Mar Salgado

sábado, novembro 27:

DEVERAS? Mourinho no Expresso hoje:

-Exp.:Se você for neste momento ao Porto precisa de levar quatro ou cinco seguranças.
-Mourinho:Preciso.
-Exp.: Isso não significa alguma coisa?
-Mourinho: Se você for a Palermo se calhar também precisa.

Um case-study, esta habilidade para arranjar inimigos em todo o lado.
 

posted by FNV on 5:39 da tarde # (0) comments

IMPORTA-SE DE REPETIR?!: A ociosidade de sábado à tarde detectada no nosso sitemeter.
 

posted by PC on 3:54 da tarde # (2) comments

AINDA SOBRE OS ANJOS CAÍDOS ANTES DAS NOTÍCIAS DA NOSSA MORTE: Acho que a maioria dos leitores deste blog já se habituou a ver no meu velho amigo PC (Pedro Caeiro) o meu próprio CP (Crítico Pessoal). Desenvolve com indisfarçável gosto essa função e, geralmente, com um enorme sentido de humor com o qual tenta esconder discretamente as posições que seriamente pretende divulgar.
O problema é que o estilo utilizado o leva invariavelmente a afastar-se do cerne da questão. Este era, recorde-se, o facto do CDS não ter problemas (como nunca teve) de concorrer sozinho às eleições legislativas de 2006.
Acrescentava eu qualquer coisa de óbvio, mesmo que isso incomodasse muita gente: se o CDS concorresse em coligação, seria o alvo privilegiado das críticas da oposição; se o CDS viesse a concorrer isolado, a oposição apontaria as suas principais baterias ao PSD. Isto, o ponto fulcral do que escrevi, é de tal maneira evidente que não merece qualquer discussão e deve ter sido por isso que o meu querido PC, na costumeira CP que me oferece, preferiu cingir-se ao acessório, de todo irrelevante para o assunto.

Não me importo. Quando tenho tempo livre até gosto de discutir banalidades, vamos a elas! Convém iniciar o debate pela consciencialização de que, relativamente ao conhecimento que os membros ou simpatizantes do CDS possam ter dos seus líderes, há uma grande diferença (a nível do sujeito e significado da frase) entre o terem sido enganados e o terem-se enganado.
Por outra via, é importante frisar que talvez nenhuma das hipóteses possa ter ocorrido, pelo menos na forma como PC a descreve. Bem vistas as coisas, nos últimos cerca de trinta anos, mudaram menos os valores e as posições que o CDS defende e sempre defendeu do que mudaram os valores e as posições daqueles que o lideraram.
No caso de Freitas do Amaral, a diferença é de tal forma evidente que mereceria um estudo clínico exaustivo e, muito provavelmente, pouco esclarecedor. No que a Lucas Pires diz respeito, a verdade é que infelizmente não podemos avaliar hoje o que seria o seu pensamento (podemos no entanto supor que não estaria tão perto daquilo que o CDS sempre defendeu). No singular caso de Manuel Monteiro, o problema principal é que não conseguimos sequer aquilatar qual seja o seu pensamento actual, admitindo academicamente que exista. De todo o modo, seja ele qual for, não é seguramente o pensamento do CDS.

Dir-me-á, ufano, conhecedor e triunfante, em futura e previsível CP, o PC: "mas tu apoiaste-os a todos!..." Pois apoiei. Na altura pareciam-me os melhores. Na altura eram provavelmente os melhores. Se descontar aquele disparate da equidistância de Freitas do Amaral (com a qual nunca consegui conviver convenientemente), a fuga de Lucas Pires para o sossego das listas mais convenientes (que me decepcionou mortalmente) e o episódio burlesco e infantil da caneta do Manuel Monteiro (que me fez virar-lhe definitivamente as costas), essas eram as pessoas que lideravam o partido com que eu me identificava e com as quais me identificava. Acontece que nem eu sinto que tenha mudado nem me parece que os valores e as posições essenciais do CDS tenham mudado. Contudo, não posso dizer o mesmo dessas pessoas. Mudaram e muito. E, na minha modestíssima opinião, para pior, para muito pior.

Ter-me-ei enganado ou terei sido enganado? Julgo que nenhuma das hipóteses é verdadeira: quero crer que aquelas pessoas defenderam com seriedade e honestidade as posições e os valores do CDS na altura em que o fizeram como líderes do partido. Mais tarde, por motivos ou interesses pessoais, resolveram defender outra coisa qualquer (no caso de Lucas Pires não podemos saber qual seria e, nos casos de Freitas do Amaral e de Manuel Monteiro, curiosamente, também não conseguimos descortinar qual seja).
O que podemos ter a certeza é de que o CDS continua a defender os mesmos valores e posições e esses anteriores líderes não.
E temos uma outra certeza: é a de que esses líderes, admitindo hipoteticamente que em alguma altura tenham sido anjos, não caíram - eles limitaram-se a voar para outras bandas que lhes pareciam mais confortáveis e agradáveis. Nós não.

Post Scriptum: se PC é o meu CP generalista, João Amaral não consente qualquer crítica minha a Mário Soares. Infelizmente, João Amaral, uma vez mais, só se refere nas suas críticas ao acessório. Quanto ao essencial das minhas posições face aos disparates proferidos pelo criticado relativas às revoltas militares, João Amaral nada diz. Provavelmente porque não pode ou porque tem vergonha. Eu compreendo-o e não lhe levo a mal.



 

posted by VLX on 1:28 da manhã # (3) comments

A OUVIR (OUTRA VEZ) ANTES QUE NOVEMBRO ACABE: Al Berto, dos Wordsong, quase tão bom como

é no silêncio
que melhor ludibrio a morte

não
já não me prendo a nada
mantenho-me suspenso neste fim de século
reaprendo os dias para a eternidade
porque onde termina o corpo deve começar
outra coisa outro corpo

ouço o rumor do vento
vai
alma vai
até onde quiseres ir

, quase tão bom como a fotografia caravaggiana de Paulo Nozolino na capa de O Medo.
 

posted by PC on 1:00 da manhã # (0) comments

sexta-feira, novembro 26:

PARABÉNS: "Portugal lidera taxa de SIDA em UDIV'S" ( em utilizadores de drogas por via intravenosa) foi a notícia de hoje. É o resultado de quase vinte anos de existência de uma CNLCS burocrática e incompetente, acoplada a uma estrutura admnistrativa de "combate à droga" paroquial e aldrabona. Em breve voltarei a este assunto e com refrescos de memória. Muitos, meus amigos, muitos refrescos...
 

posted by FNV on 10:34 da tarde # (1) comments

RANCOR: Helena Roseta dá hoje uma entrevista ao Independente que é um bom exemplo do discurso da suposta ala esquerda do PS, derrotada nas recentes eleições. Diz, como arquitecta e urbanista, que Lisboa precisa de alguém que domine os dossiês com competência e que tenha uma ideia para a cidade e sugere...Carrilho, professor, tradutor e impulsionador de muitas edições em Portugal sobre retórica e filosofia da linguagem. Mas acrescenta que "parece que o PS está a fazer tudo para encontrar um candidato que não seja Carrilho". Sobre Sócrates repete a ladainha que foi eleito por se lhe atribuir a capacidade de ser o anti-Santana, rematando com a ideia que este PS não está pronto para governar porque "há muitos debates que ainda não foram feitos".
Suponhamos que Alegre tinha ganho: o PS já estaria nesta altura pronto para governar? Já tinha debatido tudo? Imaginemos que o PS escolhe outro candidato a Lisboa que não Carrilho: mais uma vitória do neo-conservadores infiltrados no Rato?
Resumindo: mau perder. O que me faz sorrir é este discurso ser regularmente apresentado como o dos defensores absolutos da democracia, sempre de sobrolhos carregados e narinas dilatadas: ou seja, ela, a democracia, existe se eu ganho, ela não existe se eu perco.
 

posted by FNV on 5:21 da tarde # (0) comments

MORALIDADE EUROPEIA: Buttiglione foi impedido de pertencer à Comissão Europeia devido às suas opiniões de índole moral sobre temas como o casamento ou a homossexualidade. Mais recentemente, descobre-se que o novel Comissário Barrot teve problemas com a justiça devido a umas felgueirices com dinheiros do partido. No entanto e tal como Barrot, muitos dos parlamentares europeus que tão solícitos foram a crucificar Buttiglione, beneficiaram da mesma amnistia que aquele, dessa forma limpando o respectivo cadastro.
Assim e como uma mão lava a outra, Barrot poderá dormir descansado e pacificamente ocupar o seu assento na grande manjedoura euopeia, onde estará entre iguais. Mas ai de quem apareça com opiniões sobre a família ou a homossexualidade que não alinhem pela cartilha do politicamente correcto, com a qual aqueles senhores iludem o eleitorado e se perpetuam, quiça imoralmente, no poder.
 

posted by Neptuno on 2:35 da tarde # (3) comments

À ATENÇÃO DA RTP (A PROPÓSITO DA TRANSMISSÃO DO BENFICA - DÍNAMO DE ZAGREB):
1) Seria possível pedir aos locutores de serviço que, durante as transmissões de jogos de futebol, desligassem os respectivos telemóveis, para não termos de ouvir, amplificados, os t-t-t-teeee, t-t-t-teeee, t-t-t-teeee que os demoníacos aparelhos produzem quando recebem mensagens?
2) Seria possível designar para os relatos de jogos de futebol, ou só homens, ou só mulheres, para que os espectadores não tenham que assistir, constrangidos, às conversas charmosas que a natureza propicia, entremeadas de graçolas apenas susceptíveis de divertir os participantes de um processo de engate?
Antecipadamente grato, um utente da televisão pública.

Actualização: O food-i-do linka o texto acima com a frase "Há gente assim". E explica: "Vêem uma coisa diferente e desatam a reclamar". Julgo que o post é suficientemente claro, mas, de qualquer modo, aqui vai: não é a diferença que me leva a reclamar, é a falta de profissionalismo do que ouvi ontem. Exemplificando: se a RTP contratasse a Gaby Logan, da ITV, para comentar jogos de futebol e fazer entrevistas desportivas, seria uma diferença que eu muito apreciaria. A Gaby Logan não costuma fazer graças sobre os "dínamos" e os "problemas de mecânica". E sabe bastante de futebol.
A não ser que a diferença a que o food-i-do se refere seja precisamente a introdução das trocas de chistes com a "cachopa" nos relatos dos jogos de futebol. Essa é uma diferença que, de facto, me irrita. Posso?
 

posted by PC on 2:18 da manhã # (3) comments

REGISTO:O blogue do queque-rato-de-sacristia-anónimo que em tempos tentou vir aqui ensinar sobre as citações de Cícero e sobre a hora da véspera, esqueceu-se de assinalar o aniversário do 25 de Novembro de 1975. Dos outros membros do blogue não sei, mas nele era de esperar: nesse dia, de um e lado e do outro, só estavam Homens .
 

posted by FNV on 1:05 da manhã # (0) comments

quinta-feira, novembro 25:

BORIS VIAN: O Magazine Litteráire acaba de publicar o seu 6º número fora-de-série, dedicado a Vian. Bons textos, fotografias deliciosas, como a de Vian e Michelle, com Sartre e Simone no Procope, tirada em 1952. Fiquem com este pedaço de uma crónica, publicada em 1958 no Le canard enchaîné, na qual defende o na altura estreante Serge Gainsbourg:

(...)Vous viendrez me dire aussi que ce garçon est un sceptique, qu'il a tort de voir les choses en noir, que c'est pas "constructif""...(si, si, vous dites des choses comme ça)
À quoi je répoindrai qu'un sceptique qui construit les paroles et des musiques comme ça, faudrait peut-être y regarder à deux fois avant de le classer parmi les désenchantés de la nouvelle vague...c'est tout de même plus intéressant qu'on bon crétin d'enthousiaste avide de démolir ce qu'il n'aime pas.


O Grande Vian, um dos primeiros adolescentes, nem por acaso morreu num cinema. Aos 39 anos, no Marbeuf.
 

posted by FNV on 9:32 da tarde # (0) comments

LIBERDADE: O 25 de Novembro "foi o fim da desfilada em que estávamos a correr para o abismo. Foi um recomeço ; um regresso à pureza inicial do 25 de Abril(...)". Quem o diz é Mário Soares, na última página do segundo volume entrevista/biografia escrito com Maria João Avillez.
Espero que para o ano, no trigésimo aniversário "do regresso à pureza inicial", o facto seja devidamente assinalado ( o deste ano é para esquecer, no paso nada): Não mais do que o do ponto de partida, mas também não menos do que o trigésimo aniversário de uma colectividade popular de berlinde.
 

posted by FNV on 7:14 da tarde # (0) comments

O JULGAMENTO: Alexandre captura os dez gimnosofistas acusados de serem os instigadores da rebelião de Sabbas e leva-os a julgamento. A cada um faz uma pergunta e a pena de morte é certa por cada resposta errada. A um deles, o terceiro, Alexandre pergunta se ele sabe qual é o mais nocivo animal existente à superfície da terra. O gimnosofista responde: "um animal ainda não descoberto pelo Homem".
Tivesse Alexandre visto os telejornais hoje em Portugal e matava o gimnosofista.

PS: Um vazadouro de trambolhos, esta RTP do serviço público. No final do BenficaxZagreb, o prestamista de serviço anuncia esvoaçante: "não perca já a seguir no telejornal o Caso Casa Pia". Ao que replica a parceira de regabofe, uma qualquer balhastreira de serviço: " E o José Alberto de Carvalho é o nosso ponta-de-lança".
 

posted by FNV on 6:20 da tarde # (0) comments

quarta-feira, novembro 24:

CISÃO? Já aqui dei conta da divergência da Patrística (de S. Agostinho, mas também dos escolásticos de uma forma geral) com a escola estóica. Mas essa divergência tem muitas pontas, algumas negando o nó original. Se não fosse pela causa da alegria, essa divergência quase que não existia: "aquele que ama a Deus que esteja sempre alegre, ore sem cessar, de tudo dê graças "( S.Paulo, 1 Aos Tessalonicenses 5, 16-18).
 

posted by FNV on 1:40 da tarde # (0) comments

terça-feira, novembro 23:

TELEPATIA: O artigo de hoje de Pedro Mexia no DN sobre o CDS/PP é assinalavelmente parecido com o excelente texto do nosso Pedro Caeiro ontem aqui publicado ( "Os Anjos Caídos"). Parabéns ao Pedro ; Mexia, claro.
 

posted by FNV on 4:07 da tarde # (0) comments

ETERNO RETORNO: Hoje voltei lá, à casa do Luís ( da Natureza do Mal), não ao blogue, ao Hospital Pediátrico de Coimbra. A criança mais nova tinha um ouvido em apuros, fomos atendidos com gentileza e prontidão. Já lá não ia há seis anos, o espaço continua o mesmo, há mais luxo num m2 do novo Estádio Municipal que no hospital inteiro. Enquanto esperava, os meus olhos disseram-me adeus e deixaram-me como Édipo em Colono. Foram sózinhos reconhecer arestas e marquesas, guichets e cartazes nas paredes. Regressaram pensativos e com uma declaração assinada : desta vez não deixas cá uma parte de ti.
 

posted by FNV on 10:22 da manhã # (2) comments

OS FISIÓLOGOS: Foram muitos e incertos , compilados talvez por Hugo de S.Vítor: Isidoro de Sevilha, S.Jerónimo, S.Gregório Magno, Rabano Mauro. Entre os autores do Livro das Aves ( existem cópias no Mosteiro do Lorvão e no Mosteiro de Santa Cruz em Coimbra*), Rabano Mauro ( de Hraban=Rabe "corvo") acaba por ter no De Bestiis et aliis rebus uma consagração à ave que lhe deu o nome. No Livro se diz que o corvo é o Diabo pois que procura primeiro no cadáver o olho, e "assim extrai o cérebro por um olho, porque confunde a compreensão da mente, destruindo o sentido da discrição" ( per oculum cerebrum extrahit, quia extincto discretionis intellectu, sensu mentis euertit.)
Bicho difícil, o corvo. No dilúvio não voltou à arca ( Génesis,8,7) ou porque se afogou ( estranho, sendo alado) ou porque ficou a alimentar-se dos cadáveres. Uma (possível) moral da história para os Fisiólogos: de igual modo o pecador que se alimenta dos desejos carnais ocupa-se com preocupações exteriores, e, tal como o corvo, não volta à arca.
Existem outras interpretações, outras morais, no De Bestiis, como a do negrume que reveste as penas do corvo: o da humildade que convém assumir contra a glória deste mundo, eam quam sumi oportet contra huius mundi gloriam humilitatis nigredinem non ostendunt. Gosto mais desta.

* utilizo a estupenda edição da Colibri (1999) da Maria Isabel Rebelo Gonçalves.
 

posted by FNV on 1:47 da manhã # (0) comments

HUMOR: Pinto da Costa disse hoje que "o futebol tem coisas engraçadas, porque o Benfica anteontem marcou dois golos mas empatou a três". Pois é, tem piada. No outro dia marcamos um golo e perdemos um a zero. Todo um mundo de riso.
 

posted by FNV on 1:37 da manhã # (3) comments

segunda-feira, novembro 22:

OS ANJOS CAÍDOS DO CDS/PP: Num post lugubremente intitulado "Notícias da nossa morte II", nada condizente com a sua habitual jovialidade, o nosso VLX afirma que "pensar-se que o CDS possa ter medo de ir sozinho a eleições é não conhecer o CDS nem Paulo Portas". Esta frase, na parte que me toca, é inteiramente correcta: acho que o CDS/PP (faltou o PP, Vasco, faltou o PP...) tem medo de ir a eleições sozinho e não conheço Paulo Portas.
Mas a questão é: alguém pode afirmar com segurança que conhece verdadeiramente Paulo Portas? E mais ainda: algum militante ou simpatizante do CDS/PP pode afirmar que conhece verdadeiramente os seus líderes?
A história do Partido não é famosa a este respeito. Senão vejamos:
Freitas do Amaral, fundador e primeiro chefe do CDS, teve uma liderança sólida durante largos anos e foi promovido pelos centristas até quase vencer as eleições presidenciais contra Soares. Hoje, é odiado pelo Partido, riscado da sua história e os seus apoiantes de outrora não perdem a oportunidade de o execrar. Afinal, estavam enganados.
Lucas Pires, visto durante um tempo como uma hipótese de renovação do CDS, conseguiu congregar à sua volta uma "direita arejada", mas acabou por abandonar o Partido na altura da palhaçada anti-europeísta de Manuel Monteiro, fazendo-se eleger nas listas do PSD. Paulo Portas, nesse tempo, ainda era anti-euro-frenético, e alguns de nós ainda se lembram do que então (e já antes...) ia escrevendo no Independente sobre Lucas Pires. Muitos acompanharam o director do Independente e o banimento de Lucas Pires só é hoje suavizado pela sua morte prematura. De qualquer forma, estavam enganados.
Manuel Monteiro era a direita descomplexada do 25 de Abril, próxima do povo do Portugal profundo e Ó-oliveira-da-serra. Marcou uma etapa importante do CDS/PP, ocupou um espaço político. Foi considerado hábil e corajoso. Promissor, promissor. Hoje, basta dar uma volta pelos blogues próximos do Partido Popular para ver o que dele aí se diz. Estavam, mais uma vez, enganados.
De modo que, dos líderes passados do CDS/PP, só Adriano Moreira não foi renegado pelos seus apoiantes de então. Ora, quando os simpatizantes do CDS/PP me dizem que não conheço Paulo Portas, têm toda a razão. Mas também não estou inteiramente seguro de que eles o conheçam. Quem sabe se, mais dia menos dia, vêem outra vez A Luz - e dão guia de marcha a Paulo Portas para a coorte dos anjos caídos.
 

posted by PC on 11:01 da tarde # (8) comments

ROAD TO PERDITION: O inacreditável número de vítimas nas estradas portuguesas é apenas mais um reflexo do ambiente de pro(re)gressiva degradação social em que vivemos. Numa sociedade em que a justiça não fuciona, em que a democracia está doente e em que a "governação" é o que é , o comportamento na estrada é apenas um dos reflexos dessa mesma realidade, que estimula o chico-espertismo, a ultrapassagem pela direita e o individualismo feroz que se manifesta no desprespeito pelos outros. Em suma, é um reflexo da realidade que estimula a indiferença generalizada perante as regras e que premeia os mais espertos.
A diferença está no facto de que, na estrada, os efeitos dessa realidade são imediatamente visíveis. E terrivelmente dolorosos.
 

posted by Neptuno on 1:56 da tarde # (0) comments

PARABÉNS À CAUSA: Calhou chegar o dia 22 de Novembro no meio de uma polémica sobre uns textos de Ana Gomes e do FNV. Razão dobrada para as felicitações que são devidas ao Causa Nossa que, no espaço de um ano, se impôs como um dos mais importantes blogues de comentário político da blogosfera portuguesa. Saúde!
 

posted by PC on 1:20 da tarde # (0) comments

FRANGO ASSADO: Ontem na SIC-Mulher passava uma entrevista de Carlos Vaz Marques ( que o Luís da Natureza do mal alcunhou em tempos, se bem me lembro, de forma deliciosa) a Zita Seabra. Diz Zita a páginas tantas que hoje não pode ver nem cheirar frango assado. Tal fastio deve-se ao facto de ter comido quantidades industriais do galináceo quando vivia na clandestinidade: "era o que toda a gente trazia para as reuniões".
Calculo que a monotonia gastronómica desse tempos fosse tramada, mas tanto fastio fez-me arrebitar as orelhas: quem não tem um pedacinho de carinho que seja, por aquilo que comeu, bebeu ou leu nos tempos de juventude? Bom, mas o fastio de Zita , percebi depois, não estiola apenas no prato: "eles, quando uma pessoa sai do partido, nem nos cumprimentam na rua; eu sei, já o fiz."
Também Zita, que hoje vai ao cabeleireiro e é (foi?) veradora do PSD, quando passa pelo frango assado nem lhe diz olá. Não vá o bicho reconhecê-la.
 

posted by FNV on 1:10 da tarde # (0) comments

A MINHA CASA É A TUA CASA: TOLERÂNCIA E HOSPITALIDADE: Giovanna Borradori, professora de filosofia no Vassar College, publicou no ano passado um livro, interessantíssimo a vários títulos, chamado Philosophy in a Time of Terror. Dialogues with Jürgen Habermas and Jacques Derrida.
Para além das reflexões sobre o problema do terrorismo e das suas implicações (culturais, políticas, filosóficas, etc.), é particularmente estimulante o diálogo com Derrida a propósito da noção de tolerância. Partindo das guerras religiosas entre católicos e protestantes, ou entre cristãos e não-cristãos, Derrida mostra como a tolerância tem, antes de mais, a natureza de virtude cristã (em rigor: católica), destinada a possibilitar a convivência pacífica entre a comunidade que detém o poder e os outros, "os infiéis", e que, por isso mesmo, é "uma marca suplementar de soberania": "deixo-te um lugar na minha casa, mas não te esqueças que é a minha casa".
A este substrato religioso junta-se a conotação biológica, ou organicista, que aponta para a mesma ideia de limite para lá do qual o organismo "tolerante" reage, "naturalmente", sob a forma de rejeição do organismo intruso.
Ambos os registos permitem com facilidade a apropriação política do conceito numa certa direcção: a "tolerância" como concessão, como privilégio outorgado por uma comunidade ao estrangeiro - o seu direito a ser deixado em paz enquanto se mantiver dentro dos limites que lhe são fixados.
Tudo o que leva Derrida a considerar que a tolerância é uma hospitalidade "condicional, circunspecta, cuidadosa"(e, por isso mesmo, Kant fazia assentar o "direito de hospitalidade" na verificação de que os homens, por possuirem a terra em comum, têm obrigatoriamente de se "tolerar" (dulden) uns aos outros). Assim, propõe, em sua substituição, um outro conceito de hospitalidade, a hospitalidade incondicional, que não deriva sequer de um convite, mas que está antecipadamente aberta àquele que não é convidado nem esperado, o "visitante absolutamente estrangeiro". Claro que, como o filósofo reconhece, essa hospitalidade não pode ter um estatuto político ou jurídico, até porque não pode, por definição, ser organizada - mas deve ser uma pré-condição, uma inspiração da outra hospitalidade condicional, nas suas concretas formas jurídico-políticas.
A preocupação de Derrida é pertinente e pode até aceitar-se a maneira como desconstrói o conceito de tolerância, sobretudo porque denuncia uma certa forma de apropriação política (em rigor: ideológica) do conceito. Mas a ideia de "hospitalidade incondicional", ainda que entendida como pré-compreensão e não como projecto exequível, dificilmente pode substituir a de "tolerância".
É que o problema maior dos nossos dias não é o da hospitalidade ligada ao "direito de visita" (Besuchsrecht) de que falava Kant, mas antes o da con-vivência e, em último termo, da integração (algo mais, até, do que o Gastrecht para o qual Kant já exigia expressamente um instrumento político-jurídico específico). Ora, o conceito de hospitalidade é demasiado exíguo para abranger as pretensões que dali derivam. Ao hóspede garante-se a preservação total da sua identidade (até, por vezes, a isenção das leis locais) exactamente porque é hóspede: alguém que está de visita, consciente também dos seus deveres enquanto tal, que o impedem de interferir na esfera sócio-política do anfitrião. Esta situação é muito diferente do acolhimento do estrangeiro cuja pretensão é precisamente inter-agir com o anfitrião, criando laços e atritos, reivindicando outros valores ao participar activamente no quotidiano da polis: esse não é um hóspede, na exacta medida em que nos propomos partilhar, não o espaço da casa, mas o próprio domínio sobre a casa.
O problema é então o modo da partilha (a con-vivência). E, porque esse modo (não necessariamente a partilha) se define, antes de mais, pela cultura da comunidade que recebe, é determinante o grau de tolerância (isto é: a abertura à diversidade) que ela exibe. Claro que, enquanto houver verdadeira diversidade, haverá limites para a tolerância: ela só deixará de ser necessária perante a uniformidade. Em consequência, a manutenção da ideia de tolerância no centro da questão torna a tarefa muito mais complexa, porque exige um exame aturado do que sejam, caso a caso, tais limites, denunciando, quando existam, o preconceito, a estupidez e a vacuidade das representações dominantes.
Ser hospitaleiro é fácil. Difícil é ser tolerante.
 

posted by PC on 2:42 da manhã # (5) comments

domingo, novembro 21:

O TIROLIROLIRO E O TIROLIROLÓ: A acreditar em Luís Nazaré (Causa Nossa, link aí à direita), Vasco Lourenço alinhou pelo diapasão de Soares no Porto e foi para A Capital com a mesma cantilena, garantindo que se não fosse a destruição sistemática das forças armadas e a UE já teríamos tido um golpe de estado militar. Que dois que se juntaram à esquina...
 

posted by VLX on 11:48 da tarde # (0) comments

PENITÊNCIA: Ofereço-me ao gozo do Vasco Lobo Xavier e do Carlos Abreu Amorim ( do Blasfémias), com o qual troco mensagens futebolisticamente cifradas. Uma equipa que está a ganhar dois a zero em casa ao Rio Ave e que por só sorte não leva uma cabazada, não pode aspirar a título nenhum.

 

posted by FNV on 9:56 da tarde # (0) comments

BOA VISTA: Da minha varanda, nestes dias de sol, gozo do prazer de desfrutar uma boa vista. Ali ao fundo vejo uns rapazes a perseguirem o Lucílio, um moço de outro bairro. Perseguem-no porque acham que ele lhes roubou a boa vista que tinham das suas casas. Mas como disse esta semana o presidente da Junta do bairro deles , quem se preocupa com as vistas dos outros fá-lo apenas para esconder as infiltrações que tem na sua própria casa. E está de sol. Imagine-se se estivesse de chuva. Ou de neve.

PS: aproveitando a ideia de outros bloggers ( recordo-me de um post memorável sobre Estugarda e outro sobre a Madeira), tenciono esta semana fazer o elogio da bela cidade de Moscovo.
 

posted by FNV on 1:58 da tarde # (1) comments

RESPOSTA AO ANDRÉ: O André Belo fez um comentário ao meu post "Vergonha" ( está aí a seguir aos do VLX) que ajuda a perceber o que escrevi. Diz o André que a alusão de Ana Gomes à costela judeu/cristão novo da comissária Kroes é inocente e que a blogger/eurodeputada até acrescenta "o que nós perdemos".
Lamento caro André, mas não consigo perceber onde cabe a alusão à costela de judeu quando queremos criticar alguém por estar ligado a multinacionais ( a comissária "esqueceu-se" de declarar a sua ligação à Lockeehd). A Ana Gomes tem no caso Kroes muito por onde pegar, porque raio vai buscar a "costela judeu/cristão-novo"? Porque, e essa parte também não citei, Ana Gomes diz que "não há multinacional que não tenha recorrido aos serviços dessa senhora". Ou seja, a comissária Kroes é uma mulher a dias da alta finança, e por acaso, Ana Gomes alude à sua costela judia. Não é preciso fazer um desenho porque o André Belo, se é o André do Barnabé que costumo ler, é inteligente e informado.
Resta que não insinuei nada sobre Ana Gomes, nem fiz qualquer juízo de carácter: escrevi que o que ela escreveu é uma vergonha. Apenas isso.
 

posted by FNV on 11:57 da manhã # (3) comments

NOTÍCIAS DA NOSSA MORTE (II): Subsiste no entanto um problema que em política não se pode escamotear: as dificuldades naturais criadas às pessoas pelo governo, por qualquer governo, serão sempre imputadas ao partido maior, ao mais importante, ou seja, ao PSD (não porque o CDS renegue as suas responsabilidades mas apenas porque as coisas são assim mesmo). Será o PSD, acaso a população queira criticar o governo em 2006, aquele que ficará ferido nas eleições.
Por seu turno, ao CDS ser-lhe-á permitido chamar a si as responsabilidades positivas da governação. Por outro lado, concorrendo separados, o CDS terá sempre o apoio (interesseiro, claro) do PS, que fará seguramente a separação das águas para afastar o eleitorado do PSD para o CDS (o PS pretende apenas ter mais um voto do que o PSD para formar governo pelo que todos os votos que conseguir fazer passar do PSD para o CDS serão importantes para o PS).
Ou seja: esta coisa que se quer fazer crer de que o facto dos partidos do governo concorrerem coligados em 2006 aproveita o CDS não é inteiramente verdade. Não é sequer verdade: aproveita a ambos os partidos. Aproveita - ou, melhor, aproveitará - ou não aproveitará; mas é do interesse de ambos concorrerem coligados como é do interesse de ambos concorrerem separados: ambas as situações têm vantagens e inconvenientes para ambos e a decisão que tomarem deverá ter em conta muito mais do que aqui se diz. Não querer ver isto é não querer discutir política e apenas pretender-se dar azo aos pequenos ódiozinhos. E pensar-se que o CDS possa ter medo de ir sozinho a eleições é não conhecer o CDS nem Paulo Portas.

 

posted by VLX on 1:52 da manhã # (3) comments

NOTÍCIAS DA NOSSA MORTE (I): Tenho-me habituado desde pequeno a ouvir os ensaios do elogio fúnebre do CDS. O refrão costuma indicar que será nas eleições seguintes que se dará a tragédia mas elas passam e voltam a passar sem que a ocorrência se dê, mesmo com muita gente a tentar desligar a máquina, outros a perorarem pela eutanásia e alguns, até, pelo suicídio. Nos últimos anos, já adulto, familiarizei-me também com a morte de Paulo Portas, tantas vezes anunciada pelos que doentiamente a desejam que deve até haver gente que pense que ele já morreu.
Contudo, quer o CDS quer Paulo Portas têm demonstrado um apego à vida e um gosto por ela que quase tornam vulgares mentirosos aqueles que apregoam os seus funestos desejos interiores.
José António Lima, do Expresso, nunca conseguiu esconder os desejos de estar presente nas exéquias de Paulo Portas e do CDS. Na última edição do dito semanário afirmava que Paulo Portas, indo sozinho a votos em 2006, correria o risco de desaparecer. Meu caro JAL: isso já foi dito por diversas vezes e em inúmeras ocasiões embora nunca tenha acontecido. O meu caro JAL não traz novidade nenhuma e, ao invés de publicar as suas pequenas animosidades carregadinhas de intenções e rancor, deveria antes fazer análise política (deve ser para isso que lhe pagam, presumo).
Ora, falando de análise política, as coisas são como são e são assim: existe um governo de coligação que se apresentará a eleições legislativas em 2006. Nessa altura, concorrerão coligados os partidos que hoje governam ou concorrerão separados. Se concorrerem coligados, aparecerão ao eleitorado com a obra que juntos conseguiram fazer, responsabilizando-se ambos pelo que globalmente fizeram e o eleitorado julgá-los-á da maneira que entender.
Concorrendo separados, cada um puxará a brasa para a sua sardinha. E sem querer agora (apenas por existir no presente momento um governo de coligação) avaliar as capacidades governativas de cada um, a verdade é que cada um dos partidos da coligação fará apelo às qualidades por si demonstradas. (cont.)
 

posted by VLX on 1:49 da manhã # (0) comments


This site is powered by Blogger because Blogger rocks!



Mar de opinioes, ideias e comentarios. Para marinheiros e estivadores, sereias e outras musas, tubaroes e demais peixe graudo, carapaus de corrida e todos os errantes navegantes.

Velhos lobos do mar

Tripulação
Filipe Nunes Vicente (FNV)
Nuno Mota Pinto (NMP)
Vasco Lobo Xavier (VLX)
Ze Pedro Dordio (Neptuno)

Mensagens SOS
lobosdomar2 at gmail.com

Subscribe in a reader

Vagas de Fundo
35 mm
A a Z (Nuno Judice)
A Bordo
A Destreza das Dúvidas
A Espuma dos Dias
A Invencao de Morel
A Mesa de Cafe
A Montanha Magica
A Natureza do Mal
A Origem das Especies
A Terceira Noite
A Voz do Deficiente
Aba de Heisenberg
Actual
Adufe
Aforismos e Afins
Albergue Espanhol
Alexandre Soares Silva
Almanaque Republicano
Almocreve das Petas
Amor e Ocio
Angulo Morto
Aurea Mediocritas
Azul Cobalto
Babugem
Bandeira ao Vento
Beco das Imagens
Bem pelo Contrario
Bibliotecario de Babel
...bl-g- -x-st-
Bloguitica
Blogues - Parlamento
Bombyx-mori
Camara Corporativa
Camara de Comuns
Campo de Afectos
Carreira da India
Casa em Construcao
Casmurro
Choque de Geracoes
Citador
Cocanha
Companhia de Mocambique
Complexidade e Contradicao
Conta Natura
Contrafactos
Contra Indicado
Corta Fitas
Critico Musical
Daily Make-Up
Da Literatura
Delito de Opiniao
Defender o Quadrado
Der Terrorist
Dias Felizes
DOTeCOMe
Educacao Sentimental
Escrito a Lapis
Esplanar
Esquina do Rio
Essencial ou Acessorio
Estado Civil
Estado do Sitio
Estudos sobre o Comunismo
Estrangeirados
Eternuridade
Foram-se os Aneis/Os Dedos
Futuro Presente
G. Civil Espanhola
Gavea
Gloria Facil
hARDbLOG
Hipatia
Hole Horror
Hotel Sossego
Ilhas
Humanae Litterae
Imprensa Internacional
Industrias Culturais
Intima Fraccao
Janela para o Rio
Jansenista
Joel Neto
Klepsydra
Lampada Magica
Lei Seca
Leitura Partilhada
letraminuscula
LER (Revista)
Margens de Erro
Mas certamente que sim!
Ma-Schamba
Mau Tempo no Canil
Medico Explica
Mel com Cicuta
Melancomico
Memoria Inventada
Memoria Virtual
Metablog
Minha Rica Casinha
Miniscente
Miss Pearls
Modus Vivendi
Mostarda
Nariz de Ferro
Na Trilha de Moebius
No Arame
Nonio
O Ceu sobre Lisboa
O Jardim Asssombrado
O Mocho
O Pulo do Gato
O Sinico
O Regresso a Veneza
O Valor das Ideias
Oficina das Ideias
Passado/Presente
Pastoral Portuguesa
Pastilhas
Periferica
Pobre e Mal Agradecido
Portugal Contemporaneo
Portugal dos Pequeninos
Prazer Inculto
Professorices
Prosa Solta
Quadratura do Circulo
Quase em Portugues
Quase Famosos
Quatro Caminhos
Quezia
A Reforma da Justica
Renas e Veados
Respirar o mesmo Ar
Respublica
Retorica e Persuasao
Retorta
Rocketboom
Roma Antiga
Rua da Castela
Rua da Judiaria
Senhor Palomar
Sentidos da Vida
Seta Despedida
Sete Sombras
Sitio dos Haikais
Sobre o tempo que passa
Sociedade Harmonia
Solvstag
Sopa de Pedra
Sound+Vision
SOS Racismo
Spectrum
Suction with Valchek
Sulmoura
Sushi Leblon
Tempo Dual
Terra da Alegria
Textos de Contracapa 2
Tomara que caia
Torreao Sul
True Lies
Turing Machine
Um blog sobre Kleist
Uniao de Facto
Universos Desfeitos
Vida Breve
Vitriolica webb's ite
Xupacabras
White Rabbit

O bom bordo
A Arte da Fuga
A Causa foi Modificada
ABC do PPM
Abrupto
Acho eu
Almariado
Azimutes
Blasfemias
Blogue dos Marretas
Blue Lounge
Bomba Inteligente
Caminhos Errantes
Causa Liberal
Contra a Corrente
Desesperada Esperanca
Esmaltes e Joias
Fumacas
Gattopardo
Gato do Cheshire
Homem a Dias
Impertinencias
Loja do Queijo Limiano
Nem Tanto ao Mar...
Nortadas
Notas Soltas
O Cachimbo de Magritte
O Insubmisso
O Insurgente
O Sitio (JP Coutinho)
Observador
4R - Quarta Republica
Republicas Mortas
Sexta Coluna
Traducao Simultanea
Tomar Partido
31 da Armada
Vasco Campilho
Virtualidades
Vox Pop (Paulo Gorjao)
Voz do Deserto

O outro bordo
2+2=5
A Barbearia do Sr. Luis
Abrangente
Anti-Direita Portuguesa
Arquivo (Pedro Adao e Silva)
Arrastao
Aspirina B
Avatares de Desejo
Avesso do Avesso
Bicho Carpinteiro
Blogo Social Portugues
Causa Nossa
Cinco Dias
Cobra Cuspideira
Descredito
Ex-Ivan Nunes
French kissin'
Forum Cidade
Grao de Areia
Hoje ha Conquilhas...
Independencias
Irmao Lucia
Irreflexoes
Jugular
Ladroes de Bicicletas
Laranja Amarga
Linha de Conta
O Amigo do Povo
O Canhoto
O Tempo das Cerejas
Os Tempos que Correm
Pais Relativo
Palavra Aberta
Peao
Puxa Palavra
Tempo dos Assassinos
Zero de Conduta

Boa Onda
100nada
7000 Nomes
3 Tesas
A Espada Relativa
A Origem do Amor
A Tasca
A Toca do Gato
Abobada Palatina
Abutres
Albergue dos Danados
Alcagoita
Alfacinha
Amicus Ficaria
Anarca Constipado
Ardazorelhas
Armada Invisivel
Azul Limao
Balta-zar
Bazonga da Kilumba
Beatas
Big-head Motel
Blog Sem Nome
Blogame Mucho
Blogotinha
Blogue dos Putos
Cao de Guarda
Carta de Amor
Cerco do Porto
Chaparro
Chapeleiro Louco
Cheiro a Torradas
Cibertulia
Cimbalino
Conversa na Travessa
Conversas de Cafe
Controversa Maresia
Cronicas Matinais
Daedalus
Desblogueador de Conversa
Desejo Casar
Dias que Voam
El Coronel
Elogio da Ginja
Epicurtas
Ernesto Cadaval
Exacto
Flores do Campo
Forcas de Blogueio
Gabardina
Gato Fedorento
Grupo do Pato
Hora Absurda
Impensavel
Internet para Domesticas
Intimista
Irmao Lucia
Lapis de Cor
Lapis de Minas
Linha de Cabotagem
Lobi do Cha
Loira Gasta
Mais coisa menos coisa
Maizumpomonte
Manos Metralha
Maus Figados
Meia Livraria
Minimalismo
Ministerio do Bom Senso
Misterio
Morte aos Feios
Mostrengos
Mulheres e Deusas
My Moleskine
Niilista Optimista
No Parapeito
Nucleo Duro
O Anacleto
O Bisturi
O Carimbo
O Jumento
O Piolho da Solum
O Proletario Vermelho
O Velho da Montanha
O Vilacondense
Ocidental Praia
Office Lounging
Opinion Desmaker
Os Outros de Nos
Outro lado da Lua
Papoila
Pirilampo Magico
Planeta-Reboque
Ponto e Virgula
Rata Maluka
Revisao da Materia
Sabor a Sal
Santa Ignorancia
Sebenta
Sem Penis nem Inveja
Sem querer penso
Ser Portugues (ter que)
Sexo dos Anjos
Silhuetas
Sociedade Anonima
Substrato
The Amazing Trout Blog
The Dying Animal
The Galarzas
The Ultimate Bitaite
Torneiras de Freud
Tragico-Come(r)dia
Trenguices
Tudo menos Politica
Um pouco mais de Sul
Umbigo
Undisclosed-Recipient
Vamos Lixar Tudo
Vela Latina
Womenage a Trois
Xobineski Patruska
XX-XY

Especialistas
A forma do Jazz
Agenda Diplomatica
Arqueoblogo
Arquitectices
Arquivos do Cinefilo
Antonio Reis
Blog de Publicidade
Bola Verde
Caderneta da Bola
Causidicus
Clube de Fas do Jose Cid
Cum grano salis
Dicionario Diplomatico
Direito e Economia
Direitos
Empreender
Epiderme (Arquitectura)
Futeblog Total
Futebol Mesmo
Incursoes
Intervencoes Sonoras
Lifecooler (Turismo)
Maes (e pais tambem)
Maritimo
Megafone (Futebol)
Metablogue
Naufragium
Nietzsche e Schopenhauer
Noite Escura (Musica)
Notas Formais
Notas Verbais
O Cozinheiro
O Gang (Arquitectura)
Pardalitos do Choupal
O Portista
O Projecto (Arquitectura)
Ondas (Surf)
Respirar o mesmo ar
Sangue Leonino
Sempre Briosa
Sex in Lisbon
Simplesmente Briosa
Socio(B)logue 2.0
Teatro no Ar
Terceiro Anel
The Serendipitous Cacophonies
Toiradas
Upgrade
Ultimatos
Venda-se (Economia)
Via Rapida (Musica)
Vidro Azul (RUC)

Bussolas
Bloco de Notas
Blog Clipping
Blogo
Blogolicos Anonimos
Blogueio
Jornalismo e Comunicacao
Ponto Media
PTBloggers
Technorati Beta
Weblog em Portugal

Pessoal da Estiva
A Cagada
A Minha Pilinha
Adoro Mulheres
Merdas do Costume
O Meu Pipi
O Periodo
O Pipi vai nu
Penis Desorientado

Armada Invencivel
Uniao Blogues Livres

Homens ao Mar
A Mao Invisivel
A Praia
A Saga do Povo Portugues
ABsurdo
Aquele Outro
Aqui nao ha Poeta
Aviz
Barnabe
Blogo vos vejo
Blog de Esquerda (I)
Blog de Esquerda (II)
Bloguitica Internacional
Bloguitica Nacional
BZR
Caminhante
Catalaxia
Cidadao Livre
Coluna Infame
Comprometido Espectador
Conta Corrente
Criticar os Blogues
Cristovao de Moura
Cruzes Canhoto
De Direita
De Esquerda
Descobrimentos
Dicionario do Diabo
E a Cultura, Estupido
Einstein
Espigas ao Vento
Espigas ao Vento (II)
Estudos sobre o Comunismo (I)
Extravaganza-2003
Flor de Obsessao
Farpas
Fora do Mundo
French kissin'
Freira Dadaista
Heterodoxias
Intelligo
Janela Indiscreta
Jaquinzinhos
Latinista Ilustre
Lerias
Liberdade de Expressao
Linhas Tortas
Lista de Blogs
Macjete
Mata Mouros
Mephistofeles
Meridiano
Xanelcinco
Mukankala
Murmurios do Silencio
Nacional Porreirismo
Nao esperem nada de mim
No Quinto dos Imperios
O Complot
O Espectro
O Estado das Coisas
O Franco Atirador
O Maranhao
O Sinedrio
Outro, eu
Pais Relativo
Palavrar
Pano para mangas
Pela Santa Liberdade
Portugal e Arredores
Posto de Escuta
Pula Pulga
Quarta Vaga
Ref. Azul Electrico
Replicar
Revista Atlantico
Ruim
Socio(B)logue
Terras do Nunca
Thomaz vs. Cunhal
Tugir
Valete Fratres
Vendedora Peganhenta
Via da Verdade
Vitamina C
What do you represent
Whisky2000

Translate
Traducao

Arquivo
05/04/2003 - 05/11/2003 05/11/2003 - 05/18/2003 05/18/2003 - 05/25/2003 05/25/2003 - 06/01/2003 06/01/2003 - 06/08/2003 06/08/2003 - 06/15/2003 06/15/2003 - 06/22/2003 06/22/2003 - 06/29/2003 06/29/2003 - 07/06/2003 07/06/2003 - 07/13/2003 07/13/2003 - 07/20/2003 07/20/2003 - 07/27/2003 07/27/2003 - 08/03/2003 08/03/2003 - 08/10/2003 08/10/2003 - 08/17/2003 08/17/2003 - 08/24/2003 08/24/2003 - 08/31/2003 08/31/2003 - 09/07/2003 09/07/2003 - 09/14/2003 09/14/2003 - 09/21/2003 09/21/2003 - 09/28/2003 09/28/2003 - 10/05/2003 10/05/2003 - 10/12/2003 10/12/2003 - 10/19/2003 10/19/2003 - 10/26/2003 10/26/2003 - 11/02/2003 11/02/2003 - 11/09/2003 11/09/2003 - 11/16/2003 11/16/2003 - 11/23/2003 11/23/2003 - 11/30/2003 11/30/2003 - 12/07/2003 12/07/2003 - 12/14/2003 12/14/2003 - 12/21/2003 12/21/2003 - 12/28/2003 12/28/2003 - 01/04/2004 01/04/2004 - 01/11/2004 01/11/2004 - 01/18/2004 01/18/2004 - 01/25/2004 01/25/2004 - 02/01/2004 02/01/2004 - 02/08/2004 02/08/2004 - 02/15/2004 02/15/2004 - 02/22/2004 02/22/2004 - 02/29/2004 02/29/2004 - 03/07/2004 03/07/2004 - 03/14/2004 03/14/2004 - 03/21/2004 03/21/2004 - 03/28/2004 03/28/2004 - 04/04/2004 04/04/2004 - 04/11/2004 04/11/2004 - 04/18/2004 04/18/2004 - 04/25/2004 04/25/2004 - 05/02/2004 05/02/2004 - 05/09/2004 05/09/2004 - 05/16/2004 05/16/2004 - 05/23/2004 05/23/2004 - 05/30/2004 05/30/2004 - 06/06/2004 06/06/2004 - 06/13/2004 06/13/2004 - 06/20/2004 06/20/2004 - 06/27/2004 06/27/2004 - 07/04/2004 07/04/2004 - 07/11/2004 07/11/2004 - 07/18/2004 07/18/2004 - 07/25/2004 07/25/2004 - 08/01/2004 08/01/2004 - 08/08/2004 08/08/2004 - 08/15/2004 08/15/2004 - 08/22/2004 08/22/2004 - 08/29/2004 08/29/2004 - 09/05/2004 09/05/2004 - 09/12/2004 09/12/2004 - 09/19/2004 09/19/2004 - 09/26/2004 09/26/2004 - 10/03/2004 10/03/2004 - 10/10/2004 10/10/2004 - 10/17/2004 10/17/2004 - 10/24/2004 10/24/2004 - 10/31/2004 10/31/2004 - 11/07/2004 11/07/2004 - 11/14/2004 11/14/2004 - 11/21/2004 11/21/2004 - 11/28/2004 11/28/2004 - 12/05/2004 12/05/2004 - 12/12/2004 12/12/2004 - 12/19/2004 12/19/2004 - 12/26/2004 12/26/2004 - 01/02/2005 01/02/2005 - 01/09/2005 01/09/2005 - 01/16/2005 01/16/2005 - 01/23/2005 01/23/2005 - 01/30/2005 01/30/2005 - 02/06/2005 02/06/2005 - 02/13/2005 02/13/2005 - 02/20/2005 02/20/2005 - 02/27/2005 02/27/2005 - 03/06/2005 03/06/2005 - 03/13/2005 03/13/2005 - 03/20/2005 03/20/2005 - 03/27/2005 03/27/2005 - 04/03/2005 04/03/2005 - 04/10/2005 04/10/2005 - 04/17/2005 04/17/2005 - 04/24/2005 04/24/2005 - 05/01/2005 05/01/2005 - 05/08/2005 05/08/2005 - 05/15/2005 05/15/2005 - 05/22/2005 05/22/2005 - 05/29/2005 05/29/2005 - 06/05/2005 06/05/2005 - 06/12/2005 06/12/2005 - 06/19/2005 06/19/2005 - 06/26/2005 06/26/2005 - 07/03/2005 07/03/2005 - 07/10/2005 07/10/2005 - 07/17/2005 07/17/2005 - 07/24/2005 07/24/2005 - 07/31/2005 07/31/2005 - 08/07/2005 08/07/2005 - 08/14/2005 08/14/2005 - 08/21/2005 08/21/2005 - 08/28/2005 08/28/2005 - 09/04/2005 09/04/2005 - 09/11/2005 09/11/2005 - 09/18/2005 09/18/2005 - 09/25/2005 09/25/2005 - 10/02/2005 10/02/2005 - 10/09/2005 10/09/2005 - 10/16/2005 10/16/2005 - 10/23/2005 10/23/2005 - 10/30/2005 10/30/2005 - 11/06/2005 11/06/2005 - 11/13/2005 11/13/2005 - 11/20/2005 11/20/2005 - 11/27/2005 11/27/2005 - 12/04/2005 12/04/2005 - 12/11/2005 12/11/2005 - 12/18/2005 12/18/2005 - 12/25/2005 12/25/2005 - 01/01/2006 01/01/2006 - 01/08/2006 01/08/2006 - 01/15/2006 01/15/2006 - 01/22/2006 01/22/2006 - 01/29/2006 01/29/2006 - 02/05/2006 02/05/2006 - 02/12/2006 02/12/2006 - 02/19/2006 02/19/2006 - 02/26/2006 02/26/2006 - 03/05/2006 03/05/2006 - 03/12/2006 03/12/2006 - 03/19/2006 03/19/2006 - 03/26/2006 03/26/2006 - 04/02/2006 04/02/2006 - 04/09/2006 04/09/2006 - 04/16/2006 04/16/2006 - 04/23/2006 04/23/2006 - 04/30/2006 04/30/2006 - 05/07/2006 05/07/2006 - 05/14/2006 05/14/2006 - 05/21/2006 05/21/2006 - 05/28/2006 05/28/2006 - 06/04/2006 06/04/2006 - 06/11/2006 06/11/2006 - 06/18/2006 06/18/2006 - 06/25/2006 06/25/2006 - 07/02/2006 07/02/2006 - 07/09/2006 07/09/2006 - 07/16/2006 07/16/2006 - 07/23/2006 07/23/2006 - 07/30/2006 07/30/2006 - 08/06/2006 08/06/2006 - 08/13/2006 08/13/2006 - 08/20/2006 08/20/2006 - 08/27/2006 08/27/2006 - 09/03/2006 09/03/2006 - 09/10/2006 09/10/2006 - 09/17/2006 09/17/2006 - 09/24/2006 09/24/2006 - 10/01/2006 10/01/2006 - 10/08/2006 10/08/2006 - 10/15/2006 10/15/2006 - 10/22/2006 10/22/2006 - 10/29/2006 10/29/2006 - 11/05/2006 11/05/2006 - 11/12/2006 11/12/2006 - 11/19/2006 11/19/2006 - 11/26/2006 11/26/2006 - 12/03/2006 12/03/2006 - 12/10/2006 12/10/2006 - 12/17/2006 12/17/2006 - 12/24/2006 12/24/2006 - 12/31/2006 12/31/2006 - 01/07/2007 01/07/2007 - 01/14/2007 01/14/2007 - 01/21/2007 01/21/2007 - 01/28/2007 01/28/2007 - 02/04/2007 02/04/2007 - 02/11/2007 02/11/2007 - 02/18/2007 02/18/2007 - 02/25/2007 02/25/2007 - 03/04/2007 03/04/2007 - 03/11/2007 03/11/2007 - 03/18/2007 03/18/2007 - 03/25/2007 03/25/2007 - 04/01/2007 04/01/2007 - 04/08/2007 04/08/2007 - 04/15/2007 04/15/2007 - 04/22/2007 04/22/2007 - 04/29/2007 04/29/2007 - 05/06/2007 05/06/2007 - 05/13/2007 05/13/2007 - 05/20/2007 05/20/2007 - 05/27/2007 05/27/2007 - 06/03/2007 06/03/2007 - 06/10/2007 06/10/2007 - 06/17/2007 06/17/2007 - 06/24/2007 06/24/2007 - 07/01/2007 07/01/2007 - 07/08/2007 07/08/2007 - 07/15/2007 07/15/2007 - 07/22/2007 07/22/2007 - 07/29/2007 07/29/2007 - 08/05/2007 08/05/2007 - 08/12/2007 08/12/2007 - 08/19/2007 08/19/2007 - 08/26/2007 08/26/2007 - 09/02/2007 09/02/2007 - 09/09/2007 09/09/2007 - 09/16/2007 09/16/2007 - 09/23/2007 09/23/2007 - 09/30/2007 09/30/2007 - 10/07/2007 10/07/2007 - 10/14/2007 10/14/2007 - 10/21/2007 10/21/2007 - 10/28/2007 10/28/2007 - 11/04/2007 11/04/2007 - 11/11/2007 11/11/2007 - 11/18/2007 11/18/2007 - 11/25/2007 11/25/2007 - 12/02/2007 12/02/2007 - 12/09/2007 12/09/2007 - 12/16/2007 12/16/2007 - 12/23/2007 12/23/2007 - 12/30/2007 12/30/2007 - 01/06/2008 01/06/2008 - 01/13/2008 01/13/2008 - 01/20/2008 01/20/2008 - 01/27/2008 01/27/2008 - 02/03/2008 02/03/2008 - 02/10/2008 02/10/2008 - 02/17/2008 02/17/2008 - 02/24/2008 02/24/2008 - 03/02/2008 03/02/2008 - 03/09/2008 03/09/2008 - 03/16/2008 03/16/2008 - 03/23/2008 03/23/2008 - 03/30/2008 03/30/2008 - 04/06/2008 04/06/2008 - 04/13/2008 04/13/2008 - 04/20/2008 04/20/2008 - 04/27/2008 04/27/2008 - 05/04/2008 05/04/2008 - 05/11/2008 05/11/2008 - 05/18/2008 05/18/2008 - 05/25/2008 05/25/2008 - 06/01/2008 06/01/2008 - 06/08/2008 06/08/2008 - 06/15/2008 06/15/2008 - 06/22/2008 06/22/2008 - 06/29/2008 06/29/2008 - 07/06/2008 07/06/2008 - 07/13/2008 07/13/2008 - 07/20/2008 07/20/2008 - 07/27/2008 07/27/2008 - 08/03/2008 08/17/2008 - 08/24/2008 08/24/2008 - 08/31/2008 08/31/2008 - 09/07/2008 09/07/2008 - 09/14/2008 09/14/2008 - 09/21/2008 09/21/2008 - 09/28/2008 09/28/2008 - 10/05/2008 10/05/2008 - 10/12/2008 10/12/2008 - 10/19/2008 10/19/2008 - 10/26/2008 10/26/2008 - 11/02/2008 11/02/2008 - 11/09/2008 11/09/2008 - 11/16/2008 11/16/2008 - 11/23/2008 11/23/2008 - 11/30/2008 11/30/2008 - 12/07/2008 12/07/2008 - 12/14/2008 12/14/2008 - 12/21/2008 12/21/2008 - 12/28/2008 12/28/2008 - 01/04/2009 01/04/2009 - 01/11/2009 01/11/2009 - 01/18/2009 01/18/2009 - 01/25/2009 01/25/2009 - 02/01/2009 02/01/2009 - 02/08/2009 02/08/2009 - 02/15/2009 02/15/2009 - 02/22/2009 02/22/2009 - 03/01/2009 03/01/2009 - 03/08/2009 03/08/2009 - 03/15/2009 03/15/2009 - 03/22/2009 03/22/2009 - 03/29/2009 03/29/2009 - 04/05/2009 04/05/2009 - 04/12/2009 04/12/2009 - 04/19/2009 04/19/2009 - 04/26/2009 04/26/2009 - 05/03/2009 05/03/2009 - 05/10/2009 05/10/2009 - 05/17/2009 05/17/2009 - 05/24/2009 05/24/2009 - 05/31/2009 05/31/2009 - 06/07/2009 06/07/2009 - 06/14/2009 06/14/2009 - 06/21/2009 06/21/2009 - 06/28/2009 06/28/2009 - 07/05/2009 07/05/2009 - 07/12/2009 07/12/2009 - 07/19/2009 07/19/2009 - 07/26/2009 07/26/2009 - 08/02/2009 08/02/2009 - 08/09/2009 08/09/2009 - 08/16/2009 08/16/2009 - 08/23/2009 08/23/2009 - 08/30/2009 08/30/2009 - 09/06/2009 09/06/2009 - 09/13/2009 09/13/2009 - 09/20/2009 09/20/2009 - 09/27/2009 09/27/2009 - 10/04/2009 10/04/2009 - 10/11/2009 10/11/2009 - 10/18/2009 10/18/2009 - 10/25/2009 10/25/2009 - 11/01/2009 11/01/2009 - 11/08/2009 11/08/2009 - 11/15/2009 11/15/2009 - 11/22/2009 11/22/2009 - 11/29/2009 11/29/2009 - 12/06/2009 12/06/2009 - 12/13/2009 12/13/2009 - 12/20/2009 12/20/2009 - 12/27/2009 12/27/2009 - 01/03/2010 01/03/2010 - 01/10/2010 01/10/2010 - 01/17/2010 01/17/2010 - 01/24/2010 01/24/2010 - 01/31/2010 01/31/2010 - 02/07/2010 02/07/2010 - 02/14/2010 02/14/2010 - 02/21/2010 02/21/2010 - 02/28/2010 02/28/2010 - 03/07/2010 03/07/2010 - 03/14/2010 03/14/2010 - 03/21/2010 03/21/2010 - 03/28/2010 03/28/2010 - 04/04/2010 04/04/2010 - 04/11/2010 04/11/2010 - 04/18/2010 04/18/2010 - 04/25/2010 04/25/2010 - 05/02/2010 05/02/2010 - 05/09/2010 05/09/2010 - 05/16/2010 05/16/2010 - 05/23/2010 05/23/2010 - 05/30/2010 05/30/2010 - 06/06/2010 06/06/2010 - 06/13/2010 06/13/2010 - 06/20/2010 06/20/2010 - 06/27/2010 06/27/2010 - 07/04/2010 07/18/2010 - 07/25/2010 07/25/2010 - 08/01/2010 08/01/2010 - 08/08/2010 08/08/2010 - 08/15/2010 08/15/2010 - 08/22/2010 08/22/2010 - 08/29/2010 08/29/2010 - 09/05/2010 09/05/2010 - 09/12/2010 09/12/2010 - 09/19/2010 09/19/2010 - 09/26/2010 09/26/2010 - 10/03/2010 10/03/2010 - 10/10/2010 10/10/2010 - 10/17/2010 10/17/2010 - 10/24/2010 10/24/2010 - 10/31/2010 10/31/2010 - 11/07/2010 11/07/2010 - 11/14/2010 11/14/2010 - 11/21/2010 11/21/2010 - 11/28/2010 11/28/2010 - 12/05/2010 12/05/2010 - 12/12/2010 12/12/2010 - 12/19/2010 12/19/2010 - 12/26/2010 12/26/2010 - 01/02/2011 01/02/2011 - 01/09/2011 01/09/2011 - 01/16/2011 01/16/2011 - 01/23/2011 01/23/2011 - 01/30/2011 01/30/2011 - 02/06/2011 02/06/2011 - 02/13/2011 02/13/2011 - 02/20/2011 02/20/2011 - 02/27/2011 02/27/2011 - 03/06/2011 03/06/2011 - 03/13/2011 03/13/2011 - 03/20/2011 03/20/2011 - 03/27/2011 03/27/2011 - 04/03/2011 04/03/2011 - 04/10/2011 04/10/2011 - 04/17/2011 04/17/2011 - 04/24/2011 04/24/2011 - 05/01/2011 05/01/2011 - 05/08/2011 05/08/2011 - 05/15/2011 05/15/2011 - 05/22/2011 05/22/2011 - 05/29/2011 05/29/2011 - 06/05/2011 06/05/2011 - 06/12/2011 06/12/2011 - 06/19/2011 06/19/2011 - 06/26/2011 06/26/2011 - 07/03/2011 07/03/2011 - 07/10/2011 07/10/2011 - 07/17/2011 07/17/2011 - 07/24/2011 08/07/2011 - 08/14/2011 08/21/2011 - 08/28/2011 10/09/2011 - 10/16/2011 10/23/2011 - 10/30/2011 11/06/2011 - 11/13/2011 11/27/2011 - 12/04/2011 12/11/2011 - 12/18/2011 12/18/2011 - 12/25/2011 01/08/2012 - 01/15/2012 02/05/2012 - 02/12/2012 02/26/2012 - 03/04/2012