - 08/28/2005 08/28/2005 - 09/04/2005 09/04/2005 - 09/11/2005 09/11/2005 - 09/18/2005 09/18/2005 - 09/25/2005 09/25/2005 - 10/02/2005 10/02/2005 - 10/09/2005 10/09/2005 - 10/16/2005 10/16/2005 - 10/23/2005 10/23/2005 - 10/30/2005 10/30/2005 - 11/06/2005 11/06/2005 - 11/13/2005 11/13/2005 - 11/20/2005 11/20/2005 - 11/27/2005 11/27/2005 - 12/04/2005 12/04/2005 - 12/11/2005 12/11/2005 - 12/18/2005 12/18/2005 - 12/25/2005 12/25/2005 - 01/01/2006 01/01/2006 - 01/08/2006 01/08/2006 - 01/15/2006 01/15/2006 - 01/22/2006 01/22/2006 - 01/29/2006 01/29/2006 - 02/05/2006 02/05/2006 - 02/12/2006 02/12/2006 - 02/19/2006 02/19/2006 - 02/26/2006 02/26/2006 - 03/05/2006 03/05/2006 - 03/12/2006 03/12/2006 - 03/19/2006 03/19/2006 - 03/26/2006 03/26/2006 - 04/02/2006 04/02/2006 - 04/09/2006 04/09/2006 - 04/16/2006 04/16/2006 - 04/23/2006 04/23/2006 - 04/30/2006 04/30/2006 - 05/07/2006 05/07/2006 - 05/14/2006 05/14/2006 - 05/21/2006 05/21/2006 - 05/28/2006 05/28/2006 - 06/04/2006 06/04/2006 - 06/11/2006 06/11/2006 - 06/18/2006 06/18/2006 - 06/25/2006 06/25/2006 - 07/02/2006 07/02/2006 - 07/09/2006 07/09/2006 - 07/16/2006 07/16/2006 - 07/23/2006 07/23/2006 - 07/30/2006 07/30/2006 - 08/06/2006 08/06/2006 - 08/13/2006 08/13/2006 - 08/20/2006 08/20/2006 - 08/27/2006 08/27/2006 - 09/03/2006 09/03/2006 - 09/10/2006 09/10/2006 - 09/17/2006 09/17/2006 - 09/24/2006 09/24/2006 - 10/01/2006 10/01/2006 - 10/08/2006 10/08/2006 - 10/15/2006 10/15/2006 - 10/22/2006 10/22/2006 - 10/29/2006 10/29/2006 - 11/05/2006 11/05/2006 - 11/12/2006 11/12/2006 - 11/19/2006 11/19/2006 - 11/26/2006 11/26/2006 - 12/03/2006 12/03/2006 - 12/10/2006 12/10/2006 - 12/17/2006 12/17/2006 - 12/24/2006 12/24/2006 - 12/31/2006 12/31/2006 - 01/07/2007 01/07/2007 - 01/14/2007 01/14/2007 - 01/21/2007 01/21/2007 - 01/28/2007 01/28/2007 - 02/04/2007 02/04/2007 - 02/11/2007 02/11/2007 - 02/18/2007 02/18/2007 - 02/25/2007 02/25/2007 - 03/04/2007 03/04/2007 - 03/11/2007 03/11/2007 - 03/18/2007 03/18/2007 - 03/25/2007 03/25/2007 - 04/01/2007 04/01/2007 - 04/08/2007 04/08/2007 - 04/15/2007 04/15/2007 - 04/22/2007 04/22/2007 - 04/29/2007 04/29/2007 - 05/06/2007 05/06/2007 - 05/13/2007 05/13/2007 - 05/20/2007 05/20/2007 - 05/27/2007 05/27/2007 - 06/03/2007 06/03/2007 - 06/10/2007 06/10/2007 - 06/17/2007 06/17/2007 - 06/24/2007 06/24/2007 - 07/01/2007 07/01/2007 - 07/08/2007 07/08/2007 - 07/15/2007 07/15/2007 - 07/22/2007 07/22/2007 - 07/29/2007 07/29/2007 - 08/05/2007 08/05/2007 - 08/12/2007 08/12/2007 - 08/19/2007 08/19/2007 - 08/26/2007 08/26/2007 - 09/02/2007 09/02/2007 - 09/09/2007 09/09/2007 - 09/16/2007 09/16/2007 - 09/23/2007 09/23/2007 - 09/30/2007 09/30/2007 - 10/07/2007 10/07/2007 - 10/14/2007 10/14/2007 - 10/21/2007 10/21/2007 - 10/28/2007 10/28/2007 - 11/04/2007 11/04/2007 - 11/11/2007 11/11/2007 - 11/18/2007 11/18/2007 - 11/25/2007 11/25/2007 - 12/02/2007 12/02/2007 - 12/09/2007 12/09/2007 - 12/16/2007 12/16/2007 - 12/23/2007 12/23/2007 - 12/30/2007 12/30/2007 - 01/06/2008 01/06/2008 - 01/13/2008 01/13/2008 - 01/20/2008 01/20/2008 - 01/27/2008 01/27/2008 - 02/03/2008 02/03/2008 - 02/10/2008 02/10/2008 - 02/17/2008 02/17/2008 - 02/24/2008 02/24/2008 - 03/02/2008 03/02/2008 - 03/09/2008 03/09/2008 - 03/16/2008 03/16/2008 - 03/23/2008 03/23/2008 - 03/30/2008 03/30/2008 - 04/06/2008 04/06/2008 - 04/13/2008 04/13/2008 - 04/20/2008 04/20/2008 - 04/27/2008 04/27/2008 - 05/04/2008 05/04/2008 - 05/11/2008 05/11/2008 - 05/18/2008 05/18/2008 - 05/25/2008 05/25/2008 - 06/01/2008 06/01/2008 - 06/08/2008 06/08/2008 - 06/15/2008 06/15/2008 - 06/22/2008 06/22/2008 - 06/29/2008 06/29/2008 - 07/06/2008 07/06/2008 - 07/13/2008 07/13/2008 - 07/20/2008 07/20/2008 - 07/27/2008 07/27/2008 - 08/03/2008 08/17/2008 - 08/24/2008 08/24/2008 - 08/31/2008 08/31/2008 - 09/07/2008 09/07/2008 - 09/14/2008 09/14/2008 - 09/21/2008 09/21/2008 - 09/28/2008 09/28/2008 - 10/05/2008 10/05/2008 - 10/12/2008 10/12/2008 - 10/19/2008 10/19/2008 - 10/26/2008 10/26/2008 - 11/02/2008 11/02/2008 - 11/09/2008 11/09/2008 - 11/16/2008 11/16/2008 - 11/23/2008 11/23/2008 - 11/30/2008 11/30/2008 - 12/07/2008 12/07/2008 - 12/14/2008 12/14/2008 - 12/21/2008 12/21/2008 - 12/28/2008 12/28/2008 - 01/04/2009 01/04/2009 - 01/11/2009 01/11/2009 - 01/18/2009 01/18/2009 - 01/25/2009 01/25/2009 - 02/01/2009 02/01/2009 - 02/08/2009 02/08/2009 - 02/15/2009 02/15/2009 - 02/22/2009 02/22/2009 - 03/01/2009 03/01/2009 - 03/08/2009 03/08/2009 - 03/15/2009 03/15/2009 - 03/22/2009 03/22/2009 - 03/29/2009 03/29/2009 - 04/05/2009 04/05/2009 - 04/12/2009 04/12/2009 - 04/19/2009 04/19/2009 - 04/26/2009 04/26/2009 - 05/03/2009 05/03/2009 - 05/10/2009 05/10/2009 - 05/17/2009 05/17/2009 - 05/24/2009 05/24/2009 - 05/31/2009 05/31/2009 - 06/07/2009 06/07/2009 - 06/14/2009 06/14/2009 - 06/21/2009 06/21/2009 - 06/28/2009 06/28/2009 - 07/05/2009 07/05/2009 - 07/12/2009 07/12/2009 - 07/19/2009 07/19/2009 - 07/26/2009 07/26/2009 - 08/02/2009 08/02/2009 - 08/09/2009 08/09/2009 - 08/16/2009 08/16/2009 - 08/23/2009 08/23/2009 - 08/30/2009 08/30/2009 - 09/06/2009 09/06/2009 - 09/13/2009 09/13/2009 - 09/20/2009 09/20/2009 - 09/27/2009 09/27/2009 - 10/04/2009 10/04/2009 - 10/11/2009 10/11/2009 - 10/18/2009 10/18/2009 - 10/25/2009 10/25/2009 - 11/01/2009 11/01/2009 - 11/08/2009 11/08/2009 - 11/15/2009 11/15/2009 - 11/22/2009 11/22/2009 - 11/29/2009 11/29/2009 - 12/06/2009 12/06/2009 - 12/13/2009 12/13/2009 - 12/20/2009 12/20/2009 - 12/27/2009 12/27/2009 - 01/03/2010 01/03/2010 - 01/10/2010 01/10/2010 - 01/17/2010 01/17/2010 - 01/24/2010 01/24/2010 - 01/31/2010 01/31/2010 - 02/07/2010 02/07/2010 - 02/14/2010 02/14/2010 - 02/21/2010 02/21/2010 - 02/28/2010 02/28/2010 - 03/07/2010 03/07/2010 - 03/14/2010 03/14/2010 - 03/21/2010 03/21/2010 - 03/28/2010 03/28/2010 - 04/04/2010 04/04/2010 - 04/11/2010 04/11/2010 - 04/18/2010 04/18/2010 - 04/25/2010 04/25/2010 - 05/02/2010 05/02/2010 - 05/09/2010 05/09/2010 - 05/16/2010 05/16/2010 - 05/23/2010 05/23/2010 - 05/30/2010 05/30/2010 - 06/06/2010 06/06/2010 - 06/13/2010 06/13/2010 - 06/20/2010 06/20/2010 - 06/27/2010 06/27/2010 - 07/04/2010 07/18/2010 - 07/25/2010 07/25/2010 - 08/01/2010 08/01/2010 - 08/08/2010 08/08/2010 - 08/15/2010 08/15/2010 - 08/22/2010 08/22/2010 - 08/29/2010 08/29/2010 - 09/05/2010 09/05/2010 - 09/12/2010 09/12/2010 - 09/19/2010 09/19/2010 - 09/26/2010 09/26/2010 - 10/03/2010 10/03/2010 - 10/10/2010 10/10/2010 - 10/17/2010 10/17/2010 - 10/24/2010 10/24/2010 - 10/31/2010 10/31/2010 - 11/07/2010 11/07/2010 - 11/14/2010 11/14/2010 - 11/21/2010 11/21/2010 - 11/28/2010 11/28/2010 - 12/05/2010 12/05/2010 - 12/12/2010 12/12/2010 - 12/19/2010 12/19/2010 - 12/26/2010 12/26/2010 - 01/02/2011 01/02/2011 - 01/09/2011 01/09/2011 - 01/16/2011 01/16/2011 - 01/23/2011 01/23/2011 - 01/30/2011 01/30/2011 - 02/06/2011 02/06/2011 - 02/13/2011 02/13/2011 - 02/20/2011 02/20/2011 - 02/27/2011 02/27/2011 - 03/06/2011 03/06/2011 - 03/13/2011 03/13/2011 - 03/20/2011 03/20/2011 - 03/27/2011 03/27/2011 - 04/03/2011 04/03/2011 - 04/10/2011 04/10/2011 - 04/17/2011 04/17/2011 - 04/24/2011 04/24/2011 - 05/01/2011 05/01/2011 - 05/08/2011 05/08/2011 - 05/15/2011 05/15/2011 - 05/22/2011 05/22/2011 - 05/29/2011 05/29/2011 - 06/05/2011 06/05/2011 - 06/12/2011 06/12/2011 - 06/19/2011 06/19/2011 - 06/26/2011 06/26/2011 - 07/03/2011 07/03/2011 - 07/10/2011 07/10/2011 - 07/17/2011 07/17/2011 - 07/24/2011 08/07/2011 - 08/14/2011 08/21/2011 - 08/28/2011 10/09/2011 - 10/16/2011 10/23/2011 - 10/30/2011 11/06/2011 - 11/13/2011 11/27/2011 - 12/04/2011 12/11/2011 - 12/18/2011 12/18/2011 - 12/25/2011 01/08/2012 - 01/15/2012 02/05/2012 - 02/12/2012 02/26/2012 - 03/04/2012