Mar Salgado

sábado, janeiro 27:

COISAS QUE CONTADAS NÃO SE ACREDITA: Segundo nos explica a impagável TSF, "FCPorto perde e fica à mercê dos perseguidores".

 

posted by PC on 9:47 da manhã # (4) comments

sexta-feira, janeiro 26:

O DIÁRIO DO LEOPARDO (XII): Os directores do SLBenfica fazem o papel de scavengers na savana futebolística. Mas são inteligentes: primeiro dedicaram-se a desmontar os jogadores sãos que contrataram ( Rui Costa, Manuel Fernades, Miccoli), agora dedicam-se a pesquisar no mercado atletas que vêm com um kit de instruções para montar: Klasnik ( transplante renal), Derlei ( um joelho em obras há mais de um ano) e sabe-se lá mais quem. Engenheiros...
 

posted by FNV on 12:20 da tarde # (6) comments

quinta-feira, janeiro 25:

A MENINA DANÇA? TEM PAR OU DESCANSA?

Fred Astaire e Eleanor Powell em Broadway Melody - 1940. Narrado e apresentado por Frank Sinatra.
 

posted by NMP on 11:44 da tarde # (0) comments

O DIÁRIO DO LEOPARDO (XI): Sabia-o Gil Vicente, uma hiena de polido e religioso trato, no "Auto da História de Deus": O bem que é mudável não pode ser bem / mas mal, pois é causa de tanta tristura. Pode bem ser a estátua da Porca, na qual a gente sente o nome. Ou querer acelerar o filme, engolir o fim, saber de como tudo acaba. E acaba.
Não mudar, ficar entre os freixos e os amieiros, nas margens do Tinhela. Se eu ficar quieto, hás-de passar, em desentocada mangona, ao meu alcance. Quando perceberes, o antes veio depois.
 

posted by FNV on 9:13 da tarde # (0) comments

TAUTOLOGIA SOCRÁTICA: O governo não tem rabos de palha e o partido não tem rabos de palha. Logo, nova legislação contra a corrupção é uma asneira.
 

posted by Neptuno on 6:57 da tarde # (0) comments

O VOTO DO LEOPARDO: Já deparei com a possibilidade de concordar com um aborto terapêutico. É certo que a lei existente prevê essa possibilidade, mas, no meu/nosso caso, a criança não estava condenada a uma morte certa: os pais é que estavam condenados a um sofrimento repetido e certo. Como sou incapaz de julgar a quantidade de desespero que os outros carregam, e porque já estive disposto a aliviar o meu, votarei "Sim". Desculparão a singeleza da justificação, mas é o que há: nestas coisas de " consciência " já basta o peso da minha.
 

posted by FNV on 11:37 da manhã # (3) comments

quarta-feira, janeiro 24:

ABORTO: Tenho a maior das reservas em escrever sobre este tema, uma vez que considero que o sentido de voto no próximo referendo é uma questão do foro íntimo de cada um, não me revendo em debates ou movimentos (partidários ou outros) de defesa de uma posição ou outra. Tomando como certo que, em abstracto, ninguém é a favor do aborto, penso que o ponto essencial da minha decisão passa pela certeza - ou incerteza - da existência ou não de uma vida humana às dez semanas. Por outras palavras, penso que a limitação temporal do direito da mulher ao livre aborto deverá ter como fronteira a certeza da não eliminação sumária de uma vida humana. Espero colher toda a informação científica que me seja possível até ao dia do voto.
 

posted by Neptuno on 10:32 da tarde # (3) comments

GRANDES MOMENTOS DA 7ª ARTE
 

posted by NMP on 5:24 da tarde # (3) comments

A NOVELA "RUTE MONTEIRO" continua. Agora com imagens (ver aqui). Aguardemos ansiosos por novos desenvolvimentos e esclarecimentos.
 

posted by NMP on 3:18 da tarde # (0) comments

O DIÁRIO DO LEOPARDO (X): Levinas, um jaguar rarefeito, acerta em cheio: "uma necessidade dilacerada é o desespero de uma morte que não sobrevém ". A tese é a inadequação da satisfação à necessidade, provavelmente demasiado humana. Só quando o homem se aproxima da besta é que a necessidade iguala a satisfação. Nós, os leopardos, não distinguimos uma coisa da outra.
 

posted by FNV on 11:37 da manhã # (0) comments

terça-feira, janeiro 23:

UM GÉNIO REINVENTADO: Devido à distância, só agora tomei contacto com o novo trabalho do JP Simões, 1970. O título do disco refere-se ao ano do seu nascimento (que é também o meu). O JP é um dos melhores compositores de canções da minha geração, como os Belle Chase Hotel e o Quinteto Tati já mostravam e este álbum confirma plenamente.
Obcecado nos últimos anos pela obra do Chico Buarque, JP Simões recorre a uma sonoridade luso-brasileira que já se intua nalguns trabalhos anteriores. O tom é de um balanço de vida a meio da mesma. De uma vida passada entre o Brasil, Coimbra e Lisboa. Conheço-o de Coimbra desde os bancos da escola, essa cidade que, nas palavras dele, é fetichista, vive agarrada a fantasmas, para os mortos. Acompanhei-o depois esporadicamente em Lisboa e por onde a vida nos tem levado (infelizmente, para mim, menos vezes do que gostava).
Certo é que o JP Simões era, quando por lá andávamos (antes de irmos cada um para a sua vida) um dos maiores focos de vida, de criatividade e de inteligência. Ele e um certo grupo de gente que frequentava, mais ou menos regularmente, essa catedral da música que dava pelo nome de States (os que lá iam na segunda metade dos anos 80 sabem ao que me refiro). Numa cidade em que pouco havia para fazer, a música era uma espécie de refúgio. Sinal dos tempos e do progresso, o States é hoje um strip club.
O disco é intimista, algo auto-biográfico - o homem está mais tranquilo, pai babado. 1970 é dotado de letras e canções fabulosas - o JP Simões é infinitamente mais talentoso como compositor do que como intérprete (isto vale sobretudo para cantor em estúdio. Em palco a coisa pia mais fino - é um animal de palco, um entertainer).
É um disco surpreendente. Calmo, sereno. E pejado de ironia. Brincando com o conceito de geração - que ele equivale a solidão e diz referir-se a tudo aquilo que o gerou - o álbum tem um tom iconoclasta e provocador. É muito original e ousado - um disco com sonoridade brasileira cantado em português com sotaque deste lado do Atlântico. Quem acompanha o JP Simões dos tempos dos Belle Chase Hotel corre o risco de nem sempre se reconhecer neste novo registo. Mas essa capacidade infinita de se reinventar é uma das suas maiores qualidades.
O JP Simões é assim. Genial e um desassossego.

P.S. - Para novidades sobre as actividades do JP Simões podem ir aqui. E aqui está um poema dele que em tempos aqui publiquei e de que gosto bastante.
 

posted by NMP on 11:29 da tarde # (1) comments

AS RAZÕES DO MEU SIM*: A primeira coisa a evitar no referendo é a tentação de votar contra a campanha que mais nos irritou. Depois, há que ler a questão com atenção - se preciso for, várias vezes -, para termos bem presente aquilo em que estamos a votar.
No último referendo sobre a despenalização do aborto, abstive-me, por razões que expliquei aqui. Neste, vou votar sim, por razões que procurarei explicar a seguir. Agora como então, é uma simples reflexão pessoal, que não pretende convencer ninguém: tenho sempre muitas dúvidas, pouquíssimas certezas e engano-me mais vezes do que gostaria. Não me podia dar bem com o proselitismo. Enfim, é muito provável que tudo o que se diz aí abaixo já tenha sido escrito e reescrito.

1. Em primeiro lugar, estou consciente de que se trata de uma despenalização do aborto a pedido, como os do "Não" gostam de lhe chamar. Em rigor, é quase uma descriminalização do aborto até às 10 semanas. Só não o é, porque continuará a ser punido o aborto praticado contra a vontade da gestante. Casos que são, como é evidente, insignificantes no plano estatístico. Além disso, não me parece que possa continuar a ser punível o aborto até às 10 semanas, com o consentimento da mulher, realizado fora de estabelecimento de saúde público ou autorizado (p. ex., pela própria em sua casa). Punir esses casos redundaria numa simples protecção da saúde pública, ou da saúde da própria volente nolente - solução manifestamente absurda. A pergunta não devia, por isso, incluir a última parte: é uma opção de política de saúde que o Estado poderia legitimamente tomar, sem necessidade de a levar a referendo, caso venha a proceder à despenalização.

2. Em segundo lugar, não entendo a reacção escandalizada dos do "Sim" quando alguém afirma que uma mulher vai poder abortar, simplesmente, porque quer. É exactamente isso que sucederá - tal como hoje sucede. Não percebo por que razão se tem de ver em todas as mulheres que abortam uma situação dramática e uma alma despedaçada. Conheço vários casos de pessoas que usam o aborto, hoje, como método anticoncepcional mais ou menos regular, pelas razões mais variadas. Negar isto é uma atitude estranha.

3. Em terceiro lugar, não é verdade, como pretendem alguns do "Não", que os casos de permissão do aborto na lei actual sejam ainda factos ilícitos, meramente "não puníveis". Ao contrário, nas situações previstas na lei (indicações terapêutica, embriopática e criminal), a mulher tem um direito a abortar, porque a lei faz prevalecer o interesse que aí se protege sobre o interesse na vida intra-uterina.

4. Em quarto lugar, continuo a achar, como há 3 anos atrás, que a liberdade de decisão da gestante não é um interesse da mesma ordem dos que permitem hoje uma IVG lícita. Neste plano de ponderação de bens, creio que o feto continua a prevalecer.

5. A diferença é que se consolidou a minha opinião, já aflorada no fim do post de 2003, no que toca a inadequação da lei penal para proteger eficazmente o feto contra a vontade da gestante (do que tenho lido, creio que Miguel Abrantes, do Câmara Corporativa, é quem mais tem lembrado, e bem, este ponto), e as consequências nefastas que daí derivam.
Qualquer lei penal que tenha contra si cerca de metade da população (a votação pelos deputados é outro assunto) é uma lei que se destina a não ser aplicada convenientemente. A duvidosa vigência social da norma penal reflecte-se, como a experiência tem tornado claro, nos segmentos do sistema relevantes para a perseguição do aborto: nos operadores de justiça (daí as gigantescas cifras negras), nos jornalistas (daí a virtual inexistência de investigações jornalísticas destinadas a denunciar a prática do crime de aborto por A ou B, que contrasta flagrantemente com outro género de crimes que são, também eles, da esfera da intimidade), e nas pessoas que, regra geral, vêem na denúncia de crimes o cumprimento de um dever cívico.

6.A falta de um consenso social sólido sobre a dignidade penal do aborto nas primeiras semanas e as consequências que daí decorrem diferencia este crime de outros que também apresentam baixas taxas de notícia e esclarecimento. Não colhe o argumento de que, "por esse raciocínio", se devia descriminalizar, p. ex., a corrupção e o tráfico de estupefacientes. Nestes casos, a vigência social das normas é indiscutida, e a magreza de resultados deve-se apenas às dificuldades de investigação inerentes àquelas formas criminais. Vale a pena, portanto, continuar a procurar meios de investigação mais eficazes.
Em contrapartida, a investigação do aborto não é difícil, mas é altamente melindrosa e, portanto, é pouca a vontade de a levar a cabo: suponhamos que a repressão do aborto era levada a sério e que, perante a suspeita de que certa clínica o pratica clandestinamente, se ordenavam exames médico-legais às mulheres que nela foram atendidas durante determinado dia (como as autoridades alemãs chegaram a fazer em certo momento, através de controles fronteiriços, quando a lei holandesa era mais permissiva do que a sua). Muitas das que votarão "Não" protestariam, com razão, contra essa humilhação.

7. As consequências deste estado de coisas - isto é, da manutenção de uma norma penal com uma vigência social muito enfraquecida - são bastante negativas.
Por um lado, a "protecção" - meramente simbólica - do feto gera outros danos sociais importantes para a saúde pública.
Por outro lado, torna a aplicação da lei insuportavelmente desigual, elegendo um ou dois bodes expiatórios por ano, onde se concentram de novo as tensões sociais sobre o assunto. É nessa desigualdade comprovada, inevitável e insustentável que vejo a verdadeira injustiça. E é por isso que tenciono votar sim.

* (Act.): Vejo agora que o CAA tinha escrito um post sob o mesmo título. Foi um "plágio não intencional".

 

posted by PC on 3:03 da tarde # (12) comments

COLUNISTAS DO SIM EM CAMPANHA: Tem sido engraçado ver o aproveitamento que diversos colunistas fazem nas colunas nos jornais que lhes pagam para escrever para se dedicarem repetidamente à campanha pelo SIM. Ainda há dias era Vítor Dias. Fernanda Câncio e Joana Amaral Dias não falam de outra coisa, no DN; Daniel Oliveira, no Expresso, não passa uma semana que não deite a sua opinião; e Vital Moreira, no Público, vem hoje com mais uma tirada sobre o assunto, expondo as suas razões.

(ver resto em bloguedonão)
 

posted by VLX on 1:37 da tarde # (2) comments

O DIÁRIO DO LEOPARDO (IX): O leopardo gosta de sentir nos dentes a carne mole dos humanos a rasgar-se, os ossos brancos e perfeitos previamente esfregados com pasta dentífrica ( recomendação de Topor). A carne dos humanos - sobretudo se pios e devotos, como dizia o meu irmão de Rudraprayag - tem o inauferível sabor da injustiça. Obedecemos à lei do jardim das Hespérides: matar quem nos criou.
 

posted by FNV on 11:49 da manhã # (0) comments

GRANDES MOMENTOS DA 7ª ARTE
 

posted by NMP on 5:18 da manhã # (0) comments

NO MEIO DO NEVOEIRO, UM FAROL: O Tiago Mendes (que em tempos brilhou no Aforismos e Afins e na Mão Invisível) está de volta à blogosfera para gáudio dos seus seguidores mais atentos. Pena que seja por pouco tempo.
A medir pelas participações anteriores, o Logicamente, Sim será o local a demandar em busca de argumentos sólidos, mpoderados, pragmáticos, argutos e bem estruturados sobre o referendo ao aborto.
 

posted by NMP on 5:03 da manhã # (0) comments

O DIÁRIO DO LEOPARDO (VIII): Malraux ( "Les chênes qu'on abat ", 1971) recebe de De Gaulle a informação de que há um gato nos corredores da ONU que ninguém ousa perseguir: " Quand ces gens parlent de l'avenir du monde, il passe, pour remettre les choses à leur juste place ". Os leopardos não adoptam, não abortam a pedido nem têm filhos biológicos. Como não temos moral, matamos, copulamos, criamos e morremos, árvore acima, árvore abaixo. Quando passa um homem complicado, apanhamo-lo. Pour remettre les choses à leur juste place.
 

posted by FNV on 12:12 da manhã # (0) comments

segunda-feira, janeiro 22:

PARA QUEM FOR COMO S. TOMÉ: Um dos episódios mais pitorescos deste debate para o referendo é a tentativa de amordaçar quem seja pelo NÃO, promovida pelos do SIM. Alguns dos do NÃO não devem poder falar nem tomar posição, enquanto se considera naturalíssimo que a directora da ARS de Faro utilize os meios colocados à sua disposição pelos contribuintes e o seu poder (este conferido provavelmente pelos camaradas de partido) na angariação de assinaturas para o SIM. Os do NÃO também não podem falar dos custos (que horror!... falar de dinheiro! Brrr...). E mostrar imagens, então, os do SIM também não deixam (não vão as pessoas abrir os olhos e perceber realmente do que estão a tratar).

Eu acho que como há gente tola que imagina estar a falar de frangos e gente que só acredita vendo, deve-se mostrar às pessoas o que podem estar a permitir que se destrua apenas porque apetece. E isso pode ser feito aqui.
 

posted by VLX on 7:14 da tarde # (0) comments

COMUNICADO DA COMISSÃO POLÍTICA: "Pede-se a todos os camaradas que cessem imediatamente o envio de propostas de diplomas legislativos tendo em vista o combate à corrupção, uma vez que já não há mais cargos disponíveis na UE à disposição do partido. "
 

posted by Neptuno on 6:18 da tarde # (0) comments

O DIÁRIO DO LEOPARDO (VII): Existe uma outra dentada no segredo de justiça, ao que me dizem muito frequente, da qual eu espero vir a beneficiar se me quiserem penhorar a acácia: é aquele hábito de os executados saberem de antemão que os seus bens vão ser penhorados. Presumo que para esta maleita também não exista solução, pelo que não terei de pôr a árvore em nome das minhas crias. Esta selva é uma alegre aldeia.
Em França, a senhora Ségolène tratou o seu director de campanha como um garoto rabino e pô-lo de castigo durante um mês. Promete diversão a rodos, esta simpática suricata. Ainda em França, morreu o amigo dos homens "abade Pierre", tipo exagerado mas de vida cheia; riem as hienas.
E pronto, volto para o meu ramo.
 

posted by FNV on 11:57 da manhã # (3) comments

REPTO: Caro Stephens, só agora vi. Aceito o repto que me fez num comentário aí em baixo. Como deve imaginar, é uma enorme responsabilidade para mim, que pela seriedade do assunto me faz tremer pela primeira vez em três anos e pouco de bloguices. Peço-lhe apenas um pouco de paciência temporal. Afazeres profissionais, uma ida à capital na terça-feira para a apresentação do livro do bloguedonão ('gradecido por ter aparecido lá. Tirando eu, aquilo não está mal, pois não?) e outras vão ter-me muito ocupado esta semana, mas tentarei apresentar-lhe as minhas razões o mais rapidamente possível. Espero e quero convencê-lo do que está realmente em jogo. Depois disso, a sua decisão encontrar-se-á mais facilitada. Espero.
 

posted by VLX on 2:25 da manhã # (0) comments

PEQUENOS GRANDES LUXOS: Seguramente que não é preciso esperar pelo fim do mês para a grande maioria das pessoas se interrogar sobre para onde irá a maior parte do seu dinheiro. Quanto ao meu, eu sei. Não é para a casa, para os carros, televisões ou hi-fi. Não é com viagens, não é nas roupas, não é sequer - ao contrário do que alguns poderiam pensar - no fabuloso Sessenta. A maior parte vai para a educação dos que me sobreviverão.
Bem ou mal, melhor ou pior, gasto provavelmente mais por mês na educação privada deles do que gastaria durante toda a sua idade escolar no ensino público.
Se não o fizesse, provavelmente seria rico ou teria poupanças, ou teriam eles mais roupas das marcas para as quais começam a olhar. Mas eles, por seu turno, no ensino público, seriam alvo da inacreditável estupidez de um Ministério da Educação (o maior e mais genial monumento à imbecilidade que este país conseguiu produzir nos últimos trinta anos) que promove junto de crianças a partir dos onze anos um inquérito tão imbecil como só os maiores imbecis do supremo reino dos imbecis conseguiriam idealizar.
Eu não sei como é que os meus rapazes irão lidar com este sacrifício financeiro dos pais, se o irão aproveitar ou não, se vão tirar benefício dele ou não, se algum dia o irão compreender e agradecer ou não. Eu sei apenas que afastando-os da estupidez mentecapta do Ministério da Educação e dos inquéritos imbecis (estarei a repetir-me?...) a que sujeita as crianças das escolas públicas, estou a fazer-lhes bem e a protegê-los. Sabendo isto, sinto-me desde já compensado de todas as despesas e dou graças por as poder fazer e por tê-las escolhido como prioritárias.
 

posted by VLX on 2:12 da manhã # (0) comments

domingo, janeiro 21:

GRANDES MOMENTOS DA 7ª ARTE
 

posted by NMP on 5:47 da tarde # (0) comments


This site is powered by Blogger because Blogger rocks!



Mar de opinioes, ideias e comentarios. Para marinheiros e estivadores, sereias e outras musas, tubaroes e demais peixe graudo, carapaus de corrida e todos os errantes navegantes.

Velhos lobos do mar

Tripulação
Filipe Nunes Vicente (FNV)
Nuno Mota Pinto (NMP)
Vasco Lobo Xavier (VLX)
Ze Pedro Dordio (Neptuno)

Mensagens SOS
lobosdomar2 at gmail.com

Subscribe in a reader

Vagas de Fundo
35 mm
A a Z (Nuno Judice)
A Bordo
A Destreza das Dúvidas
A Espuma dos Dias
A Invencao de Morel
A Mesa de Cafe
A Montanha Magica
A Natureza do Mal
A Origem das Especies
A Terceira Noite
A Voz do Deficiente
Aba de Heisenberg
Actual
Adufe
Aforismos e Afins
Albergue Espanhol
Alexandre Soares Silva
Almanaque Republicano
Almocreve das Petas
Amor e Ocio
Angulo Morto
Aurea Mediocritas
Azul Cobalto
Babugem
Bandeira ao Vento
Beco das Imagens
Bem pelo Contrario
Bibliotecario de Babel
...bl-g- -x-st-
Bloguitica
Blogues - Parlamento
Bombyx-mori
Camara Corporativa
Camara de Comuns
Campo de Afectos
Carreira da India
Casa em Construcao
Casmurro
Choque de Geracoes
Citador
Cocanha
Companhia de Mocambique
Complexidade e Contradicao
Conta Natura
Contrafactos
Contra Indicado
Corta Fitas
Critico Musical
Daily Make-Up
Da Literatura
Delito de Opiniao
Defender o Quadrado
Der Terrorist
Dias Felizes
DOTeCOMe
Educacao Sentimental
Escrito a Lapis
Esplanar
Esquina do Rio
Essencial ou Acessorio
Estado Civil
Estado do Sitio
Estudos sobre o Comunismo
Estrangeirados
Eternuridade
Foram-se os Aneis/Os Dedos
Futuro Presente
G. Civil Espanhola
Gavea
Gloria Facil
hARDbLOG
Hipatia
Hole Horror
Hotel Sossego
Ilhas
Humanae Litterae
Imprensa Internacional
Industrias Culturais
Intima Fraccao
Janela para o Rio
Jansenista
Joel Neto
Klepsydra
Lampada Magica
Lei Seca
Leitura Partilhada
letraminuscula
LER (Revista)
Margens de Erro
Mas certamente que sim!
Ma-Schamba
Mau Tempo no Canil
Medico Explica
Mel com Cicuta
Melancomico
Memoria Inventada
Memoria Virtual
Metablog
Minha Rica Casinha
Miniscente
Miss Pearls
Modus Vivendi
Mostarda
Nariz de Ferro
Na Trilha de Moebius
No Arame
Nonio
O Ceu sobre Lisboa
O Jardim Asssombrado
O Mocho
O Pulo do Gato
O Sinico
O Regresso a Veneza
O Valor das Ideias
Oficina das Ideias
Passado/Presente
Pastoral Portuguesa
Pastilhas
Periferica
Pobre e Mal Agradecido
Portugal Contemporaneo
Portugal dos Pequeninos
Prazer Inculto
Professorices
Prosa Solta
Quadratura do Circulo
Quase em Portugues
Quase Famosos
Quatro Caminhos
Quezia
A Reforma da Justica
Renas e Veados
Respirar o mesmo Ar
Respublica
Retorica e Persuasao
Retorta
Rocketboom
Roma Antiga
Rua da Castela
Rua da Judiaria
Senhor Palomar
Sentidos da Vida
Seta Despedida
Sete Sombras
Sitio dos Haikais
Sobre o tempo que passa
Sociedade Harmonia
Solvstag
Sopa de Pedra
Sound+Vision
SOS Racismo
Spectrum
Suction with Valchek
Sulmoura
Sushi Leblon
Tempo Dual
Terra da Alegria
Textos de Contracapa 2
Tomara que caia
Torreao Sul
True Lies
Turing Machine
Um blog sobre Kleist
Uniao de Facto
Universos Desfeitos
Vida Breve
Vitriolica webb's ite
Xupacabras
White Rabbit

O bom bordo
A Arte da Fuga
A Causa foi Modificada
ABC do PPM
Abrupto
Acho eu
Almariado
Azimutes
Blasfemias
Blogue dos Marretas
Blue Lounge
Bomba Inteligente
Caminhos Errantes
Causa Liberal
Contra a Corrente
Desesperada Esperanca
Esmaltes e Joias
Fumacas
Gattopardo
Gato do Cheshire
Homem a Dias
Impertinencias
Loja do Queijo Limiano
Nem Tanto ao Mar...
Nortadas
Notas Soltas
O Cachimbo de Magritte
O Insubmisso
O Insurgente
O Sitio (JP Coutinho)
Observador
4R - Quarta Republica
Republicas Mortas
Sexta Coluna
Traducao Simultanea
Tomar Partido
31 da Armada
Vasco Campilho
Virtualidades
Vox Pop (Paulo Gorjao)
Voz do Deserto

O outro bordo
2+2=5
A Barbearia do Sr. Luis
Abrangente
Anti-Direita Portuguesa
Arquivo (Pedro Adao e Silva)
Arrastao
Aspirina B
Avatares de Desejo
Avesso do Avesso
Bicho Carpinteiro
Blogo Social Portugues
Causa Nossa
Cinco Dias
Cobra Cuspideira
Descredito
Ex-Ivan Nunes
French kissin'
Forum Cidade
Grao de Areia
Hoje ha Conquilhas...
Independencias
Irmao Lucia
Irreflexoes
Jugular
Ladroes de Bicicletas
Laranja Amarga
Linha de Conta
O Amigo do Povo
O Canhoto
O Tempo das Cerejas
Os Tempos que Correm
Pais Relativo
Palavra Aberta
Peao
Puxa Palavra
Tempo dos Assassinos
Zero de Conduta

Boa Onda
100nada
7000 Nomes
3 Tesas
A Espada Relativa
A Origem do Amor
A Tasca
A Toca do Gato
Abobada Palatina
Abutres
Albergue dos Danados
Alcagoita
Alfacinha
Amicus Ficaria
Anarca Constipado
Ardazorelhas
Armada Invisivel
Azul Limao
Balta-zar
Bazonga da Kilumba
Beatas
Big-head Motel
Blog Sem Nome
Blogame Mucho
Blogotinha
Blogue dos Putos
Cao de Guarda
Carta de Amor
Cerco do Porto
Chaparro
Chapeleiro Louco
Cheiro a Torradas
Cibertulia
Cimbalino
Conversa na Travessa
Conversas de Cafe
Controversa Maresia
Cronicas Matinais
Daedalus
Desblogueador de Conversa
Desejo Casar
Dias que Voam
El Coronel
Elogio da Ginja
Epicurtas
Ernesto Cadaval
Exacto
Flores do Campo
Forcas de Blogueio
Gabardina
Gato Fedorento
Grupo do Pato
Hora Absurda
Impensavel
Internet para Domesticas
Intimista
Irmao Lucia
Lapis de Cor
Lapis de Minas
Linha de Cabotagem
Lobi do Cha
Loira Gasta
Mais coisa menos coisa
Maizumpomonte
Manos Metralha
Maus Figados
Meia Livraria
Minimalismo
Ministerio do Bom Senso
Misterio
Morte aos Feios
Mostrengos
Mulheres e Deusas
My Moleskine
Niilista Optimista
No Parapeito
Nucleo Duro
O Anacleto
O Bisturi
O Carimbo
O Jumento
O Piolho da Solum
O Proletario Vermelho
O Velho da Montanha
O Vilacondense
Ocidental Praia
Office Lounging
Opinion Desmaker
Os Outros de Nos
Outro lado da Lua
Papoila
Pirilampo Magico
Planeta-Reboque
Ponto e Virgula
Rata Maluka
Revisao da Materia
Sabor a Sal
Santa Ignorancia
Sebenta
Sem Penis nem Inveja
Sem querer penso
Ser Portugues (ter que)
Sexo dos Anjos
Silhuetas
Sociedade Anonima
Substrato
The Amazing Trout Blog
The Dying Animal
The Galarzas
The Ultimate Bitaite
Torneiras de Freud
Tragico-Come(r)dia
Trenguices
Tudo menos Politica
Um pouco mais de Sul
Umbigo
Undisclosed-Recipient
Vamos Lixar Tudo
Vela Latina
Womenage a Trois
Xobineski Patruska
XX-XY

Especialistas
A forma do Jazz
Agenda Diplomatica
Arqueoblogo
Arquitectices
Arquivos do Cinefilo
Antonio Reis
Blog de Publicidade
Bola Verde
Caderneta da Bola
Causidicus
Clube de Fas do Jose Cid
Cum grano salis
Dicionario Diplomatico
Direito e Economia
Direitos
Empreender
Epiderme (Arquitectura)
Futeblog Total
Futebol Mesmo
Incursoes
Intervencoes Sonoras
Lifecooler (Turismo)
Maes (e pais tambem)
Maritimo
Megafone (Futebol)
Metablogue
Naufragium
Nietzsche e Schopenhauer
Noite Escura (Musica)
Notas Formais
Notas Verbais
O Cozinheiro
O Gang (Arquitectura)
Pardalitos do Choupal
O Portista
O Projecto (Arquitectura)
Ondas (Surf)
Respirar o mesmo ar
Sangue Leonino
Sempre Briosa
Sex in Lisbon
Simplesmente Briosa
Socio(B)logue 2.0
Teatro no Ar
Terceiro Anel
The Serendipitous Cacophonies
Toiradas
Upgrade
Ultimatos
Venda-se (Economia)
Via Rapida (Musica)
Vidro Azul (RUC)

Bussolas
Bloco de Notas
Blog Clipping
Blogo
Blogolicos Anonimos
Blogueio
Jornalismo e Comunicacao
Ponto Media
PTBloggers
Technorati Beta
Weblog em Portugal

Pessoal da Estiva
A Cagada
A Minha Pilinha
Adoro Mulheres
Merdas do Costume
O Meu Pipi
O Periodo
O Pipi vai nu
Penis Desorientado

Armada Invencivel
Uniao Blogues Livres

Homens ao Mar
A Mao Invisivel
A Praia
A Saga do Povo Portugues
ABsurdo
Aquele Outro
Aqui nao ha Poeta
Aviz
Barnabe
Blogo vos vejo
Blog de Esquerda (I)
Blog de Esquerda (II)
Bloguitica Internacional
Bloguitica Nacional
BZR
Caminhante
Catalaxia
Cidadao Livre
Coluna Infame
Comprometido Espectador
Conta Corrente
Criticar os Blogues
Cristovao de Moura
Cruzes Canhoto
De Direita
De Esquerda
Descobrimentos
Dicionario do Diabo
E a Cultura, Estupido
Einstein
Espigas ao Vento
Espigas ao Vento (II)
Estudos sobre o Comunismo (I)
Extravaganza-2003
Flor de Obsessao
Farpas
Fora do Mundo
French kissin'
Freira Dadaista
Heterodoxias
Intelligo
Janela Indiscreta
Jaquinzinhos
Latinista Ilustre
Lerias
Liberdade de Expressao
Linhas Tortas
Lista de Blogs
Macjete
Mata Mouros
Mephistofeles
Meridiano
Xanelcinco
Mukankala
Murmurios do Silencio
Nacional Porreirismo
Nao esperem nada de mim
No Quinto dos Imperios
O Complot
O Espectro
O Estado das Coisas
O Franco Atirador
O Maranhao
O Sinedrio
Outro, eu
Pais Relativo
Palavrar
Pano para mangas
Pela Santa Liberdade
Portugal e Arredores
Posto de Escuta
Pula Pulga
Quarta Vaga
Ref. Azul Electrico
Replicar
Revista Atlantico
Ruim
Socio(B)logue
Terras do Nunca
Thomaz vs. Cunhal
Tugir
Valete Fratres
Vendedora Peganhenta
Via da Verdade
Vitamina C
What do you represent
Whisky2000

Translate
Traducao

Arquivo
05/04/2003 - 05/11/2003 05/11/2003 - 05/18/2003 05/18/2003 - 05/25/2003 05/25/2003 - 06/01/2003 06/01/2003 - 06/08/2003 06/08/2003 - 06/15/2003 06/15/2003 - 06/22/2003 06/22/2003 - 06/29/2003 06/29/2003 - 07/06/2003 07/06/2003 - 07/13/2003 07/13/2003 - 07/20/2003 07/20/2003 - 07/27/2003 07/27/2003 - 08/03/2003 08/03/2003 - 08/10/2003 08/10/2003 - 08/17/2003 08/17/2003 - 08/24/2003 08/24/2003 - 08/31/2003 08/31/2003 - 09/07/2003 09/07/2003 - 09/14/2003 09/14/2003 - 09/21/2003 09/21/2003 - 09/28/2003 09/28/2003 - 10/05/2003 10/05/2003 - 10/12/2003 10/12/2003 - 10/19/2003 10/19/2003 - 10/26/2003 10/26/2003 - 11/02/2003 11/02/2003 - 11/09/2003 11/09/2003 - 11/16/2003 11/16/2003 - 11/23/2003 11/23/2003 - 11/30/2003 11/30/2003 - 12/07/2003 12/07/2003 - 12/14/2003 12/14/2003 - 12/21/2003 12/21/2003 - 12/28/2003 12/28/2003 - 01/04/2004 01/04/2004 - 01/11/2004 01/11/2004 - 01/18/2004 01/18/2004 - 01/25/2004 01/25/2004 - 02/01/2004 02/01/2004 - 02/08/2004 02/08/2004 - 02/15/2004 02/15/2004 - 02/22/2004 02/22/2004 - 02/29/2004 02/29/2004 - 03/07/2004 03/07/2004 - 03/14/2004 03/14/2004 - 03/21/2004 03/21/2004 - 03/28/2004 03/28/2004 - 04/04/2004 04/04/2004 - 04/11/2004 04/11/2004 - 04/18/2004 04/18/2004 - 04/25/2004 04/25/2004 - 05/02/2004 05/02/2004 - 05/09/2004 05/09/2004 - 05/16/2004 05/16/2004 - 05/23/2004 05/23/2004 - 05/30/2004 05/30/2004 - 06/06/2004 06/06/2004 - 06/13/2004 06/13/2004 - 06/20/2004 06/20/2004 - 06/27/2004 06/27/2004 - 07/04/2004 07/04/2004 - 07/11/2004 07/11/2004 - 07/18/2004 07/18/2004 - 07/25/2004 07/25/2004 - 08/01/2004 08/01/2004 - 08/08/2004 08/08/2004 - 08/15/2004 08/15/2004 - 08/22/2004 08/22/2004 - 08/29/2004 08/29/2004 - 09/05/2004 09/05/2004 - 09/12/2004 09/12/2004 - 09/19/2004 09/19/2004 - 09/26/2004 09/26/2004 - 10/03/2004 10/03/2004 - 10/10/2004 10/10/2004 - 10/17/2004 10/17/2004 - 10/24/2004 10/24/2004 - 10/31/2004 10/31/2004 - 11/07/2004 11/07/2004 - 11/14/2004 11/14/2004 - 11/21/2004 11/21/2004 - 11/28/2004 11/28/2004 - 12/05/2004 12/05/2004 - 12/12/2004 12/12/2004 - 12/19/2004 12/19/2004 - 12/26/2004 12/26/2004 - 01/02/2005 01/02/2005 - 01/09/2005 01/09/2005 - 01/16/2005 01/16/2005 - 01/23/2005 01/23/2005 - 01/30/2005 01/30/2005 - 02/06/2005 02/06/2005 - 02/13/2005 02/13/2005 - 02/20/2005 02/20/2005 - 02/27/2005 02/27/2005 - 03/06/2005 03/06/2005 - 03/13/2005 03/13/2005 - 03/20/2005 03/20/2005 - 03/27/2005 03/27/2005 - 04/03/2005 04/03/2005 - 04/10/2005 04/10/2005 - 04/17/2005 04/17/2005 - 04/24/2005 04/24/2005 - 05/01/2005 05/01/2005 - 05/08/2005 05/08/2005 - 05/15/2005 05/15/2005 - 05/22/2005 05/22/2005 - 05/29/2005 05/29/2005 - 06/05/2005 06/05/2005 - 06/12/2005 06/12/2005 - 06/19/2005 06/19/2005 - 06/26/2005 06/26/2005 - 07/03/2005 07/03/2005 - 07/10/2005 07/10/2005 - 07/17/2005 07/17/2005 - 07/24/2005 07/24/2005 - 07/31/2005 07/31/2005 - 08/07/2005 08/07/2005 - 08/14/2005 08/14/2005 - 08/21/2005 08/21/2005 - 08/28/2005 08/28/2005 - 09/04/2005 09/04/2005 - 09/11/2005 09/11/2005 - 09/18/2005 09/18/2005 - 09/25/2005 09/25/2005 - 10/02/2005 10/02/2005 - 10/09/2005 10/09/2005 - 10/16/2005 10/16/2005 - 10/23/2005 10/23/2005 - 10/30/2005 10/30/2005 - 11/06/2005 11/06/2005 - 11/13/2005 11/13/2005 - 11/20/2005 11/20/2005 - 11/27/2005 11/27/2005 - 12/04/2005 12/04/2005 - 12/11/2005 12/11/2005 - 12/18/2005 12/18/2005 - 12/25/2005 12/25/2005 - 01/01/2006 01/01/2006 - 01/08/2006 01/08/2006 - 01/15/2006 01/15/2006 - 01/22/2006 01/22/2006 - 01/29/2006 01/29/2006 - 02/05/2006 02/05/2006 - 02/12/2006 02/12/2006 - 02/19/2006 02/19/2006 - 02/26/2006 02/26/2006 - 03/05/2006 03/05/2006 - 03/12/2006 03/12/2006 - 03/19/2006 03/19/2006 - 03/26/2006 03/26/2006 - 04/02/2006 04/02/2006 - 04/09/2006 04/09/2006 - 04/16/2006 04/16/2006 - 04/23/2006 04/23/2006 - 04/30/2006 04/30/2006 - 05/07/2006 05/07/2006 - 05/14/2006 05/14/2006 - 05/21/2006 05/21/2006 - 05/28/2006 05/28/2006 - 06/04/2006 06/04/2006 - 06/11/2006 06/11/2006 - 06/18/2006 06/18/2006 - 06/25/2006 06/25/2006 - 07/02/2006 07/02/2006 - 07/09/2006 07/09/2006 - 07/16/2006 07/16/2006 - 07/23/2006 07/23/2006 - 07/30/2006 07/30/2006 - 08/06/2006 08/06/2006 - 08/13/2006 08/13/2006 - 08/20/2006 08/20/2006 - 08/27/2006 08/27/2006 - 09/03/2006 09/03/2006 - 09/10/2006 09/10/2006 - 09/17/2006 09/17/2006 - 09/24/2006 09/24/2006 - 10/01/2006 10/01/2006 - 10/08/2006 10/08/2006 - 10/15/2006 10/15/2006 - 10/22/2006 10/22/2006 - 10/29/2006 10/29/2006 - 11/05/2006 11/05/2006 - 11/12/2006 11/12/2006 - 11/19/2006 11/19/2006 - 11/26/2006 11/26/2006 - 12/03/2006 12/03/2006 - 12/10/2006 12/10/2006 - 12/17/2006 12/17/2006 - 12/24/2006 12/24/2006 - 12/31/2006 12/31/2006 - 01/07/2007 01/07/2007 - 01/14/2007 01/14/2007 - 01/21/2007 01/21/2007 - 01/28/2007 01/28/2007 - 02/04/2007 02/04/2007 - 02/11/2007 02/11/2007 - 02/18/2007 02/18/2007 - 02/25/2007 02/25/2007 - 03/04/2007 03/04/2007 - 03/11/2007 03/11/2007 - 03/18/2007 03/18/2007 - 03/25/2007 03/25/2007 - 04/01/2007 04/01/2007 - 04/08/2007 04/08/2007 - 04/15/2007 04/15/2007 - 04/22/2007 04/22/2007 - 04/29/2007 04/29/2007 - 05/06/2007 05/06/2007 - 05/13/2007 05/13/2007 - 05/20/2007 05/20/2007 - 05/27/2007 05/27/2007 - 06/03/2007 06/03/2007 - 06/10/2007 06/10/2007 - 06/17/2007 06/17/2007 - 06/24/2007 06/24/2007 - 07/01/2007 07/01/2007 - 07/08/2007 07/08/2007 - 07/15/2007 07/15/2007 - 07/22/2007 07/22/2007 - 07/29/2007 07/29/2007 - 08/05/2007 08/05/2007 - 08/12/2007 08/12/2007 - 08/19/2007 08/19/2007 - 08/26/2007 08/26/2007 - 09/02/2007 09/02/2007 - 09/09/2007 09/09/2007 - 09/16/2007 09/16/2007 - 09/23/2007 09/23/2007 - 09/30/2007 09/30/2007 - 10/07/2007 10/07/2007 - 10/14/2007 10/14/2007 - 10/21/2007 10/21/2007 - 10/28/2007 10/28/2007 - 11/04/2007 11/04/2007 - 11/11/2007 11/11/2007 - 11/18/2007 11/18/2007 - 11/25/2007 11/25/2007 - 12/02/2007 12/02/2007 - 12/09/2007 12/09/2007 - 12/16/2007 12/16/2007 - 12/23/2007 12/23/2007 - 12/30/2007 12/30/2007 - 01/06/2008 01/06/2008 - 01/13/2008 01/13/2008 - 01/20/2008 01/20/2008 - 01/27/2008 01/27/2008 - 02/03/2008 02/03/2008 - 02/10/2008 02/10/2008 - 02/17/2008 02/17/2008 - 02/24/2008 02/24/2008 - 03/02/2008 03/02/2008 - 03/09/2008 03/09/2008 - 03/16/2008 03/16/2008 - 03/23/2008 03/23/2008 - 03/30/2008 03/30/2008 - 04/06/2008 04/06/2008 - 04/13/2008 04/13/2008 - 04/20/2008 04/20/2008 - 04/27/2008 04/27/2008 - 05/04/2008 05/04/2008 - 05/11/2008 05/11/2008 - 05/18/2008 05/18/2008 - 05/25/2008 05/25/2008 - 06/01/2008 06/01/2008 - 06/08/2008 06/08/2008 - 06/15/2008 06/15/2008 - 06/22/2008 06/22/2008 - 06/29/2008 06/29/2008 - 07/06/2008 07/06/2008 - 07/13/2008 07/13/2008 - 07/20/2008 07/20/2008 - 07/27/2008 07/27/2008 - 08/03/2008 08/17/2008 - 08/24/2008 08/24/2008 - 08/31/2008 08/31/2008 - 09/07/2008 09/07/2008 - 09/14/2008 09/14/2008 - 09/21/2008 09/21/2008 - 09/28/2008 09/28/2008 - 10/05/2008 10/05/2008 - 10/12/2008 10/12/2008 - 10/19/2008 10/19/2008 - 10/26/2008 10/26/2008 - 11/02/2008 11/02/2008 - 11/09/2008 11/09/2008 - 11/16/2008 11/16/2008 - 11/23/2008 11/23/2008 - 11/30/2008 11/30/2008 - 12/07/2008 12/07/2008 - 12/14/2008 12/14/2008 - 12/21/2008 12/21/2008 - 12/28/2008 12/28/2008 - 01/04/2009 01/04/2009 - 01/11/2009 01/11/2009 - 01/18/2009 01/18/2009 - 01/25/2009 01/25/2009 - 02/01/2009 02/01/2009 - 02/08/2009 02/08/2009 - 02/15/2009 02/15/2009 - 02/22/2009 02/22/2009 - 03/01/2009 03/01/2009 - 03/08/2009 03/08/2009 - 03/15/2009 03/15/2009 - 03/22/2009 03/22/2009 - 03/29/2009 03/29/2009 - 04/05/2009 04/05/2009 - 04/12/2009 04/12/2009 - 04/19/2009 04/19/2009 - 04/26/2009 04/26/2009 - 05/03/2009 05/03/2009 - 05/10/2009 05/10/2009 - 05/17/2009 05/17/2009 - 05/24/2009 05/24/2009 - 05/31/2009 05/31/2009 - 06/07/2009 06/07/2009 - 06/14/2009 06/14/2009 - 06/21/2009 06/21/2009 - 06/28/2009 06/28/2009 - 07/05/2009 07/05/2009 - 07/12/2009 07/12/2009 - 07/19/2009 07/19/2009 - 07/26/2009 07/26/2009 - 08/02/2009 08/02/2009 - 08/09/2009 08/09/2009 - 08/16/2009 08/16/2009 - 08/23/2009 08/23/2009 - 08/30/2009 08/30/2009 - 09/06/2009 09/06/2009 - 09/13/2009 09/13/2009 - 09/20/2009 09/20/2009 - 09/27/2009 09/27/2009 - 10/04/2009 10/04/2009 - 10/11/2009 10/11/2009 - 10/18/2009 10/18/2009 - 10/25/2009 10/25/2009 - 11/01/2009 11/01/2009 - 11/08/2009 11/08/2009 - 11/15/2009 11/15/2009 - 11/22/2009 11/22/2009 - 11/29/2009 11/29/2009 - 12/06/2009 12/06/2009 - 12/13/2009 12/13/2009 - 12/20/2009 12/20/2009 - 12/27/2009 12/27/2009 - 01/03/2010 01/03/2010 - 01/10/2010 01/10/2010 - 01/17/2010 01/17/2010 - 01/24/2010 01/24/2010 - 01/31/2010 01/31/2010 - 02/07/2010 02/07/2010 - 02/14/2010 02/14/2010 - 02/21/2010 02/21/2010 - 02/28/2010 02/28/2010 - 03/07/2010 03/07/2010 - 03/14/2010 03/14/2010 - 03/21/2010 03/21/2010 - 03/28/2010 03/28/2010 - 04/04/2010 04/04/2010 - 04/11/2010 04/11/2010 - 04/18/2010 04/18/2010 - 04/25/2010 04/25/2010 - 05/02/2010 05/02/2010 - 05/09/2010 05/09/2010 - 05/16/2010 05/16/2010 - 05/23/2010 05/23/2010 - 05/30/2010 05/30/2010 - 06/06/2010 06/06/2010 - 06/13/2010 06/13/2010 - 06/20/2010 06/20/2010 - 06/27/2010 06/27/2010 - 07/04/2010 07/18/2010 - 07/25/2010 07/25/2010 - 08/01/2010 08/01/2010 - 08/08/2010 08/08/2010 - 08/15/2010 08/15/2010 - 08/22/2010 08/22/2010 - 08/29/2010 08/29/2010 - 09/05/2010 09/05/2010 - 09/12/2010 09/12/2010 - 09/19/2010 09/19/2010 - 09/26/2010 09/26/2010 - 10/03/2010 10/03/2010 - 10/10/2010 10/10/2010 - 10/17/2010 10/17/2010 - 10/24/2010 10/24/2010 - 10/31/2010 10/31/2010 - 11/07/2010 11/07/2010 - 11/14/2010 11/14/2010 - 11/21/2010 11/21/2010 - 11/28/2010 11/28/2010 - 12/05/2010 12/05/2010 - 12/12/2010 12/12/2010 - 12/19/2010 12/19/2010 - 12/26/2010 12/26/2010 - 01/02/2011 01/02/2011 - 01/09/2011 01/09/2011 - 01/16/2011 01/16/2011 - 01/23/2011 01/23/2011 - 01/30/2011 01/30/2011 - 02/06/2011 02/06/2011 - 02/13/2011 02/13/2011 - 02/20/2011 02/20/2011 - 02/27/2011 02/27/2011 - 03/06/2011 03/06/2011 - 03/13/2011 03/13/2011 - 03/20/2011 03/20/2011 - 03/27/2011 03/27/2011 - 04/03/2011 04/03/2011 - 04/10/2011 04/10/2011 - 04/17/2011 04/17/2011 - 04/24/2011 04/24/2011 - 05/01/2011 05/01/2011 - 05/08/2011 05/08/2011 - 05/15/2011 05/15/2011 - 05/22/2011 05/22/2011 - 05/29/2011 05/29/2011 - 06/05/2011 06/05/2011 - 06/12/2011 06/12/2011 - 06/19/2011 06/19/2011 - 06/26/2011 06/26/2011 - 07/03/2011 07/03/2011 - 07/10/2011 07/10/2011 - 07/17/2011 07/17/2011 - 07/24/2011 08/07/2011 - 08/14/2011 08/21/2011 - 08/28/2011 10/09/2011 - 10/16/2011 10/23/2011 - 10/30/2011 11/06/2011 - 11/13/2011 11/27/2011 - 12/04/2011 12/11/2011 - 12/18/2011 12/18/2011 - 12/25/2011 01/08/2012 - 01/15/2012 02/05/2012 - 02/12/2012 02/26/2012 - 03/04/2012