Mar Salgado

sábado, janeiro 8:

LENINE & OS ROMANOV: Mourinho, Deco, P.Ferreira, R. Carvalho, e agora Carlos Alberto e Derlei: pouco a pouco Pinto da Costa vai fazendo tudo para ser o único símbolo vivo e presente de dois anos inesquecíveis. O habitual, para quem nunca comemora Pedroto, ostracizou Gomes ( O bi-bota), incompatibilizou-se com Octávio e "há muito que não fala com Mourinho".
Estou a apreciar bastante a cruzada mítica deste ano, até porque permanecem no FCP, o Areias, o Hugo Leal, e aquele rapaz que ostenta o título mundial de golos falhados à frente da baliza, o Postiga; estes sim, imprescindíveis.
Já agora, e se não for pedir muito, Presidente, venda também o Maniche: olhe que ainda há quem se lembre dos golos memoráveis do rapaz.
 

posted by FNV on 1:42 da tarde # (2) comments

OS NOSSOS NETOS QUE SE CUIDEM: Ainda da SIC-N vieram os resultados da última sondagem. Quem assistia comigo à notícia felicitava-se pelo facto de aparentemente o PS vir a descer nas intenções de voto e não conseguir alcançar a maioria absoluta. E isto enquanto os outros ainda não saíram em campanha o que, pelo menos no caso do CDS e de Paulo Portas, era apontado pelo próprio responsável da sondagem como uma variável importante e a ter em consideração.
Confesso que isso só não me chega. A vitória do PS, mesmo que minoritário, não me traz alegria alguma. Faz-me sempre lembrar aquela malta que, logo a seguir ao desbaratamento comunista do pós vinte e cinco do quatro, acabou definitivamente com as poupanças da geração anterior; aqueles que, no primeiro governo de Guterres, arrebentaram com as poupanças da geração actual, e aqueles que, no segundo governo de Guterres, delapidaram as poupanças da geração que nos segue com as scuts e outros disparates e facilidades do género. Se voltam para o governo e sem poupanças à vista, os nossos netos que se cuidem: vão pagar os próximos anos...

 

posted by VLX on 2:36 da manhã # (4) comments

O PRESIDENTE DE ALGUNS PORTUGUESES: Veio à televisão. Veio à SIC-N dizer que é a favor de maiorias e que é preciso mudar o sistema eleitoral para que se formem mais facilmente maiorias absolutas. Foi um grande momento televisivo. Aquilo foi de tal forma espantoso que Pacheco Pereira, geralmente discreto e habituado a estas coisas, virou para ele a cara, espantada, provavelmente sem saber se se deveria rir da piada ou se deveria pôr um ar sério. Mas Dr. Sampaio só pode estar a gozar connosco: ele acabou de arrebentar com uma maioria absoluta, dissolvendo o Parlamento e convocando eleições legislativas, e agora vem dizer que é a favor de maiorias? Que o sistema eleitoral deve mudar para favorecer o aparecimento de maiorias? Pensará ele que somos todos tolos? Para que quer ele maiorias se um qualquer Presidente pode desrespeitá-las e dissolver o Parlamento sem apresentar justificações claras e objectivas? Para vir outro fazer o mesmo? Ou não tem respeito por quem o ouve ou então o Presidente da República está uma vez mais a dar razão àqueles que dizem que o árbitro é parcial. De qualquer forma é grave.

 

posted by VLX on 2:32 da manhã # (0) comments

sexta-feira, janeiro 7:

RESPOSTA AO JOSÉ MÁRIO SILVA: Do Blogue De Esquerda. Caro JMS, não tenho acesso à minha própria caixa de comentários nem a links directos, o que explica parte deste post. O teu blogue não foi linkado porque é o PC que amavelmente me faz os links e o texto saiu truncado no dia em que o publiquei ( a weblog festava intermitente ou lá que o era).
Quanto à substância do teu comentário ( no meu post "Engasgaram-se", aí abaixo) não julgo ter havido acrimónia nem violência da minha parte: talvez excessiva sensibilidade da tua. Tanto vocês como o Barnabé comentam muita coisa ( e em tom bem mais musculado) todos os dias, quase em tempo real. Limitei-me, com ironia limitada, a sublinhar que não houve na altura qualquer referência ( não sei se entretanto já a fizeram) ao histórico acordo patrões/sindicatos ( de facto não me recordo de ver a CGTP a assinar acordos com os patrões). É óbvio que li a coisa como espinhosa para vocês, não nego.
Um abraço blogosférico,
FNV.
 

posted by FNV on 2:43 da tarde # (1) comments

SUCUPIRA: Afinal e segundo Jaime Soares - líder da distrital do PSD em Coimbra - a camarada Zita terá vivido em Coimbra até aos quatro, cinco aninhos. É esta gente que hoje manda no país. O mais grave nem sequer é o próprio disparate em si. É a confiança - leia-se "dislate", na óptica de qualquer pessoa séria - de quem o profere de que com esse "argumento" estará validamente a calar os descontentes e a convencer o eleitorado. E o mais grave é que provavelmente... estará!
Na ditadura partidária em que vivemos, convem não perder de vista que a uma classe política mediocre interessa uma população igualmente mediocre, como forma de se perpetuar no poder.
 

posted by Neptuno on 11:58 da manhã # (3) comments

quinta-feira, janeiro 6:

TOPEÑANDO: De Luís Tosar, galego de origem argentina, co-editor da Dombate, jornalista, professor de língua e literatura galega, este trecho; vai com amizade marítima para a malta da Natureza do Mal, que resolveu meter-se comigo:

"Nesta luz incerta que separa os corpos,
ben me decato de ser un barco triste
con ansia de sombra nun porto pola tarde,
topeñando nas rochas e cumes máis extraños,
escorándo-me de vez no acedo da soidade.
oíndo de hora en hora a chamada das buguinas,
que fan ergue-las nosas ondas sobre a proa
na máxica visión que a modo vai queimando
a ardentía e a cor que afogam as palabras."
 

posted by FNV on 7:00 da tarde # (3) comments

NOVOS HERÉTICOS II: O Lutz deixou aqui um comentário que merece reflexão e, na medida do meu possível, resposta.
Talvez sejam coisas diferentes, mas, da transcrição que li, em vários lugares, da famigerada entrevista, não me pareceu que nem uma, nem outra, justificassem a imolação da senhora na praça pública, com insultos infames e direito a fotografia. Sobretudo se tivermos em atenção as circunstâncias. A entrevista foi editada? Aquelas palavras têm necessariamente o sentido de que quem as profere se está a marimbar para o sofrimento dos outros e quer apenas ver uma catástrofe ao natural? Podemos todos garantir que, numa situação de entrevista não preparada, temos sempre um controlo total sobre nós próprios, de forma a não dizer frases ambíguas ou infelizes?
A comparação com os heréticos não foi um efeito de estilo. A partir de certa altura, os heréticos deixaram de ser apenas os que recusavam, com pertinácia, as verdades e os dogmas da fé, para serem também, entre outros, os supersticiosos e os que não prestavam o devido apoio ao Santo Ofício. Muito longe, portanto, do sentido original da heresia - mas escarmentada, julgada e punida como heresia. Tal como então, as reacções enfurecidas e indignadas a que assistimos não atendem propriamente ao Mal, mas àquilo que, na sua ausência (ou pelo menos: na incerteza da sua presença), é necessário construir como Mal para a confirmação - por oposição - de uma identidade colectiva como boa. Não interessa verdadeiramente o que foi dito, nem o que a senhora quis dizer, mas sim o sentido negativo que se pode imputar às afirmações. Só que o Mal precisa de um suporte, e quanto mais visível melhor. Vai então de corporizá-lo na pessoa, que é sempre o alvo mais fácil, em nada importando os danos que injustamente se lhe possam causar. É isto que chamo atavismo - ou, se preferir, falta de emancipação.
 

posted by PC on 2:17 da tarde # (2) comments

CENTILITROS: Um outro aforisma psico-popular é o que garante que os pais gostam da mesma forma de todos os filhos. Como se fosse natural gostar da mesma maneira de pessoas diferentes. Como se fosse natural que crianças com um remix genético já de si desigual e que ainda por cima nos nascem em épocas diferentes da nossa vida - lembras-te? na altura usava bigode - possam ser amadas com o mesmo medidor. Como se fosse possível medir.
 

posted by FNV on 1:58 da manhã # (3) comments

quarta-feira, janeiro 5:

E LA NAVE VA: Da imprensa desportiva: "Santana Lopes condecora hoje o Fc Porto pela conquista da Taça Intercontinental". Presumindo que Pôncio Monteiro estará lá, aconselho vivamente, se houver bufete, a esconderem as facas.
 

posted by FNV on 1:13 da tarde # (2) comments

VENDER CHOURIÇOS: Quando o povo pergunta ao Salsicheiro que castigo vai dar a Paflagónio, recebe a seguinte resposta :

"Nada de especial: vai só passar ele para o meu negócio. Há-de ir, sozinho, vender chouriços para a entrada da cidade: é vê-lo misturar carne de cão e de burro, como fazia com a política. Com uns copitos a mais., há-de pôr-se a insultar as marafonas e a beber a água suja dos banhos públicos."

Paflagónio não é outro senão Cléon, que Aristófanes apresenta como um demagogo do piorio, devorador do erário público. Aristófanes apresentou a peça Os Cavaleiros ( o trecho citado é a tirada final do Salsicheiro e a tradução utilizada é a de Maria de Fátima Sousa e Silva, INIC, Coimbra 1991) no Festival das Leneias, e venceu, derrotando Os Sátiros de Cratino e Os Lenhadores de Aristómenes. O lema do Salsicheiro é "cada demagogo será pior do que o anterior"e convém recordar que, por esta altura ( último quartel do século V a.C.), "demagogo" já tinha perdido o seu significado original de "condutor do povo", para adquirir o seu significado actual.
 

posted by FNV on 11:50 da manhã # (0) comments

NOVOS HERÉTICOS E SEUS AUTOS-DE-FÉ*: Quando li este post do Miguel, não fazia ideia de quem era Dulce Ferreira. Uma busca rápida no Google mostrou-me o estado da questão em todo o seu esplendor: um coro de protestos e insultos, alguns encabeçados pela foto da senhora, entoados por bloggers escandalizados e enraivecidos. E o que fez a dita Dulce para merecer as chamas? Disse que não tinha cancelado as suas férias na Tailândia, porque os pais, que se encontravam no país, lhe tinham dito que, no local onde estavam, não havia perigo. Mais disse que tinha pena de não poder disfrutar das condições normais, mas que, por outro lado, seria bom ver as coisas "ao natural", sem turistas.
Como bem lembra o Cabalas, na altura em que a rapariga falou à jornalista, ninguém tinha a noção da dimensão da catástrofe. Além disso, parece evidente que, ao falar da "ausência de turistas", ela não se referia às vítimas, mas sim aos que, muito legitimamente, decidiram cancelar as suas férias. Por último: de certeza que as férias da Dulce deixam muito mais dinheiro na Tailândia do que as contribuições dos inquisidores todas somadas.
Pode discutir-se a (in)conveniência das afirmações, ou do seu modo - embora o tema não se afigure muito interessante. Mas a sanha da turba e os epítetos despropositados com que brindaram a infeliz não são só, Miguel, de uma "pequenez" confrangedora: são também o sintoma de uma sociedade que precisa desesperadamente de heréticos. E isto tem um nome: atavismo.
*Post em forma de prémio para a Origem do Amor. Gradisca!
 

posted by PC on 1:45 da manhã # (7) comments

ENGASGARAM-SE: Venho do Barnabé e do Blog de Esquerda e não li uma linha sobre o acordo entre patrões e confederações sindicais ( sim, o Carvalho da Silva e a CGTP também o assinaram). Não me espanto, nunca pensei propriamente que esta rapaziada se interessasse de facto pelos problemas do povo trabalhador. Os cartazes de Santana Lopes, o Tsunami, o Liedson ( !!) e um "paquistanês a tocar címbalo", mereceram desvelada atenção no dia que hoje finda no referidos blogues. Agora, um acordo histórico entre patrões e sindicatos sobre a contratação colectiva? Who cares?
 

posted by FNV on 1:05 da manhã # (2) comments

terça-feira, janeiro 4:

AQUELE ABRAÇO: Ao Masson, ao Francisco J. Viegas e à Tatie & Companhia do Sem Pénis Nem Inveja, pelas amabilidades dispensadas ao Mar Salgado nas contas de fim de ano.
 

posted by FNV on 10:20 da tarde # (0) comments

A ONORATA SOCIETÁ: Desde que escrevo no Mar Salgado que tenho defendido a tese da futebolização da vida política portuguesa. Não é nada de especialmente inovador, outros noutras paragens também o têm feito. Mas o que eu quero dizer com o termo, cabe-me a mim. Não se trata de "falta de nível", para isso não é preciso futebolizar. Não se trata da superficialidade dos projectos, do império do efémero, para isso também não é necessário ir buscar o exemplo dos cromos da bola.
A futebolização da vida política pode ser melhor entendida por quem vê os Sopranos ou por quem viu o Tudo Bons Rapazes, do Scorcese. Do que se trata é em primeiro lugar é de uma vaga noção de inimputabilidade alicerçada na interpretação dos "desejos do povo". Mas não só, porque não chega. No futebol, as "massas" são despolitizadas, porque o que interessa é vencer. Não importa como, mas apenas vencer. E depois, o elemento identitário: todos são amigos enquanto não são inimigos. Na vida política das ideologias, tal nem sempre é possível; já no futebol, "o que hoje é verdade amanhã é mentira". No centro, o poder, finalmente despido de qualquer resquício de significado positivo. Na periferia, as amizades juradas, os afectos desmedidos, as traições, as birras, a histeria: em suma o teatro persistente, sem outro público que não os próprios actores.
O "Caso Pôncio" ilustra abertamente a minha tese. Mas a putativa/eterna candidatura de Pinto de Costa a qualquer coisa, por qualquer partido ou talvez por nenhum, ou a patética declaração de Vilarinho há três anos, também. A facção agrega toda a gente com base em amizades, o povo é sereno, e a prazo, como no futebol com os árbitros, a justiça será a grande inimiga: aquela que os impede de dar ao povo o que ele merece.
Mafia vem simplesmente de Mia Fide, a Minha Fé, o meu credo. O credo nos nossos, o credo nos que nos alimentam, mas também nos que nos ficam gratos, outra designação para devedores. O resto é paisagem. Ondulante.
 

posted by FNV on 8:55 da tarde # (0) comments

FALÊNCIA DO SISTEMA: Embora devidamente repisado neste blogue, o estafado tema da falência do nosso sistema político sempre ganha nova actualidade em véspera de eleições. Entre outras razões, as mais óbvias residem no facto da esmagadora maioria (95%) dos votantes não saber quem são os números dois (muitas vezes nem o número um) e seguintes da lista partidária do distrito em que vota. Ao abrigo deste voto "esclarecido", podemos afirmar que 90% dos deputados não são verdadeiramente eleitos mas sim escolhidos pelos orgãos do respectivo partido. Outra situação reside no facto das pessoas pensarem que a eleição dos deputados por determinado distrito as levará a defender esse mesmo distrito. Salvo raras e honrosas excepções tal não acontece (nem mesmo no Parlamento europeu certos deputados defendem o interesse nacional...) nem, de um ponto de vista legal, deverá acontecer, uma vez que os deputados representam a população no seu todo e não uma qualquer região. Mas duvido que os eleitores pensem assim.
Finalmente e como prova cabal da interplanetária distância entre eleitores e eleitos, veja-se o caso da escolha de Zita Seabra para candidata do PSD por Coimbra. A senhora nunca terá parado por Coimbra a não ser para visitar o Portugal dos Pequenitos ou para pregar as maravilhas de um sistema totalitário em que acreditava e que, entretanto, sumiu. Tal não impediu as iluminárias partidárias de impor o seu nome para Coimbra, numa cada vez mais assumida ditadura partidária em que se transformou a nossa democracia. Nesta lógica totalitária - que na sua perversidade tem o mérito de assumir a realidade: que os eleitores são, de facto, um mero acessório dos eleitos - a escolha de Zita Seabra é mais facilmente compreensível...
Se tentarmos descodificar a mensagem do PPD/PSD para os seus apoiantes e simpatizantes que votam em Coimbra, será qualquer coisa como: "Vocês, seus palhaços, percebam de vez que as estruturas partidárias é que mandam. E vocês só votam em quem e como nós quisermos!"
 

posted by Neptuno on 5:02 da tarde # (1) comments

A MULHER DO CAPATAZ: MM Guedes, com a confiança típica que sempre se denota em situações semelhantes à que disfruta na TVI, sempre que lhe cabe apresentar o Jornal Nacional é rara a ocasião em que não aproveita para incarnar o pulsar do bom povo telespectador, debitando "pérolas" dignas de um salão de cabeleireiro. Quando não ocorre nenhuma "pérola" a solução é recorrer à mão na anca e desancar quem estiver a jeito ou adoptar um tom reprovador para eventuais "culpados", mesmo que se trate de processos judiciais em curso. Ainda recentemente, a propósito de um video de Natal produzido pela Casa Branca em que a estrela do filme é o cão de estimação e não o próprio presidente Bush, afirmou que o critério que norteou a escolha do protagonista foi o do QI.
Dando de barato que a educação e o bom senso poderão não ser igualmente exigíveis para todos, pergunto se não haverá critérios deontológicos para estas situações?

 

posted by Neptuno on 4:16 da tarde # (1) comments

CIMENTO & BOLA: O novo estádio de Leiria regista uma assistência média de 6000 pessoas e vai ser utilizado para casamentos e baptizados, o de Coimbra regista uma audiência média sensivelmente igual ( pelas minhas contas, que tenho lá estado em todos os jogos). Aveiro vai pelo mesmo caminho, Guimarães pouco melhor, o que não é necessariamente bom dado o hábito que têm por lá de atirar cadeiras para dentro do relvado.
Mas Coimbra é um caso especial pois que é o da cidade onde vivo. Na altura da inauguração do estádio foi dito pomposamente - e contra os estúpidos como eu - que o estádio pagava-se a si próprio. A Câmara ficou endividada para os próximos 30 anos mas o estádio iria ser aproveitado, e o exemplo para patêgo ver foi o concerto inaugural dos Stones. Desde aí mais nada, repito nada - concerto rock, jazz, folk, dread-metal, pauliteiros - foi feito no estádio. A sua admnistração foi entregue a uma empresa privada e hoje o investimento de 15 (?) milhões de contos, grande parte suportado pela Câmara Municipal, serve para os habituais sócios da Briosa e para os estudantes assistirem, estes últimos quase de borla, aos pardacentos jogos da Super-Liga.
Tudo isto se fez sem oposição ( houve uns esboços por parte do PCP) e em absoluto consenso urbano-político das "forças vivas da cidade". Enquanto isso, a Alta de Coimbra, património do mundo, recebeu finalmente a primeira e mísera fatia - 3 milhões de euros - destinada a dignificá-la, Coimbra continua sem uma sala decente de espectáculos e congressos, o Teatro Académico Gil Vicente continua nas lonas ( ontem demitiu-se o seu director), e grande parte dos arredores da cidade permanecem sem saneamento básico. Na altura recordo-me das discussões que tive com o meu caro Neptuno, que não compreendia as minhas caturras objecções, eu "que até gostava da bola". Hoje é ele quem escreve ardentemente aqui no Mar Salgado contra a degradação da vida pública, da cultura e da educação, contra a mediocridade e o facilitismo em Portugal. Essas coisas também passaram por Coimbra.
 

posted by FNV on 3:39 da tarde # (1) comments

AS LISTAS DE DEPUTADOS:: Pelo grande Fialho de Almeida, nos Gatos, vol. II:

"Não há escritor falhado, não há filho de conselheiro hidrocéfalo, não há ricaço pândego, traficante odiento, cínico velho, bacharel vadio, amanuense inútil, que ao fazer a autópsia de si mesmo, reconhecendo-se falho, não tenha apelado para este hospício de S.Bento, onde o não ter cabeça rende três mil-réis por dia, sobre as vantagens de se não ir preso, e de se poder arranjar, às tenças da eleição, para o resto da vida, uma chuchadeira burocrática. Oh, Santo Deus, que tipos! Antigamente metiam-se os microcéfalos nos asilos."

Existem excepções, naturalmente.
 

posted by FNV on 1:01 da tarde # (0) comments

segunda-feira, janeiro 3:

2005, O ANO DE SAMPAIO II?: No seu discurso de Ano Novo o PR apelou aos maiores partidos políticos para que, após as eleições, se entendam quanto às reformas urgentes de que o país carece, desse modo promovendo o aventado "pacto de regime". Ao fazê-lo desta forma, desde logo o matou e, simultaneamente, sacudiu a água do capote.
Um pacto de regime só terá viabilidade se for assegurado antes das eleições, antes das inúmeras promessas suicidas - se levadas à prática - que vamos ouvir nas próximas semanas. Sampaio teria que confrontar diariamente os partidos com a situação do país, deveria confrontá-los diariamente com as consequências para o país da falta desse pacto. Deveria batalhar por ele. Ao remeter a questão para o período pós-eleitoral, Sampaio agiu como Pilatos. Embora conhecedor do (da ausência de) resultado da sua acção, consegue "passar" a imagem de que "fez o que podia", "alertou" e "apelou" mas, infelizmente, os malandros não lhe deram ouvidos.
Admitindo como certo que não haverá pacto nenhum, a actuação de Sampaio permite duas leituras antagónicas: Por um lado, podemos afirmar que o PR é vítima de alguma ingenuidade bem intencionada, tentanto afastar qualquer espécie de conflito que o afecte, por melhor que seja a causa a defender, vestindo em alternativa o fato do gajo porreiro - que nos levou à presente situação - que se limita a dizer "vejam lá se fazem assim, ó rapaziada". Por outro lado, podemos pensar que o PR sabia exactamente qual seria o (não) resultado desta sua actuação. A imposição de um pacto de regime pré-eleitoral implicaria que os maiores partidos assumiriam compromissos tendentes à aplicação de medidas que serão certamente impopulares. O que, obviamente, impediria o PS de cavalgar a onda do descontentamento generalizado da população, de algum modo desperdiçando esse capital eleitoral.
De uma forma ou de outra, nada de novo na frente, teremos mais do mesmo. Preparemo-nos para o pior.
 

posted by Neptuno on 1:45 da tarde # (2) comments

SWINGING: A Pública tem uma secção de sexologia que me diverte imenso. Esta semana, Ana Pinto da Costa faz a crítica da monogamia e a apologia do swinging ( troca de casais), citando um estudo de um médico - José Cádima - que conclui "que os swingers têm casamentos mais duradouros, são mais felizes e sentem menos ciúmes que os casais sexualmente fiéis".
Como nestas matérias gosto mais de Tertuliano do que de sexólogos, não acredito em casais sexualmente fiéis: se desejas no olhar, já traiste no coração. O resto é mecânica do controlo dos impulsos e conversa para boi dormir. Mas deliciosa é a conclusão ( segundo a colunista) do tal estudo: serei mais feliz, menos ciumento e estarei casado mais tempo se a minha mulher regularmente se deitar com terceiros. O ciúme ( vg Otelo, O Mouro de Veneza) é essencialmente suspeita, logo, desaparecendo esta, desaparece o combustível do sofredor; assim, a lógica do artigo citado é que como na cama nunca estão só duas pessoas ( a colunista refere-se à máxima freudiana), mais vale relaxar a relação e dar alma ao corpinho.
A estupidez é muito mais frequente do que se imagina. Não passa pela cabeça desta gente que não estamos cá para sermos felizes, nem que tal é virtualmente impossível numa longa relação. Numa longa relação há de tudo, não é o mundo da Barbie ( o de Ana Pinto da Costa): ódio, traição, amor, desejo, morte, partos ( nem sempre), dinheiro, memórias. Mas também não passa pela cabeça desta gente que uma das coisas que pode manter um casal é precisamente a possibilidade do outro ser desejado fora da relação. E isto é bom e mau, mas não tem nada a ver com felicidade. De um ponto de vista vagamente masculino, eu diria que uma mulher é tanto mais sexualmente atraente para o marido quanto ele calcule que ela pode ser ( e é) desejada por outros. O inverso é também verdadeiro, e tanto é que não existe nenhuma relação entre a duração de um relacionamento e desaparecimento da atracção sexual: a chama tanto pode extinguir-se ao fim de um ano como ao fim de 20. Ou seja, a tal longa relação de que fala a colunista nem sempre se reduz a um tenebroso território de imposição masculina, mas também não tem nada a ver com simples satisfação sexual. São mundos diferentes, tendo ambos o direito a coexistir, naturalmente.
Foi Blanchot que definiu magistralmente o desejo: é a distância tornada sensível. Blanchot não queria saber de macacos.
 

posted by FNV on 11:46 da manhã # (4) comments


This site is powered by Blogger because Blogger rocks!



Mar de opinioes, ideias e comentarios. Para marinheiros e estivadores, sereias e outras musas, tubaroes e demais peixe graudo, carapaus de corrida e todos os errantes navegantes.

Velhos lobos do mar

Tripulação
Filipe Nunes Vicente (FNV)
Nuno Mota Pinto (NMP)
Vasco Lobo Xavier (VLX)
Ze Pedro Dordio (Neptuno)

Mensagens SOS
lobosdomar2 at gmail.com

Subscribe in a reader

Vagas de Fundo
35 mm
A a Z (Nuno Judice)
A Bordo
A Destreza das Dúvidas
A Espuma dos Dias
A Invencao de Morel
A Mesa de Cafe
A Montanha Magica
A Natureza do Mal
A Origem das Especies
A Terceira Noite
A Voz do Deficiente
Aba de Heisenberg
Actual
Adufe
Aforismos e Afins
Albergue Espanhol
Alexandre Soares Silva
Almanaque Republicano
Almocreve das Petas
Amor e Ocio
Angulo Morto
Aurea Mediocritas
Azul Cobalto
Babugem
Bandeira ao Vento
Beco das Imagens
Bem pelo Contrario
Bibliotecario de Babel
...bl-g- -x-st-
Bloguitica
Blogues - Parlamento
Bombyx-mori
Camara Corporativa
Camara de Comuns
Campo de Afectos
Carreira da India
Casa em Construcao
Casmurro
Choque de Geracoes
Citador
Cocanha
Companhia de Mocambique
Complexidade e Contradicao
Conta Natura
Contrafactos
Contra Indicado
Corta Fitas
Critico Musical
Daily Make-Up
Da Literatura
Delito de Opiniao
Defender o Quadrado
Der Terrorist
Dias Felizes
DOTeCOMe
Educacao Sentimental
Escrito a Lapis
Esplanar
Esquina do Rio
Essencial ou Acessorio
Estado Civil
Estado do Sitio
Estudos sobre o Comunismo
Estrangeirados
Eternuridade
Foram-se os Aneis/Os Dedos
Futuro Presente
G. Civil Espanhola
Gavea
Gloria Facil
hARDbLOG
Hipatia
Hole Horror
Hotel Sossego
Ilhas
Humanae Litterae
Imprensa Internacional
Industrias Culturais
Intima Fraccao
Janela para o Rio
Jansenista
Joel Neto
Klepsydra
Lampada Magica
Lei Seca
Leitura Partilhada
letraminuscula
LER (Revista)
Margens de Erro
Mas certamente que sim!
Ma-Schamba
Mau Tempo no Canil
Medico Explica
Mel com Cicuta
Melancomico
Memoria Inventada
Memoria Virtual
Metablog
Minha Rica Casinha
Miniscente
Miss Pearls
Modus Vivendi
Mostarda
Nariz de Ferro
Na Trilha de Moebius
No Arame
Nonio
O Ceu sobre Lisboa
O Jardim Asssombrado
O Mocho
O Pulo do Gato
O Sinico
O Regresso a Veneza
O Valor das Ideias
Oficina das Ideias
Passado/Presente
Pastoral Portuguesa
Pastilhas
Periferica
Pobre e Mal Agradecido
Portugal Contemporaneo
Portugal dos Pequeninos
Prazer Inculto
Professorices
Prosa Solta
Quadratura do Circulo
Quase em Portugues
Quase Famosos
Quatro Caminhos
Quezia
A Reforma da Justica
Renas e Veados
Respirar o mesmo Ar
Respublica
Retorica e Persuasao
Retorta
Rocketboom
Roma Antiga
Rua da Castela
Rua da Judiaria
Senhor Palomar
Sentidos da Vida
Seta Despedida
Sete Sombras
Sitio dos Haikais
Sobre o tempo que passa
Sociedade Harmonia
Solvstag
Sopa de Pedra
Sound+Vision
SOS Racismo
Spectrum
Suction with Valchek
Sulmoura
Sushi Leblon
Tempo Dual
Terra da Alegria
Textos de Contracapa 2
Tomara que caia
Torreao Sul
True Lies
Turing Machine
Um blog sobre Kleist
Uniao de Facto
Universos Desfeitos
Vida Breve
Vitriolica webb's ite
Xupacabras
White Rabbit

O bom bordo
A Arte da Fuga
A Causa foi Modificada
ABC do PPM
Abrupto
Acho eu
Almariado
Azimutes
Blasfemias
Blogue dos Marretas
Blue Lounge
Bomba Inteligente
Caminhos Errantes
Causa Liberal
Contra a Corrente
Desesperada Esperanca
Esmaltes e Joias
Fumacas
Gattopardo
Gato do Cheshire
Homem a Dias
Impertinencias
Loja do Queijo Limiano
Nem Tanto ao Mar...
Nortadas
Notas Soltas
O Cachimbo de Magritte
O Insubmisso
O Insurgente
O Sitio (JP Coutinho)
Observador
4R - Quarta Republica
Republicas Mortas
Sexta Coluna
Traducao Simultanea
Tomar Partido
31 da Armada
Vasco Campilho
Virtualidades
Vox Pop (Paulo Gorjao)
Voz do Deserto

O outro bordo
2+2=5
A Barbearia do Sr. Luis
Abrangente
Anti-Direita Portuguesa
Arquivo (Pedro Adao e Silva)
Arrastao
Aspirina B
Avatares de Desejo
Avesso do Avesso
Bicho Carpinteiro
Blogo Social Portugues
Causa Nossa
Cinco Dias
Cobra Cuspideira
Descredito
Ex-Ivan Nunes
French kissin'
Forum Cidade
Grao de Areia
Hoje ha Conquilhas...
Independencias
Irmao Lucia
Irreflexoes
Jugular
Ladroes de Bicicletas
Laranja Amarga
Linha de Conta
O Amigo do Povo
O Canhoto
O Tempo das Cerejas
Os Tempos que Correm
Pais Relativo
Palavra Aberta
Peao
Puxa Palavra
Tempo dos Assassinos
Zero de Conduta

Boa Onda
100nada
7000 Nomes
3 Tesas
A Espada Relativa
A Origem do Amor
A Tasca
A Toca do Gato
Abobada Palatina
Abutres
Albergue dos Danados
Alcagoita
Alfacinha
Amicus Ficaria
Anarca Constipado
Ardazorelhas
Armada Invisivel
Azul Limao
Balta-zar
Bazonga da Kilumba
Beatas
Big-head Motel
Blog Sem Nome
Blogame Mucho
Blogotinha
Blogue dos Putos
Cao de Guarda
Carta de Amor
Cerco do Porto
Chaparro
Chapeleiro Louco
Cheiro a Torradas
Cibertulia
Cimbalino
Conversa na Travessa
Conversas de Cafe
Controversa Maresia
Cronicas Matinais
Daedalus
Desblogueador de Conversa
Desejo Casar
Dias que Voam
El Coronel
Elogio da Ginja
Epicurtas
Ernesto Cadaval
Exacto
Flores do Campo
Forcas de Blogueio
Gabardina
Gato Fedorento
Grupo do Pato
Hora Absurda
Impensavel
Internet para Domesticas
Intimista
Irmao Lucia
Lapis de Cor
Lapis de Minas
Linha de Cabotagem
Lobi do Cha
Loira Gasta
Mais coisa menos coisa
Maizumpomonte
Manos Metralha
Maus Figados
Meia Livraria
Minimalismo
Ministerio do Bom Senso
Misterio
Morte aos Feios
Mostrengos
Mulheres e Deusas
My Moleskine
Niilista Optimista
No Parapeito
Nucleo Duro
O Anacleto
O Bisturi
O Carimbo
O Jumento
O Piolho da Solum
O Proletario Vermelho
O Velho da Montanha
O Vilacondense
Ocidental Praia
Office Lounging
Opinion Desmaker
Os Outros de Nos
Outro lado da Lua
Papoila
Pirilampo Magico
Planeta-Reboque
Ponto e Virgula
Rata Maluka
Revisao da Materia
Sabor a Sal
Santa Ignorancia
Sebenta
Sem Penis nem Inveja
Sem querer penso
Ser Portugues (ter que)
Sexo dos Anjos
Silhuetas
Sociedade Anonima
Substrato
The Amazing Trout Blog
The Dying Animal
The Galarzas
The Ultimate Bitaite
Torneiras de Freud
Tragico-Come(r)dia
Trenguices
Tudo menos Politica
Um pouco mais de Sul
Umbigo
Undisclosed-Recipient
Vamos Lixar Tudo
Vela Latina
Womenage a Trois
Xobineski Patruska
XX-XY

Especialistas
A forma do Jazz
Agenda Diplomatica
Arqueoblogo
Arquitectices
Arquivos do Cinefilo
Antonio Reis
Blog de Publicidade
Bola Verde
Caderneta da Bola
Causidicus
Clube de Fas do Jose Cid
Cum grano salis
Dicionario Diplomatico
Direito e Economia
Direitos
Empreender
Epiderme (Arquitectura)
Futeblog Total
Futebol Mesmo
Incursoes
Intervencoes Sonoras
Lifecooler (Turismo)
Maes (e pais tambem)
Maritimo
Megafone (Futebol)
Metablogue
Naufragium
Nietzsche e Schopenhauer
Noite Escura (Musica)
Notas Formais
Notas Verbais
O Cozinheiro
O Gang (Arquitectura)
Pardalitos do Choupal
O Portista
O Projecto (Arquitectura)
Ondas (Surf)
Respirar o mesmo ar
Sangue Leonino
Sempre Briosa
Sex in Lisbon
Simplesmente Briosa
Socio(B)logue 2.0
Teatro no Ar
Terceiro Anel
The Serendipitous Cacophonies
Toiradas
Upgrade
Ultimatos
Venda-se (Economia)
Via Rapida (Musica)
Vidro Azul (RUC)

Bussolas
Bloco de Notas
Blog Clipping
Blogo
Blogolicos Anonimos
Blogueio
Jornalismo e Comunicacao
Ponto Media
PTBloggers
Technorati Beta
Weblog em Portugal

Pessoal da Estiva
A Cagada
A Minha Pilinha
Adoro Mulheres
Merdas do Costume
O Meu Pipi
O Periodo
O Pipi vai nu
Penis Desorientado

Armada Invencivel
Uniao Blogues Livres

Homens ao Mar
A Mao Invisivel
A Praia
A Saga do Povo Portugues
ABsurdo
Aquele Outro
Aqui nao ha Poeta
Aviz
Barnabe
Blogo vos vejo
Blog de Esquerda (I)
Blog de Esquerda (II)
Bloguitica Internacional
Bloguitica Nacional
BZR
Caminhante
Catalaxia
Cidadao Livre
Coluna Infame
Comprometido Espectador
Conta Corrente
Criticar os Blogues
Cristovao de Moura
Cruzes Canhoto
De Direita
De Esquerda
Descobrimentos
Dicionario do Diabo
E a Cultura, Estupido
Einstein
Espigas ao Vento
Espigas ao Vento (II)
Estudos sobre o Comunismo (I)
Extravaganza-2003
Flor de Obsessao
Farpas
Fora do Mundo
French kissin'
Freira Dadaista
Heterodoxias
Intelligo
Janela Indiscreta
Jaquinzinhos
Latinista Ilustre
Lerias
Liberdade de Expressao
Linhas Tortas
Lista de Blogs
Macjete
Mata Mouros
Mephistofeles
Meridiano
Xanelcinco
Mukankala
Murmurios do Silencio
Nacional Porreirismo
Nao esperem nada de mim
No Quinto dos Imperios
O Complot
O Espectro
O Estado das Coisas
O Franco Atirador
O Maranhao
O Sinedrio
Outro, eu
Pais Relativo
Palavrar
Pano para mangas
Pela Santa Liberdade
Portugal e Arredores
Posto de Escuta
Pula Pulga
Quarta Vaga
Ref. Azul Electrico
Replicar
Revista Atlantico
Ruim
Socio(B)logue
Terras do Nunca
Thomaz vs. Cunhal
Tugir
Valete Fratres
Vendedora Peganhenta
Via da Verdade
Vitamina C
What do you represent
Whisky2000

Translate
Traducao

Arquivo
05/04/2003 - 05/11/2003 05/11/2003 - 05/18/2003 05/18/2003 - 05/25/2003 05/25/2003 - 06/01/2003 06/01/2003 - 06/08/2003 06/08/2003 - 06/15/2003 06/15/2003 - 06/22/2003 06/22/2003 - 06/29/2003 06/29/2003 - 07/06/2003 07/06/2003 - 07/13/2003 07/13/2003 - 07/20/2003 07/20/2003 - 07/27/2003 07/27/2003 - 08/03/2003 08/03/2003 - 08/10/2003 08/10/2003 - 08/17/2003 08/17/2003 - 08/24/2003 08/24/2003 - 08/31/2003 08/31/2003 - 09/07/2003 09/07/2003 - 09/14/2003 09/14/2003 - 09/21/2003 09/21/2003 - 09/28/2003 09/28/2003 - 10/05/2003 10/05/2003 - 10/12/2003 10/12/2003 - 10/19/2003 10/19/2003 - 10/26/2003 10/26/2003 - 11/02/2003 11/02/2003 - 11/09/2003 11/09/2003 - 11/16/2003 11/16/2003 - 11/23/2003 11/23/2003 - 11/30/2003 11/30/2003 - 12/07/2003 12/07/2003 - 12/14/2003 12/14/2003 - 12/21/2003 12/21/2003 - 12/28/2003 12/28/2003 - 01/04/2004 01/04/2004 - 01/11/2004 01/11/2004 - 01/18/2004 01/18/2004 - 01/25/2004 01/25/2004 - 02/01/2004 02/01/2004 - 02/08/2004 02/08/2004 - 02/15/2004 02/15/2004 - 02/22/2004 02/22/2004 - 02/29/2004 02/29/2004 - 03/07/2004 03/07/2004 - 03/14/2004 03/14/2004 - 03/21/2004 03/21/2004 - 03/28/2004 03/28/2004 - 04/04/2004 04/04/2004 - 04/11/2004 04/11/2004 - 04/18/2004 04/18/2004 - 04/25/2004 04/25/2004 - 05/02/2004 05/02/2004 - 05/09/2004 05/09/2004 - 05/16/2004 05/16/2004 - 05/23/2004 05/23/2004 - 05/30/2004 05/30/2004 - 06/06/2004 06/06/2004 - 06/13/2004 06/13/2004 - 06/20/2004 06/20/2004 - 06/27/2004 06/27/2004 - 07/04/2004 07/04/2004 - 07/11/2004 07/11/2004 - 07/18/2004 07/18/2004 - 07/25/2004 07/25/2004 - 08/01/2004 08/01/2004 - 08/08/2004 08/08/2004 - 08/15/2004 08/15/2004 - 08/22/2004 08/22/2004 - 08/29/2004 08/29/2004 - 09/05/2004 09/05/2004 - 09/12/2004 09/12/2004 - 09/19/2004 09/19/2004 - 09/26/2004 09/26/2004 - 10/03/2004 10/03/2004 - 10/10/2004 10/10/2004 - 10/17/2004 10/17/2004 - 10/24/2004 10/24/2004 - 10/31/2004 10/31/2004 - 11/07/2004 11/07/2004 - 11/14/2004 11/14/2004 - 11/21/2004 11/21/2004 - 11/28/2004 11/28/2004 - 12/05/2004 12/05/2004 - 12/12/2004 12/12/2004 - 12/19/2004 12/19/2004 - 12/26/2004 12/26/2004 - 01/02/2005 01/02/2005 - 01/09/2005 01/09/2005 - 01/16/2005 01/16/2005 - 01/23/2005 01/23/2005 - 01/30/2005 01/30/2005 - 02/06/2005 02/06/2005 - 02/13/2005 02/13/2005 - 02/20/2005 02/20/2005 - 02/27/2005 02/27/2005 - 03/06/2005 03/06/2005 - 03/13/2005 03/13/2005 - 03/20/2005 03/20/2005 - 03/27/2005 03/27/2005 - 04/03/2005 04/03/2005 - 04/10/2005 04/10/2005 - 04/17/2005 04/17/2005 - 04/24/2005 04/24/2005 - 05/01/2005 05/01/2005 - 05/08/2005 05/08/2005 - 05/15/2005 05/15/2005 - 05/22/2005 05/22/2005 - 05/29/2005 05/29/2005 - 06/05/2005 06/05/2005 - 06/12/2005 06/12/2005 - 06/19/2005 06/19/2005 - 06/26/2005 06/26/2005 - 07/03/2005 07/03/2005 - 07/10/2005 07/10/2005 - 07/17/2005 07/17/2005 - 07/24/2005 07/24/2005 - 07/31/2005 07/31/2005 - 08/07/2005 08/07/2005 - 08/14/2005 08/14/2005 - 08/21/2005 08/21/2005 - 08/28/2005 08/28/2005 - 09/04/2005 09/04/2005 - 09/11/2005 09/11/2005 - 09/18/2005 09/18/2005 - 09/25/2005 09/25/2005 - 10/02/2005 10/02/2005 - 10/09/2005 10/09/2005 - 10/16/2005 10/16/2005 - 10/23/2005 10/23/2005 - 10/30/2005 10/30/2005 - 11/06/2005 11/06/2005 - 11/13/2005 11/13/2005 - 11/20/2005 11/20/2005 - 11/27/2005 11/27/2005 - 12/04/2005 12/04/2005 - 12/11/2005 12/11/2005 - 12/18/2005 12/18/2005 - 12/25/2005 12/25/2005 - 01/01/2006 01/01/2006 - 01/08/2006 01/08/2006 - 01/15/2006 01/15/2006 - 01/22/2006 01/22/2006 - 01/29/2006 01/29/2006 - 02/05/2006 02/05/2006 - 02/12/2006 02/12/2006 - 02/19/2006 02/19/2006 - 02/26/2006 02/26/2006 - 03/05/2006 03/05/2006 - 03/12/2006 03/12/2006 - 03/19/2006 03/19/2006 - 03/26/2006 03/26/2006 - 04/02/2006 04/02/2006 - 04/09/2006 04/09/2006 - 04/16/2006 04/16/2006 - 04/23/2006 04/23/2006 - 04/30/2006 04/30/2006 - 05/07/2006 05/07/2006 - 05/14/2006 05/14/2006 - 05/21/2006 05/21/2006 - 05/28/2006 05/28/2006 - 06/04/2006 06/04/2006 - 06/11/2006 06/11/2006 - 06/18/2006 06/18/2006 - 06/25/2006 06/25/2006 - 07/02/2006 07/02/2006 - 07/09/2006 07/09/2006 - 07/16/2006 07/16/2006 - 07/23/2006 07/23/2006 - 07/30/2006 07/30/2006 - 08/06/2006 08/06/2006 - 08/13/2006 08/13/2006 - 08/20/2006 08/20/2006 - 08/27/2006 08/27/2006 - 09/03/2006 09/03/2006 - 09/10/2006 09/10/2006 - 09/17/2006 09/17/2006 - 09/24/2006 09/24/2006 - 10/01/2006 10/01/2006 - 10/08/2006 10/08/2006 - 10/15/2006 10/15/2006 - 10/22/2006 10/22/2006 - 10/29/2006 10/29/2006 - 11/05/2006 11/05/2006 - 11/12/2006 11/12/2006 - 11/19/2006 11/19/2006 - 11/26/2006 11/26/2006 - 12/03/2006 12/03/2006 - 12/10/2006 12/10/2006 - 12/17/2006 12/17/2006 - 12/24/2006 12/24/2006 - 12/31/2006 12/31/2006 - 01/07/2007 01/07/2007 - 01/14/2007 01/14/2007 - 01/21/2007 01/21/2007 - 01/28/2007 01/28/2007 - 02/04/2007 02/04/2007 - 02/11/2007 02/11/2007 - 02/18/2007 02/18/2007 - 02/25/2007 02/25/2007 - 03/04/2007 03/04/2007 - 03/11/2007 03/11/2007 - 03/18/2007 03/18/2007 - 03/25/2007 03/25/2007 - 04/01/2007 04/01/2007 - 04/08/2007 04/08/2007 - 04/15/2007 04/15/2007 - 04/22/2007 04/22/2007 - 04/29/2007 04/29/2007 - 05/06/2007 05/06/2007 - 05/13/2007 05/13/2007 - 05/20/2007 05/20/2007 - 05/27/2007 05/27/2007 - 06/03/2007 06/03/2007 - 06/10/2007 06/10/2007 - 06/17/2007 06/17/2007 - 06/24/2007 06/24/2007 - 07/01/2007 07/01/2007 - 07/08/2007 07/08/2007 - 07/15/2007 07/15/2007 - 07/22/2007 07/22/2007 - 07/29/2007 07/29/2007 - 08/05/2007 08/05/2007 - 08/12/2007 08/12/2007 - 08/19/2007 08/19/2007 - 08/26/2007 08/26/2007 - 09/02/2007 09/02/2007 - 09/09/2007 09/09/2007 - 09/16/2007 09/16/2007 - 09/23/2007 09/23/2007 - 09/30/2007 09/30/2007 - 10/07/2007 10/07/2007 - 10/14/2007 10/14/2007 - 10/21/2007 10/21/2007 - 10/28/2007 10/28/2007 - 11/04/2007 11/04/2007 - 11/11/2007 11/11/2007 - 11/18/2007 11/18/2007 - 11/25/2007 11/25/2007 - 12/02/2007 12/02/2007 - 12/09/2007 12/09/2007 - 12/16/2007 12/16/2007 - 12/23/2007 12/23/2007 - 12/30/2007 12/30/2007 - 01/06/2008 01/06/2008 - 01/13/2008 01/13/2008 - 01/20/2008 01/20/2008 - 01/27/2008 01/27/2008 - 02/03/2008 02/03/2008 - 02/10/2008 02/10/2008 - 02/17/2008 02/17/2008 - 02/24/2008 02/24/2008 - 03/02/2008 03/02/2008 - 03/09/2008 03/09/2008 - 03/16/2008 03/16/2008 - 03/23/2008 03/23/2008 - 03/30/2008 03/30/2008 - 04/06/2008 04/06/2008 - 04/13/2008 04/13/2008 - 04/20/2008 04/20/2008 - 04/27/2008 04/27/2008 - 05/04/2008 05/04/2008 - 05/11/2008 05/11/2008 - 05/18/2008 05/18/2008 - 05/25/2008 05/25/2008 - 06/01/2008 06/01/2008 - 06/08/2008 06/08/2008 - 06/15/2008 06/15/2008 - 06/22/2008 06/22/2008 - 06/29/2008 06/29/2008 - 07/06/2008 07/06/2008 - 07/13/2008 07/13/2008 - 07/20/2008 07/20/2008 - 07/27/2008 07/27/2008 - 08/03/2008 08/17/2008 - 08/24/2008 08/24/2008 - 08/31/2008 08/31/2008 - 09/07/2008 09/07/2008 - 09/14/2008 09/14/2008 - 09/21/2008 09/21/2008 - 09/28/2008 09/28/2008 - 10/05/2008 10/05/2008 - 10/12/2008 10/12/2008 - 10/19/2008 10/19/2008 - 10/26/2008 10/26/2008 - 11/02/2008 11/02/2008 - 11/09/2008 11/09/2008 - 11/16/2008 11/16/2008 - 11/23/2008 11/23/2008 - 11/30/2008 11/30/2008 - 12/07/2008 12/07/2008 - 12/14/2008 12/14/2008 - 12/21/2008 12/21/2008 - 12/28/2008 12/28/2008 - 01/04/2009 01/04/2009 - 01/11/2009 01/11/2009 - 01/18/2009 01/18/2009 - 01/25/2009 01/25/2009 - 02/01/2009 02/01/2009 - 02/08/2009 02/08/2009 - 02/15/2009 02/15/2009 - 02/22/2009 02/22/2009 - 03/01/2009 03/01/2009 - 03/08/2009 03/08/2009 - 03/15/2009 03/15/2009 - 03/22/2009 03/22/2009 - 03/29/2009 03/29/2009 - 04/05/2009 04/05/2009 - 04/12/2009 04/12/2009 - 04/19/2009 04/19/2009 - 04/26/2009 04/26/2009 - 05/03/2009 05/03/2009 - 05/10/2009 05/10/2009 - 05/17/2009 05/17/2009 - 05/24/2009 05/24/2009 - 05/31/2009 05/31/2009 - 06/07/2009 06/07/2009 - 06/14/2009 06/14/2009 - 06/21/2009 06/21/2009 - 06/28/2009 06/28/2009 - 07/05/2009 07/05/2009 - 07/12/2009 07/12/2009 - 07/19/2009 07/19/2009 - 07/26/2009 07/26/2009 - 08/02/2009 08/02/2009 - 08/09/2009 08/09/2009 - 08/16/2009 08/16/2009 - 08/23/2009 08/23/2009 - 08/30/2009 08/30/2009 - 09/06/2009 09/06/2009 - 09/13/2009 09/13/2009 - 09/20/2009 09/20/2009 - 09/27/2009 09/27/2009 - 10/04/2009 10/04/2009 - 10/11/2009 10/11/2009 - 10/18/2009 10/18/2009 - 10/25/2009 10/25/2009 - 11/01/2009 11/01/2009 - 11/08/2009 11/08/2009 - 11/15/2009 11/15/2009 - 11/22/2009 11/22/2009 - 11/29/2009 11/29/2009 - 12/06/2009 12/06/2009 - 12/13/2009 12/13/2009 - 12/20/2009 12/20/2009 - 12/27/2009 12/27/2009 - 01/03/2010 01/03/2010 - 01/10/2010 01/10/2010 - 01/17/2010 01/17/2010 - 01/24/2010 01/24/2010 - 01/31/2010 01/31/2010 - 02/07/2010 02/07/2010 - 02/14/2010 02/14/2010 - 02/21/2010 02/21/2010 - 02/28/2010 02/28/2010 - 03/07/2010 03/07/2010 - 03/14/2010 03/14/2010 - 03/21/2010 03/21/2010 - 03/28/2010 03/28/2010 - 04/04/2010 04/04/2010 - 04/11/2010 04/11/2010 - 04/18/2010 04/18/2010 - 04/25/2010 04/25/2010 - 05/02/2010 05/02/2010 - 05/09/2010 05/09/2010 - 05/16/2010 05/16/2010 - 05/23/2010 05/23/2010 - 05/30/2010 05/30/2010 - 06/06/2010 06/06/2010 - 06/13/2010 06/13/2010 - 06/20/2010 06/20/2010 - 06/27/2010 06/27/2010 - 07/04/2010 07/18/2010 - 07/25/2010 07/25/2010 - 08/01/2010 08/01/2010 - 08/08/2010 08/08/2010 - 08/15/2010 08/15/2010 - 08/22/2010 08/22/2010 - 08/29/2010 08/29/2010 - 09/05/2010 09/05/2010 - 09/12/2010 09/12/2010 - 09/19/2010 09/19/2010 - 09/26/2010 09/26/2010 - 10/03/2010 10/03/2010 - 10/10/2010 10/10/2010 - 10/17/2010 10/17/2010 - 10/24/2010 10/24/2010 - 10/31/2010 10/31/2010 - 11/07/2010 11/07/2010 - 11/14/2010 11/14/2010 - 11/21/2010 11/21/2010 - 11/28/2010 11/28/2010 - 12/05/2010 12/05/2010 - 12/12/2010 12/12/2010 - 12/19/2010 12/19/2010 - 12/26/2010 12/26/2010 - 01/02/2011 01/02/2011 - 01/09/2011 01/09/2011 - 01/16/2011 01/16/2011 - 01/23/2011 01/23/2011 - 01/30/2011 01/30/2011 - 02/06/2011 02/06/2011 - 02/13/2011 02/13/2011 - 02/20/2011 02/20/2011 - 02/27/2011 02/27/2011 - 03/06/2011 03/06/2011 - 03/13/2011 03/13/2011 - 03/20/2011 03/20/2011 - 03/27/2011 03/27/2011 - 04/03/2011 04/03/2011 - 04/10/2011 04/10/2011 - 04/17/2011 04/17/2011 - 04/24/2011 04/24/2011 - 05/01/2011 05/01/2011 - 05/08/2011 05/08/2011 - 05/15/2011 05/15/2011 - 05/22/2011 05/22/2011 - 05/29/2011 05/29/2011 - 06/05/2011 06/05/2011 - 06/12/2011 06/12/2011 - 06/19/2011 06/19/2011 - 06/26/2011 06/26/2011 - 07/03/2011 07/03/2011 - 07/10/2011 07/10/2011 - 07/17/2011 07/17/2011 - 07/24/2011 08/07/2011 - 08/14/2011 08/21/2011 - 08/28/2011 10/09/2011 - 10/16/2011 10/23/2011 - 10/30/2011 11/06/2011 - 11/13/2011 11/27/2011 - 12/04/2011 12/11/2011 - 12/18/2011 12/18/2011 - 12/25/2011 01/08/2012 - 01/15/2012 02/05/2012 - 02/12/2012 02/26/2012 - 03/04/2012