Mar Salgado

sábado, dezembro 18:

RETOMANDO UM COSTUME ANTIGO DO NOSSO COMANDANTE:
"... Au coeur de l'homme, solitude. Étrange l'homme, sans rivage, près de la femme, riveraine. Et mer moi-même à ton orient, comme à ton sable d'or mêlé, que j'aille encore et tarde, sur ta rive, dans le déroulement très lent de tes anneaux d'argile - femme qui se fait et se défait avec la vague qui l'engendre...
[...] Vaisseau, mon beau vaisseau, qui cède sur ses couples et porte la charge d'une nuit d'homme, tu m'es vaisseau qui porte roses. Tu romps sur l'eau chaîne d'offrandes. Et nous voici, contre la mort, sur les chemins d'acanthes noires de la mer écarlate... Immense l'aube appelée mer, immense l'étendue des eaux, et sur la terre faite songe à nos confins violets, toute la houle au loin qui lève et se couronne d'hyacinthes comme un peuple d'amants!
Il n'est d'usurpation plus haute qu'au vaisseau de l'amour".

Saint-John Perse, Amers
 

posted by PC on 3:10 da manhã # (0) comments

sexta-feira, dezembro 17:

ORA AÍ ESTÁ: Via Blogo Existo, chego ao texto definitivo sobre José Mourinho. Por maradona, claro, aos 14 deste mês. De bónus, algumas considerações judiciosas sobre a imodéstia e a arrogância.
 

posted by PC on 1:06 da tarde # (0) comments

quinta-feira, dezembro 16:

A RAZÃO DE SER DA FUNÇÃO JUDICIAL: A Câmara dos Lordes deu hoje provimento (8 votos contra 1) ao recurso de 9 estrangeiros detidos no Reino Unido à ordem do Anti-Terrorism, Crime and Security Act, de 2001. Esta lei, de que já aqui dei conta noutra ocasião, permite às autoridades britânicas deter, por tempo indeterminado, sem acusação nem julgamento, os estrangeiros que sejam suspeitos de actividades terroristas (internacionais), não sendo todavia aplicável aos nacionais britânicos. Nas palavras de Lord Nicholls of Birkenhead, "indefinite imprisonment without charge or trial is anathema in any country which observes the rule of law. It deprives the detained person of the protection a criminal trial is intended to afford". Além disso, a lei é claramente discriminatória "on the ground of nationality or immigration status" e, por isso, é incompatível com a Convenção Europeia dos Direitos do Homem (Lord Bingham of Cornhill).
Ora aqui está um bom "presente" para Charles Clarke, no seu primeiríssimo dia como Home Secretary (mais desenvolvimentos aqui).
 

posted by PC on 11:45 da manhã # (1) comments

BLASFÉMIA? NEM TANTO: F. J. Viegas, Vital Moreira e Rui Oliveira comentaram nos seus blogues, com preocupação e em sentido que julgo substancialmente coincidente, eventuais propostas de lei destinadas a restaurar o crime de blasfémia no Reino Unido e nos Países Baixos. Fiquei perplexo com a notícia e lembrei-me do Título LXXXXVIIII das Ordenações Afonsinas: "ElRey Dom Donis, com Conselho da sua Corte manda e pooem por Ley, que quem quer que descreer de DEOS, e de sua Madre, ou os doestar, que lhes tirem as lingoas pelos pescoços, e que os queimem".
Andei por aí a escarafunchar e, pelo menos no caso britânico, parece que as coisas não são bem assim. De acordo com o que aqui se diz, a polémica lei inglesa pretende apenas passar a punir o incitamento ao ódio religioso, tal como já pune o incitamento ao ódio racial. Tal como, aliás, o artigo 240º do nosso Código Penal pune, desde 1998,

"1. Quem:
a) Fundar ou constituir organização ou desenvolver actividades de propaganda organizada que incitem à discriminação, ao ódio ou à violência raciais ou religiosas, ou que a encorajem"; e ainda
"2. Quem, em reunião pública, por escrito destinado a divulgação ou através de qualquer meio de comunicação social:
a) Provocar actos de violência contra pessoa ou grupo de pessoas por causa da sua raça, cor, origem étnica ou nacional ou religião;
b) Difamar ou injuriar pessoa ou grupo de pessoas por causa da sua raça, cor, origem étnica ou nacional ou religião, nomeadamente através da negação de crimes de guerra ou contra a paz e a humanidade;
com a intenção de incitar à discriminação racial ou religiosa ou de a encorajar".

Notar-se-á que não se trata aqui de crimes contra os sentimentos religiosos das pessoas (punidos nos artigos 251º e 252º), nem de proteger minorias étnicas ou religiosas, mas sim de crimes contra a Humanidade (desgraçadamente alcunhados, desde Julho deste ano, de "crimes contra a identidade cultural e integridade pessoal", expressão margarina light que nada diz à tradição portuguesa nem ao direito internacional; mas isso são contas de outro rosário).
Ora bem. Mesmo que a dita lei inglesa não venha a munir-se das cautelas do Código português (necessidade de propaganda organizada, ou publicidade da difamação ou injúria, consoante os casos) e incrimine apenas o incitamento ao ódio religioso, não vejo que o direito de crítica e a liberdade de expressão possam ficar em perigo. Estes direitos, como todos os outros, também são limitados, e não incluem, seguramente, o incitamento ao ódio religioso, como não incluem a vulgar injúria, nem a apologia pública de um crime, nem, na Alemanha e na Áustria, a negação do Holocausto.
De maneira que não me parece que se trate de um excesso do "politicamente correcto". Só o momento da proposta é que foi, politicamente, muito incorrecto, levando algumas pessoas a interpretar como concessão ao Islão aquilo que, noutras circunstâncias, seria considerado normal. O que provoca, evidentemente, um aumento da tensão social acerca do tema.
Se somarmos a essa inabilidade política as preocupações dos secularistas e a má compreensão, por parte de comediantes e articulistas, daquilo que verdadeiramente se proíbe, é fácil perceber como nasceu esta improvável coligação (link corrigido).
[Última hora: D. Blunkett demitiu-se. Mas não foi por causa da lei]
 

posted by PC on 4:35 da manhã # (2) comments

OS OUTROS III: A Tatie, do Sem Pénis, nem Inveja, avança, e bem, com os medos; que eles nos prometem portos de abrigo demasiados solitários, que eles nos sugam a força. Vamos a isso, omitindo quaisquer dados que possam ofender a privacidade:
Conheci-a há um par de meses, vinha para um colega: dores de cabeça. Puxa daqui e coisa e tal, como se não fosse importante, fico a saber que lhe raparam já há dez anos o útero e os ovários. Como se o bastardo persistisse, tiveram que lhe cortar a mama esquerda, e desde aí , períodos sucessivos de quimio e radioterapia lhe animam os dias. Vigiar sempre.
Esta mulher tem uns olhos verdes capazes de pôr o mais contido a escrever versos idiotas, e também tem um filho, um marido e uma profissão liberal extenuante. Tem 30 e poucos anos. A certa altura tive de lhe perguntar: mas olhe lá, como é que você vive? "Muito bem; Trabalho, divirto-me, faço amor com o meu marido.. Chegamos à conclusão que ela é uma estóica iluminada: despede-te ( chora) do dia que passou, não esperes nada do dia de amanhã ( se quiserem o original em latim vão a Horácio, Odes, I, II, 8).
Na altura em que escrevo estas linhas a festa acabou, as dores de cabeça afinal eram metástases do bastardo localizadas no tronco cerebral; a minha estóica iluminada já nem sequer articula sons, do alto horizontal da sua cama de hospital.
Defendo que se pode aprender em qualquer situação. Deve ter sido ela que inspirou Séneca na sua 14ª Carta a Lucilius: não devemos viver para o corpo nem julgar que podemos viver sem ele.
Assim, Tatie, quer-me parecer que os medos de que falas, a bem dizer, não são medos: são gatos no peito. Já esta mulher conheceu os leões, coisa da qual estamos provisoriamente dispensados. Poderás dizer: "obrigadinho ó psi armado em filósofo de citações, mas como é que fazemos sem ter de entrar na jaula?" Não sei, claro; mas suspeito que passa por saber que se nasce dentro da jaula.

(a continuar)
 

posted by FNV on 1:09 da manhã # (3) comments

quarta-feira, dezembro 15:

PRESSÁGIO: Uma raposa foi anteontem apanhada dentro de Coimbra ( Diário as Beiras de ontem). O animal mordeu o GNR que a capturou. Não se sabe o que estava a raposa a fazer num quintal, dentro da malha urbana da cidade, como Hemingway não sabia a que negócios tinha ido um leopardo encontrado enterrado nas neves do Kilimanjaro. Capstick conta-nos que os leopardos por vezes visitam os caixotes do lixo dos arredores de Joanesburgo; Henrique Galvão falava-nos de um que foi bispado em cima da prateleira de uma sala, numa casa perdida lá para as bandas do Moxico.
Esta raposa entrou na cidade e foi detida para averiguações. Perguntaram-lhe ao que vinha, de onde vinha, se estava ligada ao Bin Laden ou ao Apito Dourado, se queria apoio judiciário. Ao que sei, a raposa disse ter-se enganado: confundiu a cidade com um imenso galinheiro. Confundiu?
 

posted by FNV on 11:52 da manhã # (6) comments

UM ANO DE MA-SCHAMBLOG: E já que estamos em maré de aniversários, um caloroso abraço de felicitações, em nome de toda a tripulação, para essa exuberante oficina da língua portuguesa que dá pelo nome de Ma-Schamba, gerida pelo activíssimo JPT, um blogamigo cá da nau. Navegação segura, JPT!
 

posted by PC on 2:09 da manhã # (0) comments

A MARCA AMARELA: A comunicação conjunta de Santana Lopes e Paulo Portas foi um momento político de grande importância futura. Não tanto pelo conteúdo - afinal, a comunicação foi mais uma manobra mediática de grande (?) impacto para desvelar um segredo de polichinelo -, mas, sobretudo, pelo modo como decorreu.
Do lado esquerdo, falando primeiro, Santana Lopes apareceu com um ar solene, demasiado solene, quase acabrunhado, mais interessado numa definição azeda do passado (a injustiça praticada pelo PR, a oposição dos grupos poderosos, a perseguição, etc.). Santana Lopes envelheceu muito nos últimos meses. Longe está o homem do discurso repentista, da reacção espontânea, do populismo optimista. Manifestamente, o ambiente institucional não é o seu meio.
Do lado direito, falando depois, Paulo Portas apareceu sorridente, quase jovial, mais interessado numa definição esperançosa do futuro (um momento que marca uma nova etapa no processo político português, uma estratégia transparente que dá mais opções ao eleitorado - perdoem, mas esta é de mestre -, um projecto para formar um governo credível depois das eleições). Paulo Portas envelheceu muito nos últimos meses. Longe está o homem de pose de Estado artificial, ansioso por mostrar como é suficientemente maduro para governar. Manifestamente, o ambiente institucional começa a ser o seu meio.
Dirão alguns que esta é uma avaliação impressionista, talvez até forçada, de aparências. Mas há um momento crucial, de apenas um ou dois segundos, que tira todas as dúvidas. No fim da comunicação, uma jornalista dispara uma pergunta qualquer sem importância. Ninguém sabia, ao que parece, que os dois intervenientes iriam assinar, em directo, o anunciado protocolo. Santana Lopes, uma vez mais, fica atarantado, sem saber se deve responder (ainda ensaiou puxar o microfone) ou prosseguir com o acto. Olha para Portas e murmura algo, com ar interrogativo. Portas inclina a cabeça e, sempre sorridente, cicia uma resposta.
A jornalista ficou sem a resposta e o protocolo foi assinado. Foram só dois segundos, mas podem demorar alguns anos.
 

posted by PC on 1:29 da manhã # (0) comments

AGORA DIGAM-ME LÁ: O que é que a gente faz a um amigo, hã, que tem o telefone sistematicamente fora do descanso, hã, e que só dá ocupado? E se além disso, hã, o indivíduo nem respeita a data do próprio aniversário, não deixa que lhe mandem um abraço vocal, hã, e não paga sequer uma água de vidago? E se ainda por cima o filisteu, hã, tem o supino desplante de se deitar a escrever posts na noite desse dia, em blogues de má fama, hã, em vez de estar a tronitruar numa leitaria miserável, rodeado de amigos e de copos de cerveja?
A perdiz passa a duas. C'est ça, ou le pal.
 

posted by PC on 1:12 da manhã # (0) comments

terça-feira, dezembro 14:

SOMOS?

"Etre une chose, c'est - inexorablement - ne pas être toutes les autres choses; l'intuition confuse de cette vérité a induit les hommes à imaginer que ne pas être est davantage qu'être quelque chose, qu'en quelque façon c'est être tout."

( Jorge Luis Borges, "Le rêve de Coleridge et autres essais", in Les Temps Modernes, nºs 114-115, Juin-Juillet 1955, pp 2123-2148)
 

posted by FNV on 8:45 da tarde # (1) comments

segunda-feira, dezembro 13:

OS OUTROS II: No mundo das psicoterapias, não são as grandes perdas nem as grandes convulsões - leia-se a morte, o desemprego, a doença incapacitante - que suscitam os pedidos de ajuda. Tal acontece, é certo, mas menos frequentemente do que outro sismo: a deterioração da relação com os outros. Pais e mães, maridos e mulheres, filhos e namoradas, amigos e cunhadas, colegas e empregados, constituem o reservatório da desafeição. Porque somos (estamos) tão sensíveis? Em boa medida porque esperamos demasiado dos outros.
E isto, meus caros, liga-se no mundo ocidental ao sobreinvestimento que nos ensinam a fazer, desde pequeninos, no desejo e na sua satisfação: os outros não se distinguem muito de qualquer objecto que é suposto nos dar prazer, de preferência sem grande trabalho, de preferência continuamente. No mundo rural de antanho os pais tinham filhos como forma de assegurar uma velhice descansada, hoje têm-nos para que eles - filhos - sejam aquilo que eles - pais - não puderam ou não souberam ser.
Crescemos assim investidos da função de sermos felizes, reagimos mal ao espelho relacional. Sobretudo, perdemos a capacidade de pesar a tristeza, a frustração, o desencanto, como elementos estéticos ( no sentido de subversão da forma) da existência. O sucesso dos químicos ( os legais e os ilegais) passa muito por aqui.

(a continuar)
 

posted by FNV on 11:40 da tarde # (6) comments

REVISTA: A futebolização da vida política é um facto. Sampaio, há cinco meses, era um "presidente sério e ponderado", agora é um "banana excitado". Lendo alguns blogues, em revista por aí, é o que se conclui.
A futebolização exprime-se não na crítica, mas nas desconsiderações de carácter pessoal bem como no processo de intenções ( quem não se lembra de um certo presidente de clube que até sabia o que o fiscal de linha X comia ao pequeno almoço e que daí deduzia um sem número de corolários?).
Ou seja, se me favoreces ou aos meus, portaste-te bem; se não, és um vendido, ou na melhor das hipóteses, um chalupa. Confesso que esta infecção me preocupa.
 

posted by FNV on 2:19 da manhã # (1) comments

ENCORE: Depois de ler tão eufórica expressão do meu bom VLX, renovo os meus parabéns ao FCP pela conquista da taça Toyota frente ao Caldas. Para que fique claro, porque isto do desportivismo é um direito que nos assiste.
 

posted by FNV on 2:14 da manhã # (0) comments

FINALMENTE BELÉM JUSTIFICA-SE: Estava aqui a escrever umas linhas, com o ruído de fundo entregue à SIC Notícias, e não posso deixar de partilhar com os leitores estas pequenas partidas do destino que nos adoçam a vida. Lá estava, no programa desportivo, Rui Santos uma vez mais a balbuciar umas desculpas esfarrapadas para certa equipa, naquela voz atrapalhada e embargada que o caracteriza nestas ocasiões. O homem está manifestamente perturbado, completamente transtornado e eu quase que fico com pena dele: parece que vai rebentar num choro nervoso, tirem-no do ar! Interrompam o programa! Salvem-no!

Deixo de lado o facto de estarem mais preocupados com o problema de hoje em Belém do que com a conquista de hoje daquele clube do norte que se limita simplesmente a levar de novo o nome de Portugal a todo o mundo. Parece que lhe vão conceder 5 minutinhos no final, "que o FCP hoje merece" - diz Rui Santos.
Mas é extremamente curioso constatar que este país esteve a semana toda à espera de ver na televisão justificações de Belém para ter de acabar a semana a gramar justificações para Belém...
A importância do futebol sobre a política patenteia-se nesta triste realidade: o país queria explicações de Belém e dão-lhe explicações para Belém. Tudo indica que os quatro pastelinhos secos de Belém com que foram humilhados os seis milhões merecem maiores e mais abundantes justificações à comunicação social do que o pastelão de Belém atirado para cima dos ombros de dez milhões de portugueses. É triste, mas é o país que temos.

post scriptum: parece incrível mas é verdade: o programa desportivo acabou por se concluir sem aqueles cinco minutitos a que tinham feito referência tão nobre. Mas se calhar também não era relevante: que importância pode ter para um programa desportivo o facto de um clube nacional ter conquistado o chamado título mundial de clubes?
 

posted by VLX on 1:20 da manhã # (3) comments

domingo, dezembro 12:

NOIVAS DE SANTO ANTÓNIO: Uma das melhores e mais marcantes características das gentes do Porto é a sua extraordinária capacidade para virem para a rua festejar alegremente, qualquer que seja a hora do dia, qualquer que seja o dia do ano.
É que esta boa gente não se limita aos já habituais festejos anuais de Maio e Junho, antecipando o S. João: esta gente está sempre preparada para festejar, qualquer que seja o momento. Pode acontecer que seja no meio de Agosto, quando o resto do pessoal só pensa em férias, sol e banhos; nessa altura dá o portista um saltinho distraído a Coimbra e pumba: grande noitada de festa, júbilo e glória aos vencedores. Pode ainda acontecer que seja em Dezembro, quando o pagode só pensa em torrar o subsídio em homenagem a uma muito vaga ideia que se tem da época natalícia: quando menos se espera, às vezes até em horário pouco próprio, e zumba! - festejos, buzinadelas, festa e alegria transbordam nas faces das gentes do norte.
Esta característica feliz, única no país, individualiza bem as gentes do Porto.

Não sei como é que é nas outras cidades, não sei com o que é que as pessoas se distrairão. Julgo até que nem na opulenta capital é possível esta maneira de ser, com diversos festejos ao longo do ano, todos os anos, à noite, de tarde ou pela manhã. Deve ser por isso que as pessoas da capital têm um ar triste, quase resignado, um ar que piora a cada época que passa, deteriora-se a cada década em que se cimenta a infelicidade e a dura realidade, habituando-se àquele travo amargo.
Hoje, por exemplo: imagino que o pessoal lisboeta tenha passado o dia a arrastar-se pelos centros comerciais a desfazer o cartão de crédito, ou a ressacar, a atirar pão aos pombos, a pensar na morte da bezerra, na década de sessenta, a morfar com dificuldade (fazendo bola) quatro pastelinhos empastelados de Belém, enfim... ? um dia igual aos outros todos e todos esses outros igualmente maus.

Pois daqui se diz a essa gente: levantem-se! Parem de se lamuriar, alegrem-se, divirtam-se, festejem como nós! Sejam felizes como as gentes do Porto!
E não venham dizer, tentando diminuir esta característica nortenha, que para nós é fácil ser assim só porque o nosso clube ganha tudo por onde passa, em qualquer competição, nos quatro cantos do mundo, todos os anos, em qualquer altura do ano e a qualquer hora do dia. É provável que isso ajude à festa, claro, não podemos negar estas façanhas nem a alegria que nos dão. Mas certamente que aí em baixo se arranjaria também qualquer coisita simpática para festejarem: que tal dividirem ao longo do ano aquilo das noivas de Santo António?...


 

posted by VLX on 11:54 da tarde # (0) comments

OS OUTROS: A nossa história de vida só nos pertence na medida da nossa ignorância. Por isso o "eu acho", o "eu penso", o "eu sinto", nunca foram tão abundantes. Uma vida a meio ensina-nos no entanto que só somos o que fomos com os outros, e o que os outros foram conosco. A angústia que se desprende desta constatação é talvez cruel para quem julga fazer o seu destino, mas é uma angústia esclarecedora. Permite-nos, entre outras coisas, cortar as abas largas do chapéu, deixar que a sombra se faça a si mesmo.
O sentimento de orfadade e de impotência é inevitável: então não temos uma palavra a dizer? Claro que sim: na reconstrução paciente das relações com os que amamos e odiamos, na transformação da indiferença em curiosidade. Tudo é preferível à fantasia que nos adorna a ignorância: a de que nascemos para sermos amados, façamos nós o que fizermos.
Talvez por isso a velhice seja simultâneamente libertadora e predadora. Velhos, sabemos que já pouco há a jogar, refastelamo-nos de copo na mão a observar e a aceitar as consequências. Há excepções, claro: os que nunca desistem de permanecer ignorantes.
Conhecem algum?
 

posted by FNV on 8:45 da tarde # (0) comments

BRAVO!!! O FC Porto acaba de conquistar a Toyota Cup no Japão. Mereceram, há que dizê-lo com toda a frontalidade, porque o O.Caldas ( bolivianos ou colombianos, não fixei) nada fez para discutir a partida.
 

posted by FNV on 1:06 da tarde # (0) comments

IMPRESSÕES DE CAMPANHA: De um psi, logo exageradas já se vê.

Jerónimo: acerto de casting. Carvalhas, sendo refém da linha dura, não se parecia com um duro, Jerónimo sim. Bate a bota com a perdigota, o que permitirá ao eleitorado comunista uma mais fácil identificação entre o que é e o que parece.

Santana: penso que a campanha vai lhe correr bem, pior é impossível. Por outro lado tem uma vantagem apreciável: os inimigos internos, que estiveram muito activos durante estes meses, estão agora numa posição desconfortável uma vez que estamos em campanha. Explicando melhor: os inimigos internos acertaram-lhe cómodamente, até agora, com críticas a políticas, projectos-lei, nomeações e trapalhadas; agora o alvo desapareceu. O reino das promessas é imaterial.

Portas: inesperadamente, portou-se até agora um pouco como a personagem central do Pauis de Gide: o que serenamente escreve o livro dos loucos. Tem cada vez menos cabelo, o que só o favorece junto do eleitorado mais velho.

Sócrates: pegam com ele porque vai ao ginásio, que "parece um ex -modelo" e outras parvoíces. Num país de barrigudos, flácidos, asténicos e falsos pícnicos, parece que é crime ter bom aspecto: nunca percebi porque é que se somos analfabetos ao menos não investimos no corpinho. Sócrates não vai mais para o ginásio porque vai para o governo, mas não estranhará a mudança: em ambos os poisos se trata mais da aparência do que o do essencial.

Bloco: Tem tudo para subir, agrada a (quase ) todos. Há o asceta Louçã, o flanneur Portas, o avô Rosas, a sussurrante Drago. É assim como que o Mac Donald's: para quem só come disso tem múltiplas combinações à escolha e os meninos mimados até lá podem fazer festas de anos.

Os Cromos: Vamos ver se Garcia Pereira ainda tem gás e se os atlânticos e os da "Terra" ainda mexem. O circo está animado com a chegada de uma "nova" figurante "democrata": a mulher peluda nunca pode faltar.
 

posted by FNV on 11:48 da manhã # (2) comments


This site is powered by Blogger because Blogger rocks!



Mar de opinioes, ideias e comentarios. Para marinheiros e estivadores, sereias e outras musas, tubaroes e demais peixe graudo, carapaus de corrida e todos os errantes navegantes.

Velhos lobos do mar

Tripulação
Filipe Nunes Vicente (FNV)
Nuno Mota Pinto (NMP)
Vasco Lobo Xavier (VLX)
Ze Pedro Dordio (Neptuno)

Mensagens SOS
lobosdomar2 at gmail.com

Subscribe in a reader

Vagas de Fundo
35 mm
A a Z (Nuno Judice)
A Bordo
A Destreza das Dúvidas
A Espuma dos Dias
A Invencao de Morel
A Mesa de Cafe
A Montanha Magica
A Natureza do Mal
A Origem das Especies
A Terceira Noite
A Voz do Deficiente
Aba de Heisenberg
Actual
Adufe
Aforismos e Afins
Albergue Espanhol
Alexandre Soares Silva
Almanaque Republicano
Almocreve das Petas
Amor e Ocio
Angulo Morto
Aurea Mediocritas
Azul Cobalto
Babugem
Bandeira ao Vento
Beco das Imagens
Bem pelo Contrario
Bibliotecario de Babel
...bl-g- -x-st-
Bloguitica
Blogues - Parlamento
Bombyx-mori
Camara Corporativa
Camara de Comuns
Campo de Afectos
Carreira da India
Casa em Construcao
Casmurro
Choque de Geracoes
Citador
Cocanha
Companhia de Mocambique
Complexidade e Contradicao
Conta Natura
Contrafactos
Contra Indicado
Corta Fitas
Critico Musical
Daily Make-Up
Da Literatura
Delito de Opiniao
Defender o Quadrado
Der Terrorist
Dias Felizes
DOTeCOMe
Educacao Sentimental
Escrito a Lapis
Esplanar
Esquina do Rio
Essencial ou Acessorio
Estado Civil
Estado do Sitio
Estudos sobre o Comunismo
Estrangeirados
Eternuridade
Foram-se os Aneis/Os Dedos
Futuro Presente
G. Civil Espanhola
Gavea
Gloria Facil
hARDbLOG
Hipatia
Hole Horror
Hotel Sossego
Ilhas
Humanae Litterae
Imprensa Internacional
Industrias Culturais
Intima Fraccao
Janela para o Rio
Jansenista
Joel Neto
Klepsydra
Lampada Magica
Lei Seca
Leitura Partilhada
letraminuscula
LER (Revista)
Margens de Erro
Mas certamente que sim!
Ma-Schamba
Mau Tempo no Canil
Medico Explica
Mel com Cicuta
Melancomico
Memoria Inventada
Memoria Virtual
Metablog
Minha Rica Casinha
Miniscente
Miss Pearls
Modus Vivendi
Mostarda
Nariz de Ferro
Na Trilha de Moebius
No Arame
Nonio
O Ceu sobre Lisboa
O Jardim Asssombrado
O Mocho
O Pulo do Gato
O Sinico
O Regresso a Veneza
O Valor das Ideias
Oficina das Ideias
Passado/Presente
Pastoral Portuguesa
Pastilhas
Periferica
Pobre e Mal Agradecido
Portugal Contemporaneo
Portugal dos Pequeninos
Prazer Inculto
Professorices
Prosa Solta
Quadratura do Circulo
Quase em Portugues
Quase Famosos
Quatro Caminhos
Quezia
A Reforma da Justica
Renas e Veados
Respirar o mesmo Ar
Respublica
Retorica e Persuasao
Retorta
Rocketboom
Roma Antiga
Rua da Castela
Rua da Judiaria
Senhor Palomar
Sentidos da Vida
Seta Despedida
Sete Sombras
Sitio dos Haikais
Sobre o tempo que passa
Sociedade Harmonia
Solvstag
Sopa de Pedra
Sound+Vision
SOS Racismo
Spectrum
Suction with Valchek
Sulmoura
Sushi Leblon
Tempo Dual
Terra da Alegria
Textos de Contracapa 2
Tomara que caia
Torreao Sul
True Lies
Turing Machine
Um blog sobre Kleist
Uniao de Facto
Universos Desfeitos
Vida Breve
Vitriolica webb's ite
Xupacabras
White Rabbit

O bom bordo
A Arte da Fuga
A Causa foi Modificada
ABC do PPM
Abrupto
Acho eu
Almariado
Azimutes
Blasfemias
Blogue dos Marretas
Blue Lounge
Bomba Inteligente
Caminhos Errantes
Causa Liberal
Contra a Corrente
Desesperada Esperanca
Esmaltes e Joias
Fumacas
Gattopardo
Gato do Cheshire
Homem a Dias
Impertinencias
Loja do Queijo Limiano
Nem Tanto ao Mar...
Nortadas
Notas Soltas
O Cachimbo de Magritte
O Insubmisso
O Insurgente
O Sitio (JP Coutinho)
Observador
4R - Quarta Republica
Republicas Mortas
Sexta Coluna
Traducao Simultanea
Tomar Partido
31 da Armada
Vasco Campilho
Virtualidades
Vox Pop (Paulo Gorjao)
Voz do Deserto

O outro bordo
2+2=5
A Barbearia do Sr. Luis
Abrangente
Anti-Direita Portuguesa
Arquivo (Pedro Adao e Silva)
Arrastao
Aspirina B
Avatares de Desejo
Avesso do Avesso
Bicho Carpinteiro
Blogo Social Portugues
Causa Nossa
Cinco Dias
Cobra Cuspideira
Descredito
Ex-Ivan Nunes
French kissin'
Forum Cidade
Grao de Areia
Hoje ha Conquilhas...
Independencias
Irmao Lucia
Irreflexoes
Jugular
Ladroes de Bicicletas
Laranja Amarga
Linha de Conta
O Amigo do Povo
O Canhoto
O Tempo das Cerejas
Os Tempos que Correm
Pais Relativo
Palavra Aberta
Peao
Puxa Palavra
Tempo dos Assassinos
Zero de Conduta

Boa Onda
100nada
7000 Nomes
3 Tesas
A Espada Relativa
A Origem do Amor
A Tasca
A Toca do Gato
Abobada Palatina
Abutres
Albergue dos Danados
Alcagoita
Alfacinha
Amicus Ficaria
Anarca Constipado
Ardazorelhas
Armada Invisivel
Azul Limao
Balta-zar
Bazonga da Kilumba
Beatas
Big-head Motel
Blog Sem Nome
Blogame Mucho
Blogotinha
Blogue dos Putos
Cao de Guarda
Carta de Amor
Cerco do Porto
Chaparro
Chapeleiro Louco
Cheiro a Torradas
Cibertulia
Cimbalino
Conversa na Travessa
Conversas de Cafe
Controversa Maresia
Cronicas Matinais
Daedalus
Desblogueador de Conversa
Desejo Casar
Dias que Voam
El Coronel
Elogio da Ginja
Epicurtas
Ernesto Cadaval
Exacto
Flores do Campo
Forcas de Blogueio
Gabardina
Gato Fedorento
Grupo do Pato
Hora Absurda
Impensavel
Internet para Domesticas
Intimista
Irmao Lucia
Lapis de Cor
Lapis de Minas
Linha de Cabotagem
Lobi do Cha
Loira Gasta
Mais coisa menos coisa
Maizumpomonte
Manos Metralha
Maus Figados
Meia Livraria
Minimalismo
Ministerio do Bom Senso
Misterio
Morte aos Feios
Mostrengos
Mulheres e Deusas
My Moleskine
Niilista Optimista
No Parapeito
Nucleo Duro
O Anacleto
O Bisturi
O Carimbo
O Jumento
O Piolho da Solum
O Proletario Vermelho
O Velho da Montanha
O Vilacondense
Ocidental Praia
Office Lounging
Opinion Desmaker
Os Outros de Nos
Outro lado da Lua
Papoila
Pirilampo Magico
Planeta-Reboque
Ponto e Virgula
Rata Maluka
Revisao da Materia
Sabor a Sal
Santa Ignorancia
Sebenta
Sem Penis nem Inveja
Sem querer penso
Ser Portugues (ter que)
Sexo dos Anjos
Silhuetas
Sociedade Anonima
Substrato
The Amazing Trout Blog
The Dying Animal
The Galarzas
The Ultimate Bitaite
Torneiras de Freud
Tragico-Come(r)dia
Trenguices
Tudo menos Politica
Um pouco mais de Sul
Umbigo
Undisclosed-Recipient
Vamos Lixar Tudo
Vela Latina
Womenage a Trois
Xobineski Patruska
XX-XY

Especialistas
A forma do Jazz
Agenda Diplomatica
Arqueoblogo
Arquitectices
Arquivos do Cinefilo
Antonio Reis
Blog de Publicidade
Bola Verde
Caderneta da Bola
Causidicus
Clube de Fas do Jose Cid
Cum grano salis
Dicionario Diplomatico
Direito e Economia
Direitos
Empreender
Epiderme (Arquitectura)
Futeblog Total
Futebol Mesmo
Incursoes
Intervencoes Sonoras
Lifecooler (Turismo)
Maes (e pais tambem)
Maritimo
Megafone (Futebol)
Metablogue
Naufragium
Nietzsche e Schopenhauer
Noite Escura (Musica)
Notas Formais
Notas Verbais
O Cozinheiro
O Gang (Arquitectura)
Pardalitos do Choupal
O Portista
O Projecto (Arquitectura)
Ondas (Surf)
Respirar o mesmo ar
Sangue Leonino
Sempre Briosa
Sex in Lisbon
Simplesmente Briosa
Socio(B)logue 2.0
Teatro no Ar
Terceiro Anel
The Serendipitous Cacophonies
Toiradas
Upgrade
Ultimatos
Venda-se (Economia)
Via Rapida (Musica)
Vidro Azul (RUC)

Bussolas
Bloco de Notas
Blog Clipping
Blogo
Blogolicos Anonimos
Blogueio
Jornalismo e Comunicacao
Ponto Media
PTBloggers
Technorati Beta
Weblog em Portugal

Pessoal da Estiva
A Cagada
A Minha Pilinha
Adoro Mulheres
Merdas do Costume
O Meu Pipi
O Periodo
O Pipi vai nu
Penis Desorientado

Armada Invencivel
Uniao Blogues Livres

Homens ao Mar
A Mao Invisivel
A Praia
A Saga do Povo Portugues
ABsurdo
Aquele Outro
Aqui nao ha Poeta
Aviz
Barnabe
Blogo vos vejo
Blog de Esquerda (I)
Blog de Esquerda (II)
Bloguitica Internacional
Bloguitica Nacional
BZR
Caminhante
Catalaxia
Cidadao Livre
Coluna Infame
Comprometido Espectador
Conta Corrente
Criticar os Blogues
Cristovao de Moura
Cruzes Canhoto
De Direita
De Esquerda
Descobrimentos
Dicionario do Diabo
E a Cultura, Estupido
Einstein
Espigas ao Vento
Espigas ao Vento (II)
Estudos sobre o Comunismo (I)
Extravaganza-2003
Flor de Obsessao
Farpas
Fora do Mundo
French kissin'
Freira Dadaista
Heterodoxias
Intelligo
Janela Indiscreta
Jaquinzinhos
Latinista Ilustre
Lerias
Liberdade de Expressao
Linhas Tortas
Lista de Blogs
Macjete
Mata Mouros
Mephistofeles
Meridiano
Xanelcinco
Mukankala
Murmurios do Silencio
Nacional Porreirismo
Nao esperem nada de mim
No Quinto dos Imperios
O Complot
O Espectro
O Estado das Coisas
O Franco Atirador
O Maranhao
O Sinedrio
Outro, eu
Pais Relativo
Palavrar
Pano para mangas
Pela Santa Liberdade
Portugal e Arredores
Posto de Escuta
Pula Pulga
Quarta Vaga
Ref. Azul Electrico
Replicar
Revista Atlantico
Ruim
Socio(B)logue
Terras do Nunca
Thomaz vs. Cunhal
Tugir
Valete Fratres
Vendedora Peganhenta
Via da Verdade
Vitamina C
What do you represent
Whisky2000

Translate
Traducao

Arquivo
05/04/2003 - 05/11/2003 05/11/2003 - 05/18/2003 05/18/2003 - 05/25/2003 05/25/2003 - 06/01/2003 06/01/2003 - 06/08/2003 06/08/2003 - 06/15/2003 06/15/2003 - 06/22/2003 06/22/2003 - 06/29/2003 06/29/2003 - 07/06/2003 07/06/2003 - 07/13/2003 07/13/2003 - 07/20/2003 07/20/2003 - 07/27/2003 07/27/2003 - 08/03/2003 08/03/2003 - 08/10/2003 08/10/2003 - 08/17/2003 08/17/2003 - 08/24/2003 08/24/2003 - 08/31/2003 08/31/2003 - 09/07/2003 09/07/2003 - 09/14/2003 09/14/2003 - 09/21/2003 09/21/2003 - 09/28/2003 09/28/2003 - 10/05/2003 10/05/2003 - 10/12/2003 10/12/2003 - 10/19/2003 10/19/2003 - 10/26/2003 10/26/2003 - 11/02/2003 11/02/2003 - 11/09/2003 11/09/2003 - 11/16/2003 11/16/2003 - 11/23/2003 11/23/2003 - 11/30/2003 11/30/2003 - 12/07/2003 12/07/2003 - 12/14/2003 12/14/2003 - 12/21/2003 12/21/2003 - 12/28/2003 12/28/2003 - 01/04/2004 01/04/2004 - 01/11/2004 01/11/2004 - 01/18/2004 01/18/2004 - 01/25/2004 01/25/2004 - 02/01/2004 02/01/2004 - 02/08/2004 02/08/2004 - 02/15/2004 02/15/2004 - 02/22/2004 02/22/2004 - 02/29/2004 02/29/2004 - 03/07/2004 03/07/2004 - 03/14/2004 03/14/2004 - 03/21/2004 03/21/2004 - 03/28/2004 03/28/2004 - 04/04/2004 04/04/2004 - 04/11/2004 04/11/2004 - 04/18/2004 04/18/2004 - 04/25/2004 04/25/2004 - 05/02/2004 05/02/2004 - 05/09/2004 05/09/2004 - 05/16/2004 05/16/2004 - 05/23/2004 05/23/2004 - 05/30/2004 05/30/2004 - 06/06/2004 06/06/2004 - 06/13/2004 06/13/2004 - 06/20/2004 06/20/2004 - 06/27/2004 06/27/2004 - 07/04/2004 07/04/2004 - 07/11/2004 07/11/2004 - 07/18/2004 07/18/2004 - 07/25/2004 07/25/2004 - 08/01/2004 08/01/2004 - 08/08/2004 08/08/2004 - 08/15/2004 08/15/2004 - 08/22/2004 08/22/2004 - 08/29/2004 08/29/2004 - 09/05/2004 09/05/2004 - 09/12/2004 09/12/2004 - 09/19/2004 09/19/2004 - 09/26/2004 09/26/2004 - 10/03/2004 10/03/2004 - 10/10/2004 10/10/2004 - 10/17/2004 10/17/2004 - 10/24/2004 10/24/2004 - 10/31/2004 10/31/2004 - 11/07/2004 11/07/2004 - 11/14/2004 11/14/2004 - 11/21/2004 11/21/2004 - 11/28/2004 11/28/2004 - 12/05/2004 12/05/2004 - 12/12/2004 12/12/2004 - 12/19/2004 12/19/2004 - 12/26/2004 12/26/2004 - 01/02/2005 01/02/2005 - 01/09/2005 01/09/2005 - 01/16/2005 01/16/2005 - 01/23/2005 01/23/2005 - 01/30/2005 01/30/2005 - 02/06/2005 02/06/2005 - 02/13/2005 02/13/2005 - 02/20/2005 02/20/2005 - 02/27/2005 02/27/2005 - 03/06/2005 03/06/2005 - 03/13/2005 03/13/2005 - 03/20/2005 03/20/2005 - 03/27/2005 03/27/2005 - 04/03/2005 04/03/2005 - 04/10/2005 04/10/2005 - 04/17/2005 04/17/2005 - 04/24/2005 04/24/2005 - 05/01/2005 05/01/2005 - 05/08/2005 05/08/2005 - 05/15/2005 05/15/2005 - 05/22/2005 05/22/2005 - 05/29/2005 05/29/2005 - 06/05/2005 06/05/2005 - 06/12/2005 06/12/2005 - 06/19/2005 06/19/2005 - 06/26/2005 06/26/2005 - 07/03/2005 07/03/2005 - 07/10/2005 07/10/2005 - 07/17/2005 07/17/2005 - 07/24/2005 07/24/2005 - 07/31/2005 07/31/2005 - 08/07/2005 08/07/2005 - 08/14/2005 08/14/2005 - 08/21/2005 08/21/2005 - 08/28/2005 08/28/2005 - 09/04/2005 09/04/2005 - 09/11/2005 09/11/2005 - 09/18/2005 09/18/2005 - 09/25/2005 09/25/2005 - 10/02/2005 10/02/2005 - 10/09/2005 10/09/2005 - 10/16/2005 10/16/2005 - 10/23/2005 10/23/2005 - 10/30/2005 10/30/2005 - 11/06/2005 11/06/2005 - 11/13/2005 11/13/2005 - 11/20/2005 11/20/2005 - 11/27/2005 11/27/2005 - 12/04/2005 12/04/2005 - 12/11/2005 12/11/2005 - 12/18/2005 12/18/2005 - 12/25/2005 12/25/2005 - 01/01/2006 01/01/2006 - 01/08/2006 01/08/2006 - 01/15/2006 01/15/2006 - 01/22/2006 01/22/2006 - 01/29/2006 01/29/2006 - 02/05/2006 02/05/2006 - 02/12/2006 02/12/2006 - 02/19/2006 02/19/2006 - 02/26/2006 02/26/2006 - 03/05/2006 03/05/2006 - 03/12/2006 03/12/2006 - 03/19/2006 03/19/2006 - 03/26/2006 03/26/2006 - 04/02/2006 04/02/2006 - 04/09/2006 04/09/2006 - 04/16/2006 04/16/2006 - 04/23/2006 04/23/2006 - 04/30/2006 04/30/2006 - 05/07/2006 05/07/2006 - 05/14/2006 05/14/2006 - 05/21/2006 05/21/2006 - 05/28/2006 05/28/2006 - 06/04/2006 06/04/2006 - 06/11/2006 06/11/2006 - 06/18/2006 06/18/2006 - 06/25/2006 06/25/2006 - 07/02/2006 07/02/2006 - 07/09/2006 07/09/2006 - 07/16/2006 07/16/2006 - 07/23/2006 07/23/2006 - 07/30/2006 07/30/2006 - 08/06/2006 08/06/2006 - 08/13/2006 08/13/2006 - 08/20/2006 08/20/2006 - 08/27/2006 08/27/2006 - 09/03/2006 09/03/2006 - 09/10/2006 09/10/2006 - 09/17/2006 09/17/2006 - 09/24/2006 09/24/2006 - 10/01/2006 10/01/2006 - 10/08/2006 10/08/2006 - 10/15/2006 10/15/2006 - 10/22/2006 10/22/2006 - 10/29/2006 10/29/2006 - 11/05/2006 11/05/2006 - 11/12/2006 11/12/2006 - 11/19/2006 11/19/2006 - 11/26/2006 11/26/2006 - 12/03/2006 12/03/2006 - 12/10/2006 12/10/2006 - 12/17/2006 12/17/2006 - 12/24/2006 12/24/2006 - 12/31/2006 12/31/2006 - 01/07/2007 01/07/2007 - 01/14/2007 01/14/2007 - 01/21/2007 01/21/2007 - 01/28/2007 01/28/2007 - 02/04/2007 02/04/2007 - 02/11/2007 02/11/2007 - 02/18/2007 02/18/2007 - 02/25/2007 02/25/2007 - 03/04/2007 03/04/2007 - 03/11/2007 03/11/2007 - 03/18/2007 03/18/2007 - 03/25/2007 03/25/2007 - 04/01/2007 04/01/2007 - 04/08/2007 04/08/2007 - 04/15/2007 04/15/2007 - 04/22/2007 04/22/2007 - 04/29/2007 04/29/2007 - 05/06/2007 05/06/2007 - 05/13/2007 05/13/2007 - 05/20/2007 05/20/2007 - 05/27/2007 05/27/2007 - 06/03/2007 06/03/2007 - 06/10/2007 06/10/2007 - 06/17/2007 06/17/2007 - 06/24/2007 06/24/2007 - 07/01/2007 07/01/2007 - 07/08/2007 07/08/2007 - 07/15/2007 07/15/2007 - 07/22/2007 07/22/2007 - 07/29/2007 07/29/2007 - 08/05/2007 08/05/2007 - 08/12/2007 08/12/2007 - 08/19/2007 08/19/2007 - 08/26/2007 08/26/2007 - 09/02/2007 09/02/2007 - 09/09/2007 09/09/2007 - 09/16/2007 09/16/2007 - 09/23/2007 09/23/2007 - 09/30/2007 09/30/2007 - 10/07/2007 10/07/2007 - 10/14/2007 10/14/2007 - 10/21/2007 10/21/2007 - 10/28/2007 10/28/2007 - 11/04/2007 11/04/2007 - 11/11/2007 11/11/2007 - 11/18/2007 11/18/2007 - 11/25/2007 11/25/2007 - 12/02/2007 12/02/2007 - 12/09/2007 12/09/2007 - 12/16/2007 12/16/2007 - 12/23/2007 12/23/2007 - 12/30/2007 12/30/2007 - 01/06/2008 01/06/2008 - 01/13/2008 01/13/2008 - 01/20/2008 01/20/2008 - 01/27/2008 01/27/2008 - 02/03/2008 02/03/2008 - 02/10/2008 02/10/2008 - 02/17/2008 02/17/2008 - 02/24/2008 02/24/2008 - 03/02/2008 03/02/2008 - 03/09/2008 03/09/2008 - 03/16/2008 03/16/2008 - 03/23/2008 03/23/2008 - 03/30/2008 03/30/2008 - 04/06/2008 04/06/2008 - 04/13/2008 04/13/2008 - 04/20/2008 04/20/2008 - 04/27/2008 04/27/2008 - 05/04/2008 05/04/2008 - 05/11/2008 05/11/2008 - 05/18/2008 05/18/2008 - 05/25/2008 05/25/2008 - 06/01/2008 06/01/2008 - 06/08/2008 06/08/2008 - 06/15/2008 06/15/2008 - 06/22/2008 06/22/2008 - 06/29/2008 06/29/2008 - 07/06/2008 07/06/2008 - 07/13/2008 07/13/2008 - 07/20/2008 07/20/2008 - 07/27/2008 07/27/2008 - 08/03/2008 08/17/2008 - 08/24/2008 08/24/2008 - 08/31/2008 08/31/2008 - 09/07/2008 09/07/2008 - 09/14/2008 09/14/2008 - 09/21/2008 09/21/2008 - 09/28/2008 09/28/2008 - 10/05/2008 10/05/2008 - 10/12/2008 10/12/2008 - 10/19/2008 10/19/2008 - 10/26/2008 10/26/2008 - 11/02/2008 11/02/2008 - 11/09/2008 11/09/2008 - 11/16/2008 11/16/2008 - 11/23/2008 11/23/2008 - 11/30/2008 11/30/2008 - 12/07/2008 12/07/2008 - 12/14/2008 12/14/2008 - 12/21/2008 12/21/2008 - 12/28/2008 12/28/2008 - 01/04/2009 01/04/2009 - 01/11/2009 01/11/2009 - 01/18/2009 01/18/2009 - 01/25/2009 01/25/2009 - 02/01/2009 02/01/2009 - 02/08/2009 02/08/2009 - 02/15/2009 02/15/2009 - 02/22/2009 02/22/2009 - 03/01/2009 03/01/2009 - 03/08/2009 03/08/2009 - 03/15/2009 03/15/2009 - 03/22/2009 03/22/2009 - 03/29/2009 03/29/2009 - 04/05/2009 04/05/2009 - 04/12/2009 04/12/2009 - 04/19/2009 04/19/2009 - 04/26/2009 04/26/2009 - 05/03/2009 05/03/2009 - 05/10/2009 05/10/2009 - 05/17/2009 05/17/2009 - 05/24/2009 05/24/2009 - 05/31/2009 05/31/2009 - 06/07/2009 06/07/2009 - 06/14/2009 06/14/2009 - 06/21/2009 06/21/2009 - 06/28/2009 06/28/2009 - 07/05/2009 07/05/2009 - 07/12/2009 07/12/2009 - 07/19/2009 07/19/2009 - 07/26/2009 07/26/2009 - 08/02/2009 08/02/2009 - 08/09/2009 08/09/2009 - 08/16/2009 08/16/2009 - 08/23/2009 08/23/2009 - 08/30/2009 08/30/2009 - 09/06/2009 09/06/2009 - 09/13/2009 09/13/2009 - 09/20/2009 09/20/2009 - 09/27/2009 09/27/2009 - 10/04/2009 10/04/2009 - 10/11/2009 10/11/2009 - 10/18/2009 10/18/2009 - 10/25/2009 10/25/2009 - 11/01/2009 11/01/2009 - 11/08/2009 11/08/2009 - 11/15/2009 11/15/2009 - 11/22/2009 11/22/2009 - 11/29/2009 11/29/2009 - 12/06/2009 12/06/2009 - 12/13/2009 12/13/2009 - 12/20/2009 12/20/2009 - 12/27/2009 12/27/2009 - 01/03/2010 01/03/2010 - 01/10/2010 01/10/2010 - 01/17/2010 01/17/2010 - 01/24/2010 01/24/2010 - 01/31/2010 01/31/2010 - 02/07/2010 02/07/2010 - 02/14/2010 02/14/2010 - 02/21/2010 02/21/2010 - 02/28/2010 02/28/2010 - 03/07/2010 03/07/2010 - 03/14/2010 03/14/2010 - 03/21/2010 03/21/2010 - 03/28/2010 03/28/2010 - 04/04/2010 04/04/2010 - 04/11/2010 04/11/2010 - 04/18/2010 04/18/2010 - 04/25/2010 04/25/2010 - 05/02/2010 05/02/2010 - 05/09/2010 05/09/2010 - 05/16/2010 05/16/2010 - 05/23/2010 05/23/2010 - 05/30/2010 05/30/2010 - 06/06/2010 06/06/2010 - 06/13/2010 06/13/2010 - 06/20/2010 06/20/2010 - 06/27/2010 06/27/2010 - 07/04/2010 07/18/2010 - 07/25/2010 07/25/2010 - 08/01/2010 08/01/2010 - 08/08/2010 08/08/2010 - 08/15/2010 08/15/2010 - 08/22/2010 08/22/2010 - 08/29/2010 08/29/2010 - 09/05/2010 09/05/2010 - 09/12/2010 09/12/2010 - 09/19/2010 09/19/2010 - 09/26/2010 09/26/2010 - 10/03/2010 10/03/2010 - 10/10/2010 10/10/2010 - 10/17/2010 10/17/2010 - 10/24/2010 10/24/2010 - 10/31/2010 10/31/2010 - 11/07/2010 11/07/2010 - 11/14/2010 11/14/2010 - 11/21/2010 11/21/2010 - 11/28/2010 11/28/2010 - 12/05/2010 12/05/2010 - 12/12/2010 12/12/2010 - 12/19/2010 12/19/2010 - 12/26/2010 12/26/2010 - 01/02/2011 01/02/2011 - 01/09/2011 01/09/2011 - 01/16/2011 01/16/2011 - 01/23/2011 01/23/2011 - 01/30/2011 01/30/2011 - 02/06/2011 02/06/2011 - 02/13/2011 02/13/2011 - 02/20/2011 02/20/2011 - 02/27/2011 02/27/2011 - 03/06/2011 03/06/2011 - 03/13/2011 03/13/2011 - 03/20/2011 03/20/2011 - 03/27/2011 03/27/2011 - 04/03/2011 04/03/2011 - 04/10/2011 04/10/2011 - 04/17/2011 04/17/2011 - 04/24/2011 04/24/2011 - 05/01/2011 05/01/2011 - 05/08/2011 05/08/2011 - 05/15/2011 05/15/2011 - 05/22/2011 05/22/2011 - 05/29/2011 05/29/2011 - 06/05/2011 06/05/2011 - 06/12/2011 06/12/2011 - 06/19/2011 06/19/2011 - 06/26/2011 06/26/2011 - 07/03/2011 07/03/2011 - 07/10/2011 07/10/2011 - 07/17/2011 07/17/2011 - 07/24/2011 08/07/2011 - 08/14/2011 08/21/2011 - 08/28/2011 10/09/2011 - 10/16/2011 10/23/2011 - 10/30/2011 11/06/2011 - 11/13/2011 11/27/2011 - 12/04/2011 12/11/2011 - 12/18/2011 12/18/2011 - 12/25/2011 01/08/2012 - 01/15/2012 02/05/2012 - 02/12/2012 02/26/2012 - 03/04/2012