Mar Salgado

sábado, janeiro 29:

O NOME: Germinal de Sousa, um nome delicioso: co-fundador da Aliança Libertária de Lisboa, em 1931. Apertados pelos comunistas e pela polícia, os anarquistas faziam nesse tempo o que podiam, e este nome aparece também no Porto, dois anos antes, mas como identificação de uma publicação anarquista quinzenal: "Germinal".
Zola, o sétimo mês do ano do calendário da Revolução ou simplesmente o símbolo da vida gerada, seja o que for, é bonita a inspiração. Fico na dúvida se Germinal era de facto o primeiro nome do co-fundador da AL. Se sim, ainda mais bonito.
 

posted by FNV on 11:59 da manhã # (0) comments

MAL POSSO ESPERAR: Felizmente, no próximo dia 20 a "Nova Democracia" de Manuel Monteiro será devidamente contabilizada. Todos os votantes, informaram-me ontem, reunir-se-ão no dia seguinte num jantar, num pequeno e encantador restaurante nortenho. Felicidades e que todos não sejam muitos.
 

posted by FNV on 11:37 da manhã # (0) comments

ACONCHEGO VII: Com os cumprimentos de Goethe, uma boa máxima para a eternidade deste sol frio: Não há nada mais difícil de suportar do que uma sucessão de dias felizes.
Todos os anos os meus alunos dizem não compreender o Sr. Goethe. Sorte a deles.
 

posted by FNV on 11:01 da manhã # (2) comments

AMOR: Narra Heródoto* ( Histórias, IV, 26: 1,2) um costume dos Issédones: "(...)Quando morre o pai a alguém, todos os parentes lhe trazem gado, que imolam para depois lhe esquartejar as carnes. Esquartejam também o cadáver do pai de quem os recebe, misturam as diversas carnes e servem-nas num banquete. A cabeça do defunto é depilada, lavada com cuidado e revestida de um banho de ouro, para ser depois venerada como objecto de culto aquando de uns grandes sacrifícios que realizam todos os anos. É assim que um filho presta homenagem ao pai (...)."

* Tradução de Maria de Fátima Silva e Cristina Abranches Guerreiro, 2000, Ed70.
 

posted by FNV on 10:51 da manhã # (1) comments

sexta-feira, janeiro 28:

O SISTEMA POLÍTICO: O excelente editorial de hoje do Público, da autoria do Eduardo Dâmaso, deveria constituir um ponto de partida para as batalhas que os media em geral - na lógica da imprensa como contra-poder - deveriam travar, em nome da população desarmada: a do exercício do poder político na efectiva concretização das reformas necessárias ao progresso do país e a reforma do falido sistema político.
Seja qual for a sua área política, qualquer jornalista já terá percebido a inexistência de vontade política no afrontar dos estrangulamentos como aqueles mencionados por E. Dâmaso, independentemente do partido no poder. Para além disso e em minha opinião, na base da irresponsabilidade governativa está a agudíssima crise de representatividade do nosso sistema político, que promove a mediocridade e que não permite a responsabilização. Nem sequer pelo voto, o qual, para efeitos de poder, estará sempre (nas actuais circunstâncias) condicionado pela superior escolha de um sinistro aparelho partidário. Por outras palavras, à população desarmada apenas sobra o desvalorizado voto (e alguns blogues...).
Perante isto, a batalha a travar não estará tanto no apoio ao candidato "A" ou na lapidação pública do Ministro "B", mas sim na luta supra-partidária que obrigue a reformas que confiram representatividade ao sistema político (e por inerência ao voto, que assim passará a fazer sentido) e que permitam à população responsabilizar (e/ou premiar) pessoas e partidos pelo seu efectivo desempenho. Tal como as coisas estão hoje, a política funciona em circuito fechado e apenas serve... os próprios políticos!
O papel de contra-poder que por vezes se atribui aos media e que o país actualmente precisa é este, o da reforma do sistema. As meras críticas dentro do sistema são simples arranhões que deixam indiferentes aqueles que o controlam.
 

posted by Neptuno on 5:53 da tarde # (0) comments

VIDA E CRIOGENIA NA BLOGOSFERA: Hoje o Tugir faz um ano, "a tugir em português". Uma referência consolidada de lucidez (e humor) na esquerda blogosférica. Ao LNT e ao CMC, um abraço de parabéns!
O Paulo Gorjão disse que o Bloguítica acabou. Nada de elogios fúnebres: tenho a certeza de que é só uma experiência de criogenia.

 

posted by PC on 3:40 da tarde # (1) comments

COLIGAÇÃO? QUAL COLIGAÇÃO?: Os cartazes utilizados pelo PP de PP seguem, à primeira vista, uma estratégia simples: num momento em que Santana Lopes se tornou no símbolo vivo da trapalhice e da instabilidade, PP procura surgir como o contraponto útil (competência, estabilidade, convicção, etc.), pairando serenamente acima do seu parceiro de coligação.
Porém, parece indiscutível que este tipo de discurso só pode "aspirar" os votos dos eleitores indecisos entre o PSD e o PP e os votos dos eleitores PSD que detestam Santana mais do que Portas. Quer dizer: a mensagem da campanha do PP limita-se à pretensão de enfraquecer o PSD.
Ora, a questão é a seguinte: sabendo-se à partida que o PP não colherá mais votos que o PSD, será que aquele eleitorado vai votar Portas para ter Santana a Primeiro Ministro? Claro que não - para isso votariam directamente em Santana.
O que significa que a mensagem eleitoral do PP assenta numa lógica diferente. Adivinhando a mais que provável derrota eleitoral da coligação, Portas procura atrair o maior número possível de descontentes do PSD de forma a conseguir um resultado que lhe dê um peso parlamentar respeitável na oposição. Onde oferecerá ao País a imagem de um partido responsável e estável, em contraste com o torvelinho social-democrata que, muito previsivelmente, sorverá Santana depois de 20 de Fevereiro.
Deposto Santana, só aquele peso parlamentar acrescido dará capacidade negocial ao PP em face de quem vier a liderar o PSD.
Bem visto.

 

posted by PC on 2:49 da tarde # (0) comments

AINDA FREITAS: É curioso, isto da tolerância selectiva para com os que mudam radicalmente de orientação política e ideológica. Aos renovadores ( ex-PC's) é muitas vezes apontado o dedo do oportunismo por contraponto à fidelidade e dignidade comunista ortodoxa, Zita Seabra é vista com desprezo a beijar o anel do Bispo de Coimbra. Mas pelo vistos, para alguns, Freitas do Amaral não pode ser confrontado com o seu passado, nem com o recente: há três anos pedia maioria absoluta para o PSD, e até colaborou com Celeste Cardona, enquanto académico, é verdade.
Entendamo-nos: Freitas tem todo o direito a dizer o diz, tem todo o direito a querer ser ministro do PS ou presidente de República com o apoio de Sócrates. Não é isso que está em causa. E tem também todo o direito a mudar de referências políticas e ideológicas ( a distinção é propositada) sem ser apodado de trânsfuga ou de traidor.
Mas a menos que para bater em Santana valha tudo ( o novo unanimismo nacional, que pagaremos caro lá mais para a frente) , Freitas tem também o direito de ser confrontado com estas mudanças, e sobretudo, o dever de explicá-las: um artigo ou uma entrevista, de cada vez que guina 180º, parece-me manifestamente pouco.
Quem tem um passado que lhe garante o lugar de senador da pátria não pode pretender renascer sempre que muda de opinião.

Ao 3º comentador: tentei responder-lhe em privado, mas teclando em JPT não vou a lado nenhum, por isso aqui vai: este post não é dirigido a si, não conheço o seu blogue, não li nada seu sobre este assunto excepto o seu comentário ao meu post anterior e ao qual já lhe respondi na tal adenda. Veja lá se tem mais cuidado (e elegância, já agora) nas interpelações, nas conclusões e nas acusações idiotas que fabrica quando afixa comentários.
 

posted by FNV on 1:15 da tarde # (5) comments

ATENÇÃO: A euforia socialista e o desespero santanista soam-me a falso. Leiam com atenção os resultados brutos da sondagem do Público/Univ.Católica/RTP/RDP: se somarem os que tencionam abster-se, com os indecisos e com os que não respondem, obtêm 48%. Lembro-me vagamente do cáculo de probabilidades que tive de estudar, mas ainda assim, uma campanha eleitoral não é um saco com bolas vermelhas e pretas.
48% é muita fruta. Da época.
 

posted by FNV on 1:09 da tarde # (0) comments

NOVO PATAMAR (E AINDA FALTAM TRÊS SEMANAS): Santana Lopes afirma que está montada uma mega-fraude em torno das sondagens e assegura que processará as empresas que falhem previsões face aos resultados eleitorais.
Quanto à mega-fraude, nada de novo - só mais uma peça da grande maquinação concebida ao oitavo dia para o prejudicar.
Agora, processar as empresas que falhem as previsões... (ahem)... e nós convencidos de que o engenheiro era o outro.
 

posted by PC on 1:59 da manhã # (1) comments

quinta-feira, janeiro 27:

ECCE HOMO :

Senhor Presidente
e meu Exmo Amigo,

Duas palavras apenas de sinceras e muito amigas felicitações pela merecidíssima Grã-Cruz da Torre e Espada.
Se há momentos em que um chefe se tem de impor aos seus súbditos, mesmo contra a vontade deles, outros há, felizmente, em que mais não faz do que interpretar os sentimentos generalizado dos seus compatriotas.
E quem tiver os olhos e os ouvidos atentos sabe muito bem que tanto na escolha de V. Exa., há três anos, como na sua condecoração, agora, não foi o Presidente da República que ordenou - foram os portugueses que falaram.
Por tudo o que tem feito por nós, bem haja!
Com os mais respeitosos cumprimentos, sou

De V. Exa.
Amigo muito grato e dedicado

Diogo Freitas do Amaral

Guimarães, 4 de Outubro de 1971



Carta de Freitas do Amaral a Marcelo Caetano, in Cartas Particulares a Marcelo Caetano, 1º volume, Org. e Prefácio de J. Freire Antunes, D.Quixote, 1985

Resposta a comentário: Não, "não acho o meu post deselegante " ( já se é desnecessário ou não, isso deixo ao critério dos leitores). Não sou do CDS/PP nem do PSD, estou-me nas tintas para os ressentimentos à direita. Mas sei que quando Freitas escreveu isto ( e muito mais) tinha 30 anos; com essa idade, muito boa gente dava o corpo ao manifesto contra Marcelo Caetano. Não vejo onde está a deselegância em recordar o passado político - público, obviamente - de alguém. A menos que isso seja um privilégio de Mário Soares, na altura em que para muitos dos seus apoiantes, Freitas era a "reencarnação do fascismo". O que talvez tenha faltado explicar, caro leitor, é a razão pela qual publiquei o post: irrita-me em Freitas o paternalismo professoral ( que suporto em Soares, como já aqui escrevi várias vezes) com o qual nos pretende dar lições políticas, e mais recentemente, lições de democracia. Tivesse lutado por ela quando era novo, talvez fosse hoje menos assertivo.
 

posted by FNV on 8:55 da tarde # (3) comments

AUSCHWITZ:

Tu crois au retour sur les pas?
Que les seuls sens font les ivresses?...
Or, je bâillais en tes caresses:
Tu ne ressusciteras pas.


Villiers de L'Isle-Adam, 1883, Contes cruels.
 

posted by FNV on 7:30 da tarde # (1) comments

CÃES VADIOS...: Há várias espécies de cães vadios. Há aqueles que, com dignidade, são vadios por opção. Não querem pertencer a nenhuma família nem prestar vassalagem a quem os alimente. Apenas desejam a sua liberdade e autonomia no seu espaço e no seu tempo. Mas, há outros cães que não conhecem o dono, embora sempre tenham lambido as mãos de quem os acolhe. Que sempre transitaram de família em família, de quintal em quintal, na esperança de uma gamela mais generosa, sem escrúpulos, sem lealdade ou mesmo ponta de saudade. E que, invariavelmente, acabam a ladrar aos antigos donos como forma de agradar aos novos. Normalmente, a história destes cães acaba com um pontapé...
 

posted by Neptuno on 4:41 da tarde # (2) comments

ROGER PERELMAN, Nº 159.776: A melhor homenagem é lembrar sempre, não pensar que já lemos e sabemos tudo sobre o inominável, lembrar sempre, nem que seja só nos aniversários. É a melhor homenagem aos de então, a nós próprios, e aos que depois de nós virão.
 

posted by PC on 2:02 da tarde # (0) comments

VEM COM ATRASO: Segundo o Público de hoje, o FC Porto vai ser agraciado com a Medalha de Mérito Turístico. O prémio é justíssimo, embora a nota de imprensa do Ministério do Turismo esqueça inexplicavelmente o papel do FC Porto no reforço dos laços turísticos entre Portugal e o Brasil.
 

posted by FNV on 1:43 da tarde # (3) comments

PARALELAS: Li hoje a história de alguém que confessa ter exercido actos de violência sobre crianças mais novas, explicando que essa era a regra da instituição: ele próprio tinha sido vítima em pequeno, até ganhar idade e força para ser agente da violência. O silêncio era regra de ouro e quem "se chibava" estava em maus lençóis.
Não foi o célebre post de Rodrigo Moita de Deus sobre os "calduços". Foi uma notícia do Expresso sobre Carlos Silvino. Hoje, Carlos Silvino já não acha que aquele fosse um modus vivendi são. E até lamenta que não o tenham tratado a tempo.
 

posted by PC on 1:35 da manhã # (1) comments

ACONCHEGO VI: Com Dostoiévski, ( obrigado leitor Afonso, com isto de hesitar entre a transcrição inglesa e a portuguesa do nome do gajo, gato sempre o nome do Feodor/Fiódor...)no Crime e Castigo, tal como eu, Raskólnikov pensava enregelado:" Quem será? Quem será esse homem surgido de debaixo da terra? Onde estava ele e que viu ele? Viu tudo, disso não há dúvidas. Onde podia estar, donde olhava? Porque só agora vem à superfície?"
 

posted by FNV on 1:33 da manhã # (1) comments

JOSÉ MOURINHO continua a passear a sua "arrogância" por terras britânicas. Hoje, o Chelsea foi ganhar 2-1 a Old Trafford (a ver daqui a pouco na RTP1), a um Manchester que vinha de 11 jogos sem perder . Por cá, muitos outros continuarão a mascar as suas chicletes pequenitas, cada vez mais azedas. Mas cada vez mais silenciosas.
 

posted by PC on 1:33 da manhã # (0) comments

quarta-feira, janeiro 26:

DERBY:
O melhor:
- O jogo inteiro. Há muito tempo que não assistia a um jogo desta qualidade sem estar a sofrer pelo FCP. Como diria o nosso FNV, foi uma "experiência refrescante".
- Os golos de Paíto e de Simão.
O pior:
- As fitas de João Pereira, verdadeiro Santana Lopes do futebol. Com a agravante de ter conseguido a expulsão de Hugo Viana, um dos poucos a jogar em Portugal que entendem a noção de fair-play.
- As declarações de Álvaro Magalhães, ao afirmar que o jogo desta noite foi "uma final antecipada". Um comentador pode dizer isso, um treinador não. Deus queira que na final (ou antes...) não lhe apareça pela frente um Beira-Mar, ou assim.
 

posted by PC on 11:43 da tarde # (0) comments

O TRIUNFO DOS PORCOS: Um camião virou-se na estrada e segundo a TSF " os porcos circulam agora livremente".
 

posted by FNV on 1:20 da tarde # (3) comments

ACONCHEGO V: Como se me acabou a lenha, estou a queimar livros. Comecei pelos Saramagos que cá tinha e pareceu-me ouvir uma vírgula a rir mas não tenho a certeza. Depois queimei Balibar e Althusser ( os trânsfugas andam há muito a limpar as prateleiras, e por isso, se me arrepender, há por aí muitos no mercado de usados) que me proporcionaram um calorzinho agradável, enquanto bebericava um irlandês e relia a carta de Marx a Bracke (por causa do tal congresso de Gotha).
Como se o frio finalmente apertasse, rebusquei estantes e caixotes e ainda enfiei na lareira uns pós -coloniais ( a Spivak foi a primeira a crepitar), mas guardei o Said: deve-se sempre preservar o original.
 

posted by FNV on 11:44 da manhã # (2) comments

DEBATES TELEVISIVOS: A verdadeira importância do debate político televisivo é mostrar ao eleitor a verdadeira face dos eleitos. Ali não há volta a dar, as posições definem-se, as pessoas esclarecem-se e o benefício do debate é imenso, tal como a nossa história é disso mesmo ilustrativa (recordem-se os debates Soares/Cunhal, Soares/Freitas ou até o de Sampaio/Marcelo, mesmo que pensemos que hoje, certamente, não passariam de um ensosso rol de admirações basbaques e de cumprimentos afectuosos e fraternos).

Desta forma, quaisquer que sejam as razões em que Sócrates se refugie, a sua fuga frenética ao debate com o líder do PSD não pode deixar de ser considerada como um enorme sinal de desrespeito pelos eleitores e uma demonstração de cobardia manifesta. O trambolhão do experiente Louçã perante Paulo Portas poderá ter assustado ainda mais José Sócrates mas exigia-se de um candidato a Primeiro-Ministro maior coragem para o debate político. Até porque, mesmo não tendo Sócrates as capacidades de Louçã para o debate, convenhamos também que Santana Lopes talvez não seja um Paulo Portas. E os eleitores agradeceriam.
Um pouco de coragem, pá, faz-te homem! - seria certamente o conselho do camarada Manuel Alegre, pessoa que seguramente não recusaria qualquer debate.
 

posted by VLX on 1:33 da manhã # (0) comments

E VÃO DOIS! Alguns dos comentadores habituais, os socialistas em geral e o até o próprio Presidente da República têm-se pronunciado, de forma mais ou menos velada, desconsiderando o debate político nas televisões. Sem razão: o debate televisivo é importante, revela muito mais ao eleitorado do que frases soltas em comícios, mostra melhor ao eleitor os programas e as ideias dos que querem ser eleitos e alcança um número muito maior de eleitores. Daí que só não quer debater quem tem medo ou a certeza de perder o debate.
Não foi o caso de Jerónimo de Sousa, que enfrentou corajosamente Paulo Portas - embora tenha sido completamente trucidado, particularmente em muitas das áreas onde os comunistas se julgam reis e senhores.

Jerónimo de Sousa perdeu sem apelo nem agravo o debate televisivo da SIC Notícias mas não tem que se envergonhar pois já antes Francisco Louçã (que não é propriamente um menino de coro nestas andanças) se tinha estatelado ao comprido no debate com o líder centrista. Nem o patético e irrelevante artigo no Público de hoje nem as inúmeras declarações desesperadas em que durante o dia todo se desdobrou - com apoio amigo dos diversos órgãos de comunicação e tentando desdizer o que disse e emendar a mão - salvaram Louçã de, pela primeira vez, ser desmascarado e criticado até por elementos da sua área política.


 

posted by VLX on 1:20 da manhã # (1) comments

REGRESSO DE "OS FUGITIVOS": Uma das facetas mais engraçadas que a campanha de Sócrates nos tem mostrado é a sua capacidade de se pôr atrás dos outros e de aparecer o mínimo possível, dizendo o menor número de coisas que consegue e deixando aos outros o trabalho desagradável de fazer o combate político. A ele basta-lhe sossegar descansadamente à espera de que o poder lhe caia em cima, que é o que parece estar a fazer.
Mas o mais cómico é ver atrás de quem ele se tem escondido: atrás de Guterres, que fugiu para parte incerta do pântano por ele próprio criado; atrás de António Vitorino, que fugiu para Bruxelas; atrás de Jorge Coelho, que fugiu perante o desastre de Entre-os-Rios e atrás de Ferro Rodrigues, que debandou amuado com Jorge Sampaio. Uma colecção de fugitivos que dava uma série bem melhor do que a da nossa infância. O problema para Portugal, perante o curriculum desta gente atrás de quem Sócrates se esconde e em quem se apoia, é que pode muito bem acontecer que um dia Sócrates acorde, volte-se estremunhado e repare, desorienteado, que está sozinho e que o pessoal todo se escapuliu outra vez.

 

posted by VLX on 1:11 da manhã # (0) comments

terça-feira, janeiro 25:

CULATRA: A TSF esteve todo o dia a zurrar: "No Iraque, os rebeldes ameaçam que ninguém pode imaginar as consequências familiares e pessoais para quem exercer o direito de voto".
É curioso. Uma democracia tão artificial, mas ainda assim com uns inimigos tão naturais, empenhados e desesperados.
 

posted by FNV on 4:12 da tarde # (0) comments

ACONCHEGO IV: A pretexto do frio, hordas de viciosas escondem-se debaixo das mantas. Estas mulheres deslizam sob as lãs e entregam-se a orgias sulfurosas. Cumprindo a profecia de Lemnius, o sangue menstrual jorra solto, tirando o brilho ao marfim, enraivecendo os cães, fazendo abortar as éguas e descolorando as flores.
Disfarço-me de Berta e entro por uma ponta da manta, sorvendo o cheiro doce e a noz-moscada que quase me faz desmaiar. Mas já não tenho frio.
 

posted by FNV on 3:49 da tarde # (0) comments

ACONCHEGO III: Fez na semana passada um ano. A 18 de Janeiro de 1915, estava eu com Shackleton a 660 km das Órcadas do Sul. Nesse dia, no Acampamento Paciência, fazia um calor horrível: a temperatura subiu a 2ºC, o interior das barracas ficou alagado, o fedor era insuportável. A coisa compôs-se, pois ao meio-dia comemos todos uns belos bifes de foca-leopardo.
Como tal foca não abunda por cá, cozam toucinho, cebola, couve e feijão vermelho; antes de ir à mesa beijem a panela com um ramo de carqueja ( vende-se nas aldeias da Serra da Estrela e no Corte-Inglês) . Depois da ceia entalem as crianças nos cobertores, mas não muito, senão elas derretem. Se não tiverem crianças peçam uma emprestada.
 

posted by FNV on 11:48 da manhã # (1) comments

segunda-feira, janeiro 24:

IMPERDÍVEL: A resposta de Ricardo Araújo Pereira no Gato Fedorento a Paulo Pinto Mascarenhas do O Acidental.
 

posted by FNV on 1:27 da tarde # (0) comments

UMA PREMIÈRE: Nos blogues e na imprensa houve indignação geral causada pelo custo da cerimónia de investidura de Bush. Confesso que para mim foi uma première: nunca tinha lido críticas aos custos de cerimónias de investidura presidencial ocorridas no estrangeiro ( nem em Portugal, diga-se). Mas como nenhum dos escribas me informou quanto deveriam os americanos ter gasto, fiquei na mesma como a lesma. Ou por outra, fiquei a saber que segundo esses bravos, os americanos deveriam ter comemorado a investidura no recato de uma cave.
Em certas cabeças, a democracia não entra nem à martelada.
 

posted by FNV on 1:08 da tarde # (4) comments

OS DONOS DA BOLA: Ao longo dos anos habituámo-nos a olhar para o mundo do futebol com suspeição. Existem regras e existem instituições que as devem proteger e aplicar mas, no entanto, sempre pairou o fantasma da corrupção e do tráfico de influências. A sensação de que as regras não são iguais para todos e que outros factores que são (ou deveriam ser) exteriores ao jogo acabam por ter um grande peso na definição dos resultados, já que nem todos têm acesso a tais armas.
Na passada semana, assisti ao Expresso da Meia-Noite na SIC-Notícias, em que o entrevistado foi Santana Lopes. Já perto do final do programa, o Director do Expresso J.A. Saraiva perguntou a Santana qualquer coisa como se não seria uma estratégia suicida - atendendo a situações idênticas ocorridas no passado - o seu presente estado de confrontação ou mesmo guerra com a comunicação social. Esta pergunta que, de alguma forma, documenta o tratamento dispensado a Santana desde que tomou posse como PM, entre outros aspectos infere duas questões muito interessantes:
Por um lado, assume que há uma guerra entre a comunicação social - onde se inclui o jornal de que é director - e o PM cessante e agora candidato Santana Lopes. Ora, será possível a um jornal - ou a qualquer outro meio - que está em guerra com um candidato eleitoral manter o seu distanciamento e isenção de análise? Não seria mais honesto assumir esse confronto num editorial - em vez de alusões subtis e camufladas em perguntas aparentemente inocentes - e deixar que os (e)leitores façam o seu juízo dispondo de todas as coordenadas?
Por outro lado, a pergunta de J.A. Saraiva infere (e assume) todo o poder dos media. No fundo, Saraiva questionou Santana com alguma perplexidade sobre o atrevimento deste em afrontar os poderosos media, sabendo que estes fariam - como têm feito - a sua vida num inferno.
A combinação de tudo isto resulta num verdadeiro poder não sufragado e, sobretudo, não legitimado dos media - ou de quem manda neles - para vender sabonetes, presidentes ou destruir candidatos. E a uma imprensa que age de forma alinhada sem o assumir frontalmente, acobertando-se num falso manto de independência e isenção, a isso eu chamo manipulação.
E quando assim é, as regras não são iguais para todos.
 

posted by Neptuno on 1:05 da tarde # (0) comments

ACONCHEGO II: Com o tal frio vem o vento. Gelado, dizem os entendidos. Estou a pensar em enfiar-me no congelador, onde a cerveja é fresca e o bacalhau é duro. Mas com o vento, que fazer? Não tenho moinho nem trigo, e a bela moleira há muito que não passa à minha porta.
Depois de muito matutar, aqueci. Frio frágil, é o que é.
 

posted by FNV on 11:34 da manhã # (0) comments

DESCOBRIRAM A PÓLVORA II: Quando no post anterior com o mesmo título me refiro ás características discursivas dos bloquistas ( as tais que a Ana Sá Lopes descobriu tardiamente) referia-me aos dirigentes do Bloco de Esquerda. Evidentemente que não considero os bloquistas, no seu todo, indivíduos para quem qualquer um que pense diferente ou está ao serviço do capital ou é burro.
 

posted by FNV on 11:28 da manhã # (0) comments

ACONCHEGO: Vem aí o frio. Saiam à rua e aprisionem todas as mulheres gordas que encontrarem. Fechem-nas na dispensa, cubram-nas de sal e reservem. Quando o frio chegar, comam-nas.
 

posted by FNV on 1:58 da manhã # (4) comments

domingo, janeiro 23:

E JÁ AGORA: Por falar em textos de tipos e de animais, um alerta para maluquinhos que como eu se perdem por narrativas venatórias. A Oxford U.P. na sua colecção Indian Papers tem vindo a reeditar os livros do coronel Jim Corbett, um elegante ( e gay) oficial do Império Britânico que nasceu em 1875 em Naini-Tal, no norte da India, na fronteira com o Nepal. Corbett é um anti-herói da caça grossa, um sistemático da arte, ultra-modesto mas um escritor de primeira água. Nos seus livros - mais de uma dezena - respira-se a India colonial algo diferente da do cinema de Lean e afins, mais próxima da de Kipling, mas ainda mais completa. Para quem se quiser iniciar sugiro o estupendo Man-Eaters of Kumaon, publicado em Nova Deli pela Manzar Khan, Oxford University Press.
 

posted by FNV on 10:08 da tarde # (0) comments

5 ESTRELAS: A chamada não me augurava nada de bom: um "jovem citadino" barbudo em cima de um burro, com uma viola à bandoleira, a percorrer serranias perdidas no nordeste transmontano: yeah men-tás-a-ver-a-cena. Mas como sou tão preconceituoso como curioso, comecei a ler o texto ( longo) do barbudo publicado pelo suplemento Fugasdo Público de ontem. Em boa hora o fiz: é das melhores coisas que vi publicadas naquele suplemento, e já o leio há muitos anos.
Parabéns ao Pedro Fabião e à sua velhinha burra mirandesa, a "Ceguinha".
 

posted by FNV on 9:46 da tarde # (0) comments

OBSESSÃO: É o que tive todo o dia com a página 6 do Expresso desta semana, mais propriamente com um texto no canto inferior direito da referida página: Ninguém liga à Rinite. Liguem-lhe caramba!
 

posted by FNV on 7:10 da tarde # (1) comments

DESCOBRIRAM A PÓLVORA: Se eu tivesse escrito o que a Ana Sá Lopes escreve hoje no Público ( claro que nunca escreveria tão bem, mas percebem a coisa) sobre o Bloco de Esquerda, lá tinha na caixa de comentários os epítetos do costume: reaccionário, fascista, etc. Mas a Ana Sá Lopes descobriu agora que o Bloco fede a moralismo oco e cultiva uma pretensa superioridade moral sobre todos os assuntos e sobre todos os adversários.
Como tal prática não começou certamente quando Louçã foi na 5ª feira ao debate da SIC-N com Portas, nem quando declarou que quem não tem filhos não pesca à linha nos assuntos do aborto e da vida, o mais que posso concluir é que a Ana Sá Lopes tem andado distraída. Compreendo a desilusão da Ana, até porque a doutrina Louçã vai começar a ser ensinada na catequese, quando os meninos com um tio liberal questionarem o padre sobre se enfim, um casal de homossexuais temente a Deus e sem cadastro não poderia, enfim, adoptar um orfãozinho que eles conhecem.
Pela minha parte simpatizo com algumas "causas" do Bloco: a justiça fiscal e a despenalização do aborto, por exemplo; esta última, porque embora sabendo, até por via do meu trabalho, que muitas mulheres abortam sem motivo algum e sem drama nenhum, para muitas acontece precisamente o contrário, e não me agrada uma lei cujo desrespeito é fácil e cómodo para umas e humilhante para outras: se eu roubar alguém, posso ou não ser acusado, julgado e condenado, mas tal desfecho não dependerá da minha conta bancária ( apesar da vox populi dos cafés...).
O que dificulta a discussão com os bloquistas é o facto de eles verem em qualquer prática política da qual discordam uma constelação de interesses inconfessáveis*, ou em alternativa, a rematada ignorância e boçalidade dos que a defendem. Em resumo, quando discordamos de um bloquista numa questão de edifícios, ou estamos ao serviço da indústria do cimento ou somos o próprio cimento.


*: Deve-se em parte à permanente insinuação sobre "interesses", "negociatas", "mafias" e outras amabilidades, a razão do crescimento eleitoral do Bloco: capitaliza os justa e ocasionalmente indignados, mas também as cáfilas de preguiçosos e invejosos que abundam no ecossistema luso. É assunto para desenvolver mais tarde.
 

posted by FNV on 4:41 da tarde # (2) comments

HÃ???: O ministro da Defesa espanhol, José Bono, foi ontem apertado, insultado, e só não foi espancado porque tinha guarda-costas. E porquê? Porque compareceu numa manifestação convocada por uma associação madrilena das vítimas do terrorismo. Os manifestantes, segundo depreendi lendo dois diários espanhóis on-line muito lacónicos ( pressuponho que a versões impressas estejam mais recheadas), não estavam lá muito satisfeitos com a demora nas indemnizações devidas aos compatriotas cujas vidas são afectadas pela ETA. E não parecem confiar muito em Zapatero em matéria de luta anti-ETA.
Curiosamente, o Público, outrora tão interessado na punição que o governo de Aznar recebeu pela gestão da ressaca do mega-atentado de Madrid, não publica hoje uma linha sobre o assunto.
 

posted by FNV on 1:46 da tarde # (1) comments


This site is powered by Blogger because Blogger rocks!



Mar de opinioes, ideias e comentarios. Para marinheiros e estivadores, sereias e outras musas, tubaroes e demais peixe graudo, carapaus de corrida e todos os errantes navegantes.

Velhos lobos do mar

Tripulação
Filipe Nunes Vicente (FNV)
Nuno Mota Pinto (NMP)
Vasco Lobo Xavier (VLX)
Ze Pedro Dordio (Neptuno)

Mensagens SOS
lobosdomar2 at gmail.com

Subscribe in a reader

Vagas de Fundo
35 mm
A a Z (Nuno Judice)
A Bordo
A Destreza das Dúvidas
A Espuma dos Dias
A Invencao de Morel
A Mesa de Cafe
A Montanha Magica
A Natureza do Mal
A Origem das Especies
A Terceira Noite
A Voz do Deficiente
Aba de Heisenberg
Actual
Adufe
Aforismos e Afins
Albergue Espanhol
Alexandre Soares Silva
Almanaque Republicano
Almocreve das Petas
Amor e Ocio
Angulo Morto
Aurea Mediocritas
Azul Cobalto
Babugem
Bandeira ao Vento
Beco das Imagens
Bem pelo Contrario
Bibliotecario de Babel
...bl-g- -x-st-
Bloguitica
Blogues - Parlamento
Bombyx-mori
Camara Corporativa
Camara de Comuns
Campo de Afectos
Carreira da India
Casa em Construcao
Casmurro
Choque de Geracoes
Citador
Cocanha
Companhia de Mocambique
Complexidade e Contradicao
Conta Natura
Contrafactos
Contra Indicado
Corta Fitas
Critico Musical
Daily Make-Up
Da Literatura
Delito de Opiniao
Defender o Quadrado
Der Terrorist
Dias Felizes
DOTeCOMe
Educacao Sentimental
Escrito a Lapis
Esplanar
Esquina do Rio
Essencial ou Acessorio
Estado Civil
Estado do Sitio
Estudos sobre o Comunismo
Estrangeirados
Eternuridade
Foram-se os Aneis/Os Dedos
Futuro Presente
G. Civil Espanhola
Gavea
Gloria Facil
hARDbLOG
Hipatia
Hole Horror
Hotel Sossego
Ilhas
Humanae Litterae
Imprensa Internacional
Industrias Culturais
Intima Fraccao
Janela para o Rio
Jansenista
Joel Neto
Klepsydra
Lampada Magica
Lei Seca
Leitura Partilhada
letraminuscula
LER (Revista)
Margens de Erro
Mas certamente que sim!
Ma-Schamba
Mau Tempo no Canil
Medico Explica
Mel com Cicuta
Melancomico
Memoria Inventada
Memoria Virtual
Metablog
Minha Rica Casinha
Miniscente
Miss Pearls
Modus Vivendi
Mostarda
Nariz de Ferro
Na Trilha de Moebius
No Arame
Nonio
O Ceu sobre Lisboa
O Jardim Asssombrado
O Mocho
O Pulo do Gato
O Sinico
O Regresso a Veneza
O Valor das Ideias
Oficina das Ideias
Passado/Presente
Pastoral Portuguesa
Pastilhas
Periferica
Pobre e Mal Agradecido
Portugal Contemporaneo
Portugal dos Pequeninos
Prazer Inculto
Professorices
Prosa Solta
Quadratura do Circulo
Quase em Portugues
Quase Famosos
Quatro Caminhos
Quezia
A Reforma da Justica
Renas e Veados
Respirar o mesmo Ar
Respublica
Retorica e Persuasao
Retorta
Rocketboom
Roma Antiga
Rua da Castela
Rua da Judiaria
Senhor Palomar
Sentidos da Vida
Seta Despedida
Sete Sombras
Sitio dos Haikais
Sobre o tempo que passa
Sociedade Harmonia
Solvstag
Sopa de Pedra
Sound+Vision
SOS Racismo
Spectrum
Suction with Valchek
Sulmoura
Sushi Leblon
Tempo Dual
Terra da Alegria
Textos de Contracapa 2
Tomara que caia
Torreao Sul
True Lies
Turing Machine
Um blog sobre Kleist
Uniao de Facto
Universos Desfeitos
Vida Breve
Vitriolica webb's ite
Xupacabras
White Rabbit

O bom bordo
A Arte da Fuga
A Causa foi Modificada
ABC do PPM
Abrupto
Acho eu
Almariado
Azimutes
Blasfemias
Blogue dos Marretas
Blue Lounge
Bomba Inteligente
Caminhos Errantes
Causa Liberal
Contra a Corrente
Desesperada Esperanca
Esmaltes e Joias
Fumacas
Gattopardo
Gato do Cheshire
Homem a Dias
Impertinencias
Loja do Queijo Limiano
Nem Tanto ao Mar...
Nortadas
Notas Soltas
O Cachimbo de Magritte
O Insubmisso
O Insurgente
O Sitio (JP Coutinho)
Observador
4R - Quarta Republica
Republicas Mortas
Sexta Coluna
Traducao Simultanea
Tomar Partido
31 da Armada
Vasco Campilho
Virtualidades
Vox Pop (Paulo Gorjao)
Voz do Deserto

O outro bordo
2+2=5
A Barbearia do Sr. Luis
Abrangente
Anti-Direita Portuguesa
Arquivo (Pedro Adao e Silva)
Arrastao
Aspirina B
Avatares de Desejo
Avesso do Avesso
Bicho Carpinteiro
Blogo Social Portugues
Causa Nossa
Cinco Dias
Cobra Cuspideira
Descredito
Ex-Ivan Nunes
French kissin'
Forum Cidade
Grao de Areia
Hoje ha Conquilhas...
Independencias
Irmao Lucia
Irreflexoes
Jugular
Ladroes de Bicicletas
Laranja Amarga
Linha de Conta
O Amigo do Povo
O Canhoto
O Tempo das Cerejas
Os Tempos que Correm
Pais Relativo
Palavra Aberta
Peao
Puxa Palavra
Tempo dos Assassinos
Zero de Conduta

Boa Onda
100nada
7000 Nomes
3 Tesas
A Espada Relativa
A Origem do Amor
A Tasca
A Toca do Gato
Abobada Palatina
Abutres
Albergue dos Danados
Alcagoita
Alfacinha
Amicus Ficaria
Anarca Constipado
Ardazorelhas
Armada Invisivel
Azul Limao
Balta-zar
Bazonga da Kilumba
Beatas
Big-head Motel
Blog Sem Nome
Blogame Mucho
Blogotinha
Blogue dos Putos
Cao de Guarda
Carta de Amor
Cerco do Porto
Chaparro
Chapeleiro Louco
Cheiro a Torradas
Cibertulia
Cimbalino
Conversa na Travessa
Conversas de Cafe
Controversa Maresia
Cronicas Matinais
Daedalus
Desblogueador de Conversa
Desejo Casar
Dias que Voam
El Coronel
Elogio da Ginja
Epicurtas
Ernesto Cadaval
Exacto
Flores do Campo
Forcas de Blogueio
Gabardina
Gato Fedorento
Grupo do Pato
Hora Absurda
Impensavel
Internet para Domesticas
Intimista
Irmao Lucia
Lapis de Cor
Lapis de Minas
Linha de Cabotagem
Lobi do Cha
Loira Gasta
Mais coisa menos coisa
Maizumpomonte
Manos Metralha
Maus Figados
Meia Livraria
Minimalismo
Ministerio do Bom Senso
Misterio
Morte aos Feios
Mostrengos
Mulheres e Deusas
My Moleskine
Niilista Optimista
No Parapeito
Nucleo Duro
O Anacleto
O Bisturi
O Carimbo
O Jumento
O Piolho da Solum
O Proletario Vermelho
O Velho da Montanha
O Vilacondense
Ocidental Praia
Office Lounging
Opinion Desmaker
Os Outros de Nos
Outro lado da Lua
Papoila
Pirilampo Magico
Planeta-Reboque
Ponto e Virgula
Rata Maluka
Revisao da Materia
Sabor a Sal
Santa Ignorancia
Sebenta
Sem Penis nem Inveja
Sem querer penso
Ser Portugues (ter que)
Sexo dos Anjos
Silhuetas
Sociedade Anonima
Substrato
The Amazing Trout Blog
The Dying Animal
The Galarzas
The Ultimate Bitaite
Torneiras de Freud
Tragico-Come(r)dia
Trenguices
Tudo menos Politica
Um pouco mais de Sul
Umbigo
Undisclosed-Recipient
Vamos Lixar Tudo
Vela Latina
Womenage a Trois
Xobineski Patruska
XX-XY

Especialistas
A forma do Jazz
Agenda Diplomatica
Arqueoblogo
Arquitectices
Arquivos do Cinefilo
Antonio Reis
Blog de Publicidade
Bola Verde
Caderneta da Bola
Causidicus
Clube de Fas do Jose Cid
Cum grano salis
Dicionario Diplomatico
Direito e Economia
Direitos
Empreender
Epiderme (Arquitectura)
Futeblog Total
Futebol Mesmo
Incursoes
Intervencoes Sonoras
Lifecooler (Turismo)
Maes (e pais tambem)
Maritimo
Megafone (Futebol)
Metablogue
Naufragium
Nietzsche e Schopenhauer
Noite Escura (Musica)
Notas Formais
Notas Verbais
O Cozinheiro
O Gang (Arquitectura)
Pardalitos do Choupal
O Portista
O Projecto (Arquitectura)
Ondas (Surf)
Respirar o mesmo ar
Sangue Leonino
Sempre Briosa
Sex in Lisbon
Simplesmente Briosa
Socio(B)logue 2.0
Teatro no Ar
Terceiro Anel
The Serendipitous Cacophonies
Toiradas
Upgrade
Ultimatos
Venda-se (Economia)
Via Rapida (Musica)
Vidro Azul (RUC)

Bussolas
Bloco de Notas
Blog Clipping
Blogo
Blogolicos Anonimos
Blogueio
Jornalismo e Comunicacao
Ponto Media
PTBloggers
Technorati Beta
Weblog em Portugal

Pessoal da Estiva
A Cagada
A Minha Pilinha
Adoro Mulheres
Merdas do Costume
O Meu Pipi
O Periodo
O Pipi vai nu
Penis Desorientado

Armada Invencivel
Uniao Blogues Livres

Homens ao Mar
A Mao Invisivel
A Praia
A Saga do Povo Portugues
ABsurdo
Aquele Outro
Aqui nao ha Poeta
Aviz
Barnabe
Blogo vos vejo
Blog de Esquerda (I)
Blog de Esquerda (II)
Bloguitica Internacional
Bloguitica Nacional
BZR
Caminhante
Catalaxia
Cidadao Livre
Coluna Infame
Comprometido Espectador
Conta Corrente
Criticar os Blogues
Cristovao de Moura
Cruzes Canhoto
De Direita
De Esquerda
Descobrimentos
Dicionario do Diabo
E a Cultura, Estupido
Einstein
Espigas ao Vento
Espigas ao Vento (II)
Estudos sobre o Comunismo (I)
Extravaganza-2003
Flor de Obsessao
Farpas
Fora do Mundo
French kissin'
Freira Dadaista
Heterodoxias
Intelligo
Janela Indiscreta
Jaquinzinhos
Latinista Ilustre
Lerias
Liberdade de Expressao
Linhas Tortas
Lista de Blogs
Macjete
Mata Mouros
Mephistofeles
Meridiano
Xanelcinco
Mukankala
Murmurios do Silencio
Nacional Porreirismo
Nao esperem nada de mim
No Quinto dos Imperios
O Complot
O Espectro
O Estado das Coisas
O Franco Atirador
O Maranhao
O Sinedrio
Outro, eu
Pais Relativo
Palavrar
Pano para mangas
Pela Santa Liberdade
Portugal e Arredores
Posto de Escuta
Pula Pulga
Quarta Vaga
Ref. Azul Electrico
Replicar
Revista Atlantico
Ruim
Socio(B)logue
Terras do Nunca
Thomaz vs. Cunhal
Tugir
Valete Fratres
Vendedora Peganhenta
Via da Verdade
Vitamina C
What do you represent
Whisky2000

Translate
Traducao

Arquivo
05/04/2003 - 05/11/2003 05/11/2003 - 05/18/2003 05/18/2003 - 05/25/2003 05/25/2003 - 06/01/2003 06/01/2003 - 06/08/2003 06/08/2003 - 06/15/2003 06/15/2003 - 06/22/2003 06/22/2003 - 06/29/2003 06/29/2003 - 07/06/2003 07/06/2003 - 07/13/2003 07/13/2003 - 07/20/2003 07/20/2003 - 07/27/2003 07/27/2003 - 08/03/2003 08/03/2003 - 08/10/2003 08/10/2003 - 08/17/2003 08/17/2003 - 08/24/2003 08/24/2003 - 08/31/2003 08/31/2003 - 09/07/2003 09/07/2003 - 09/14/2003 09/14/2003 - 09/21/2003 09/21/2003 - 09/28/2003 09/28/2003 - 10/05/2003 10/05/2003 - 10/12/2003 10/12/2003 - 10/19/2003 10/19/2003 - 10/26/2003 10/26/2003 - 11/02/2003 11/02/2003 - 11/09/2003 11/09/2003 - 11/16/2003 11/16/2003 - 11/23/2003 11/23/2003 - 11/30/2003 11/30/2003 - 12/07/2003 12/07/2003 - 12/14/2003 12/14/2003 - 12/21/2003 12/21/2003 - 12/28/2003 12/28/2003 - 01/04/2004 01/04/2004 - 01/11/2004 01/11/2004 - 01/18/2004 01/18/2004 - 01/25/2004 01/25/2004 - 02/01/2004 02/01/2004 - 02/08/2004 02/08/2004 - 02/15/2004 02/15/2004 - 02/22/2004 02/22/2004 - 02/29/2004 02/29/2004 - 03/07/2004 03/07/2004 - 03/14/2004 03/14/2004 - 03/21/2004 03/21/2004 - 03/28/2004 03/28/2004 - 04/04/2004 04/04/2004 - 04/11/2004 04/11/2004 - 04/18/2004 04/18/2004 - 04/25/2004 04/25/2004 - 05/02/2004 05/02/2004 - 05/09/2004 05/09/2004 - 05/16/2004 05/16/2004 - 05/23/2004 05/23/2004 - 05/30/2004 05/30/2004 - 06/06/2004 06/06/2004 - 06/13/2004 06/13/2004 - 06/20/2004 06/20/2004 - 06/27/2004 06/27/2004 - 07/04/2004 07/04/2004 - 07/11/2004 07/11/2004 - 07/18/2004 07/18/2004 - 07/25/2004 07/25/2004 - 08/01/2004 08/01/2004 - 08/08/2004 08/08/2004 - 08/15/2004 08/15/2004 - 08/22/2004 08/22/2004 - 08/29/2004 08/29/2004 - 09/05/2004 09/05/2004 - 09/12/2004 09/12/2004 - 09/19/2004 09/19/2004 - 09/26/2004 09/26/2004 - 10/03/2004 10/03/2004 - 10/10/2004 10/10/2004 - 10/17/2004 10/17/2004 - 10/24/2004 10/24/2004 - 10/31/2004 10/31/2004 - 11/07/2004 11/07/2004 - 11/14/2004 11/14/2004 - 11/21/2004 11/21/2004 - 11/28/2004 11/28/2004 - 12/05/2004 12/05/2004 - 12/12/2004 12/12/2004 - 12/19/2004 12/19/2004 - 12/26/2004 12/26/2004 - 01/02/2005 01/02/2005 - 01/09/2005 01/09/2005 - 01/16/2005 01/16/2005 - 01/23/2005 01/23/2005 - 01/30/2005 01/30/2005 - 02/06/2005 02/06/2005 - 02/13/2005 02/13/2005 - 02/20/2005 02/20/2005 - 02/27/2005 02/27/2005 - 03/06/2005 03/06/2005 - 03/13/2005 03/13/2005 - 03/20/2005 03/20/2005 - 03/27/2005 03/27/2005 - 04/03/2005 04/03/2005 - 04/10/2005 04/10/2005 - 04/17/2005 04/17/2005 - 04/24/2005 04/24/2005 - 05/01/2005 05/01/2005 - 05/08/2005 05/08/2005 - 05/15/2005 05/15/2005 - 05/22/2005 05/22/2005 - 05/29/2005 05/29/2005 - 06/05/2005 06/05/2005 - 06/12/2005 06/12/2005 - 06/19/2005 06/19/2005 - 06/26/2005 06/26/2005 - 07/03/2005 07/03/2005 - 07/10/2005 07/10/2005 - 07/17/2005 07/17/2005 - 07/24/2005 07/24/2005 - 07/31/2005 07/31/2005 - 08/07/2005 08/07/2005 - 08/14/2005 08/14/2005 - 08/21/2005 08/21/2005 - 08/28/2005 08/28/2005 - 09/04/2005 09/04/2005 - 09/11/2005 09/11/2005 - 09/18/2005 09/18/2005 - 09/25/2005 09/25/2005 - 10/02/2005 10/02/2005 - 10/09/2005 10/09/2005 - 10/16/2005 10/16/2005 - 10/23/2005 10/23/2005 - 10/30/2005 10/30/2005 - 11/06/2005 11/06/2005 - 11/13/2005 11/13/2005 - 11/20/2005 11/20/2005 - 11/27/2005 11/27/2005 - 12/04/2005 12/04/2005 - 12/11/2005 12/11/2005 - 12/18/2005 12/18/2005 - 12/25/2005 12/25/2005 - 01/01/2006 01/01/2006 - 01/08/2006 01/08/2006 - 01/15/2006 01/15/2006 - 01/22/2006 01/22/2006 - 01/29/2006 01/29/2006 - 02/05/2006 02/05/2006 - 02/12/2006 02/12/2006 - 02/19/2006 02/19/2006 - 02/26/2006 02/26/2006 - 03/05/2006 03/05/2006 - 03/12/2006 03/12/2006 - 03/19/2006 03/19/2006 - 03/26/2006 03/26/2006 - 04/02/2006 04/02/2006 - 04/09/2006 04/09/2006 - 04/16/2006 04/16/2006 - 04/23/2006 04/23/2006 - 04/30/2006 04/30/2006 - 05/07/2006 05/07/2006 - 05/14/2006 05/14/2006 - 05/21/2006 05/21/2006 - 05/28/2006 05/28/2006 - 06/04/2006 06/04/2006 - 06/11/2006 06/11/2006 - 06/18/2006 06/18/2006 - 06/25/2006 06/25/2006 - 07/02/2006 07/02/2006 - 07/09/2006 07/09/2006 - 07/16/2006 07/16/2006 - 07/23/2006 07/23/2006 - 07/30/2006 07/30/2006 - 08/06/2006 08/06/2006 - 08/13/2006 08/13/2006 - 08/20/2006 08/20/2006 - 08/27/2006 08/27/2006 - 09/03/2006 09/03/2006 - 09/10/2006 09/10/2006 - 09/17/2006 09/17/2006 - 09/24/2006 09/24/2006 - 10/01/2006 10/01/2006 - 10/08/2006 10/08/2006 - 10/15/2006 10/15/2006 - 10/22/2006 10/22/2006 - 10/29/2006 10/29/2006 - 11/05/2006 11/05/2006 - 11/12/2006 11/12/2006 - 11/19/2006 11/19/2006 - 11/26/2006 11/26/2006 - 12/03/2006 12/03/2006 - 12/10/2006 12/10/2006 - 12/17/2006 12/17/2006 - 12/24/2006 12/24/2006 - 12/31/2006 12/31/2006 - 01/07/2007 01/07/2007 - 01/14/2007 01/14/2007 - 01/21/2007 01/21/2007 - 01/28/2007 01/28/2007 - 02/04/2007 02/04/2007 - 02/11/2007 02/11/2007 - 02/18/2007 02/18/2007 - 02/25/2007 02/25/2007 - 03/04/2007 03/04/2007 - 03/11/2007 03/11/2007 - 03/18/2007 03/18/2007 - 03/25/2007 03/25/2007 - 04/01/2007 04/01/2007 - 04/08/2007 04/08/2007 - 04/15/2007 04/15/2007 - 04/22/2007 04/22/2007 - 04/29/2007 04/29/2007 - 05/06/2007 05/06/2007 - 05/13/2007 05/13/2007 - 05/20/2007 05/20/2007 - 05/27/2007 05/27/2007 - 06/03/2007 06/03/2007 - 06/10/2007 06/10/2007 - 06/17/2007 06/17/2007 - 06/24/2007 06/24/2007 - 07/01/2007 07/01/2007 - 07/08/2007 07/08/2007 - 07/15/2007 07/15/2007 - 07/22/2007 07/22/2007 - 07/29/2007 07/29/2007 - 08/05/2007 08/05/2007 - 08/12/2007 08/12/2007 - 08/19/2007 08/19/2007 - 08/26/2007 08/26/2007 - 09/02/2007 09/02/2007 - 09/09/2007 09/09/2007 - 09/16/2007 09/16/2007 - 09/23/2007 09/23/2007 - 09/30/2007 09/30/2007 - 10/07/2007 10/07/2007 - 10/14/2007 10/14/2007 - 10/21/2007 10/21/2007 - 10/28/2007 10/28/2007 - 11/04/2007 11/04/2007 - 11/11/2007 11/11/2007 - 11/18/2007 11/18/2007 - 11/25/2007 11/25/2007 - 12/02/2007 12/02/2007 - 12/09/2007 12/09/2007 - 12/16/2007 12/16/2007 - 12/23/2007 12/23/2007 - 12/30/2007 12/30/2007 - 01/06/2008 01/06/2008 - 01/13/2008 01/13/2008 - 01/20/2008 01/20/2008 - 01/27/2008 01/27/2008 - 02/03/2008 02/03/2008 - 02/10/2008 02/10/2008 - 02/17/2008 02/17/2008 - 02/24/2008 02/24/2008 - 03/02/2008 03/02/2008 - 03/09/2008 03/09/2008 - 03/16/2008 03/16/2008 - 03/23/2008 03/23/2008 - 03/30/2008 03/30/2008 - 04/06/2008 04/06/2008 - 04/13/2008 04/13/2008 - 04/20/2008 04/20/2008 - 04/27/2008 04/27/2008 - 05/04/2008 05/04/2008 - 05/11/2008 05/11/2008 - 05/18/2008 05/18/2008 - 05/25/2008 05/25/2008 - 06/01/2008 06/01/2008 - 06/08/2008 06/08/2008 - 06/15/2008 06/15/2008 - 06/22/2008 06/22/2008 - 06/29/2008 06/29/2008 - 07/06/2008 07/06/2008 - 07/13/2008 07/13/2008 - 07/20/2008 07/20/2008 - 07/27/2008 07/27/2008 - 08/03/2008 08/17/2008 - 08/24/2008 08/24/2008 - 08/31/2008 08/31/2008 - 09/07/2008 09/07/2008 - 09/14/2008 09/14/2008 - 09/21/2008 09/21/2008 - 09/28/2008 09/28/2008 - 10/05/2008 10/05/2008 - 10/12/2008 10/12/2008 - 10/19/2008 10/19/2008 - 10/26/2008 10/26/2008 - 11/02/2008 11/02/2008 - 11/09/2008 11/09/2008 - 11/16/2008 11/16/2008 - 11/23/2008 11/23/2008 - 11/30/2008 11/30/2008 - 12/07/2008 12/07/2008 - 12/14/2008 12/14/2008 - 12/21/2008 12/21/2008 - 12/28/2008 12/28/2008 - 01/04/2009 01/04/2009 - 01/11/2009 01/11/2009 - 01/18/2009 01/18/2009 - 01/25/2009 01/25/2009 - 02/01/2009 02/01/2009 - 02/08/2009 02/08/2009 - 02/15/2009 02/15/2009 - 02/22/2009 02/22/2009 - 03/01/2009 03/01/2009 - 03/08/2009 03/08/2009 - 03/15/2009 03/15/2009 - 03/22/2009 03/22/2009 - 03/29/2009 03/29/2009 - 04/05/2009 04/05/2009 - 04/12/2009 04/12/2009 - 04/19/2009 04/19/2009 - 04/26/2009 04/26/2009 - 05/03/2009 05/03/2009 - 05/10/2009 05/10/2009 - 05/17/2009 05/17/2009 - 05/24/2009 05/24/2009 - 05/31/2009 05/31/2009 - 06/07/2009 06/07/2009 - 06/14/2009 06/14/2009 - 06/21/2009 06/21/2009 - 06/28/2009 06/28/2009 - 07/05/2009 07/05/2009 - 07/12/2009 07/12/2009 - 07/19/2009 07/19/2009 - 07/26/2009 07/26/2009 - 08/02/2009 08/02/2009 - 08/09/2009 08/09/2009 - 08/16/2009 08/16/2009 - 08/23/2009 08/23/2009 - 08/30/2009 08/30/2009 - 09/06/2009 09/06/2009 - 09/13/2009 09/13/2009 - 09/20/2009 09/20/2009 - 09/27/2009 09/27/2009 - 10/04/2009 10/04/2009 - 10/11/2009 10/11/2009 - 10/18/2009 10/18/2009 - 10/25/2009 10/25/2009 - 11/01/2009 11/01/2009 - 11/08/2009 11/08/2009 - 11/15/2009 11/15/2009 - 11/22/2009 11/22/2009 - 11/29/2009 11/29/2009 - 12/06/2009 12/06/2009 - 12/13/2009 12/13/2009 - 12/20/2009 12/20/2009 - 12/27/2009 12/27/2009 - 01/03/2010 01/03/2010 - 01/10/2010 01/10/2010 - 01/17/2010 01/17/2010 - 01/24/2010 01/24/2010 - 01/31/2010 01/31/2010 - 02/07/2010 02/07/2010 - 02/14/2010 02/14/2010 - 02/21/2010 02/21/2010 - 02/28/2010 02/28/2010 - 03/07/2010 03/07/2010 - 03/14/2010 03/14/2010 - 03/21/2010 03/21/2010 - 03/28/2010 03/28/2010 - 04/04/2010 04/04/2010 - 04/11/2010 04/11/2010 - 04/18/2010 04/18/2010 - 04/25/2010 04/25/2010 - 05/02/2010 05/02/2010 - 05/09/2010 05/09/2010 - 05/16/2010 05/16/2010 - 05/23/2010 05/23/2010 - 05/30/2010 05/30/2010 - 06/06/2010 06/06/2010 - 06/13/2010 06/13/2010 - 06/20/2010 06/20/2010 - 06/27/2010 06/27/2010 - 07/04/2010 07/18/2010 - 07/25/2010 07/25/2010 - 08/01/2010 08/01/2010 - 08/08/2010 08/08/2010 - 08/15/2010 08/15/2010 - 08/22/2010 08/22/2010 - 08/29/2010 08/29/2010 - 09/05/2010 09/05/2010 - 09/12/2010 09/12/2010 - 09/19/2010 09/19/2010 - 09/26/2010 09/26/2010 - 10/03/2010 10/03/2010 - 10/10/2010 10/10/2010 - 10/17/2010 10/17/2010 - 10/24/2010 10/24/2010 - 10/31/2010 10/31/2010 - 11/07/2010 11/07/2010 - 11/14/2010 11/14/2010 - 11/21/2010 11/21/2010 - 11/28/2010 11/28/2010 - 12/05/2010 12/05/2010 - 12/12/2010 12/12/2010 - 12/19/2010 12/19/2010 - 12/26/2010 12/26/2010 - 01/02/2011 01/02/2011 - 01/09/2011 01/09/2011 - 01/16/2011 01/16/2011 - 01/23/2011 01/23/2011 - 01/30/2011 01/30/2011 - 02/06/2011 02/06/2011 - 02/13/2011 02/13/2011 - 02/20/2011 02/20/2011 - 02/27/2011 02/27/2011 - 03/06/2011 03/06/2011 - 03/13/2011 03/13/2011 - 03/20/2011 03/20/2011 - 03/27/2011 03/27/2011 - 04/03/2011 04/03/2011 - 04/10/2011 04/10/2011 - 04/17/2011 04/17/2011 - 04/24/2011 04/24/2011 - 05/01/2011 05/01/2011 - 05/08/2011 05/08/2011 - 05/15/2011 05/15/2011 - 05/22/2011 05/22/2011 - 05/29/2011 05/29/2011 - 06/05/2011 06/05/2011 - 06/12/2011 06/12/2011 - 06/19/2011 06/19/2011 - 06/26/2011 06/26/2011 - 07/03/2011 07/03/2011 - 07/10/2011 07/10/2011 - 07/17/2011 07/17/2011 - 07/24/2011 08/07/2011 - 08/14/2011 08/21/2011 - 08/28/2011 10/09/2011 - 10/16/2011 10/23/2011 - 10/30/2011 11/06/2011 - 11/13/2011 11/27/2011 - 12/04/2011 12/11/2011 - 12/18/2011 12/18/2011 - 12/25/2011 01/08/2012 - 01/15/2012 02/05/2012 - 02/12/2012 02/26/2012 - 03/04/2012